A CAPPELLA

A CAPPELLA – 4 estações de Vivaldi

“A cappella” é uma expressão de origem italiana, também utilizada na maioria dos idiomas ocidentais, que designa a música vocal sem acompanhamento instrumental.

O canto a cappella (em português: “na capela”) tem suas origens na prática do canto gregoriano, que não exige o auxílio do órgão ou de qualquer outro instrumento, sendo
executado apenas por vozes de monges ou clérigos que formavam o grupo de cantores chamado schola cantorum. Muitas vezes os cantores desciam do presbitério e se
punham a cantar em uma capela lateral da igreja, daí a origem da expressão.

São exemplos de composições a cappella os motetos e os madrigais.

Compositores como Mozart, Bach e Bruckner escreveram muita música para esta formação.

A técnica a cappella foi e até hoje é usada nas igrejas.

Além do canto gregoriano, a maior parte da músicas sacras renascentistas para grupos vocais ou coros polifônicos também foi concebida para ser cantada “a cappella” .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s