A HORA JÁ CHEGOU – Primeira Parte

João 4:23 – “Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão ao Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores”.

relogioÉ inacreditável ouvir que os judeus esperam pelo Messias ainda hoje. Já se passaram mais de dois milênios de Sua vinda e muitos ainda O esperam. É incrível ver várias religiões movendo-se na antiga dispensação, sem saber que a hora da nova dispensação já chegou com a vinda de Jesus Cristo. Muitos ainda não sabem que o mistério oculto por séculos e séculos já foi desvendado.

Romanos 16:25-26 – “Ora, àquele que é poderoso para vos confirmar segundo o meu evangelho e a pregação de Jesus Cristo, conforme a revelação do mistério guardado em silêncio nos tempos eternos, e que, agora, se tornou manifesto e foi dado a conhecer por meio das Escrituras proféticas, segundo o mandamento do Deus eterno, para obediência por fé, entre todas as nações”.

Colossenses 1:26-27 – “o mistério que estivera oculto dos séculos e das gerações; agora, todavia, se manifestou aos seus santos; aos quais Deus quis dar a conhecer qual seja a riqueza da glória deste mistério entre os gentios, isto é, Cristo em vós, a esperança da glória”. Leia também: Efésios 3:1-13.

O mistério que estivera oculto por séculos e pelas gerações foi desvendado em Cristo Jesus. Jesus veio trazer uma nova hora, uma nova dispensação; a dispensação do Espírito. No Velho Testamento ou na velha dispensação, a adoração era feita de maneira primária. Tudo era feito segundo os cinco sentidos do ser humano. A antiga dispensação judaica funcionava com base nos sentidos. O povo via os sinais de Deus, ouvia os profetas, apalpavam os utensílios e o tabernáculo, cheiravam o incenso e degustavam as comidas nas festas ordenadas por Deus. Nessa velha dispensação ou velho tempo, os israelitas adoravam a Deus usando seus próprios sentidos físicos e também a sua alma. A alma humana apela para a razão natural, para o sentimento e para a vontade. A velha dispensação era feita com base no corpo e na alma. Essa tradição, infelizmente segue até hoje em muitas religiões. Os líderes religiosos apelam muito e guiam as pessoas pela alma. Os cultos são almáticos, muita gritaria, muitos sinais, muito movimento e vozes. As roupas, os cumprimentos, a aparência, a religiosidade fazem parte do culto da velha dispensação.

Essa velha dispensação foi como um “prézinho”. Uma pré-escola para as criancinhas. Tudo era de modo visível e de fácil aprendizado. Infelizmente muitas religiões não cresceram e permaneceram no prézinho, pois não entendem o sentido de tudo aquilo que Deus havia ordenara. Querem os sinais, os movimentos, as danças, as músicas do seu agrado, as pregações amorosas e gostosas. A hora da nova dispensação já chegou. A cruz abriu a porta para este novo tempo, tempo do Espírito e não da alma. Não se move mais pela alma e sim, pelo Espírito. No evangelho de João, capítulo dois houve o milagre da transformação da água para o vinho. Este vinho novo é melhor. O Senhor já anunciou que este novo tempo no Espírito é melhor. No capítulo três, vemos Nicodemos acostumado a se mover na velha dispensação judaica. Estava cego e ignorante. Mas o Senhor falava da nova dispensação, do novo nascimento. Sem o novo nascimento não se pode mover no espírito. Nascer de novo é nascer no espírito. Somente após o novo nascimento podemos conhecer este novo mover de Deus e para Deus. No capítulo quatro de João vemos a mulher samaritana se movendo na velha dispensação. Ela dizia que seus pais adoravam no monte e os judeus adoravam no templo em Jerusalém. O Senhor, no entanto dizia que já chegou o novo tempo de se adorar no Espírito, não mais na alma, na religião, na tradição e na razão. A adoração agora é no espírito e não na carne. Já chegou o tempo de adorarmos a Deus em espírito e em verdade.

Filipenses 3:3 – “Porque nós é que somos a circuncisão, nós que adoramos a Deus no Espírito, e nos gloriamos em Cristo Jesus, e não confiamos na carne”.

Romanos 8:4 – “a fim de que o preceito da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito”.

Romanos 8:14 – “Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”.

Romanos 8:16 – “O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus”.

Como um pastor não nascido de novo, eu movia na alma, pois pregava sermões emocionantes, comoventes e animados. Tocava somente na alma da igreja, não no espírito. Apesar de ser um pastor, não havia nascido de novo, por isso, não conhecia a nova dispensação. Hoje, vejo que neste novo tempo, tudo é feito no Espírito de Cristo. Ele habita em nós, Ele se move em nós. Sua vida é manifestada em nós. Crer na Palavra da Cruz, isto é, quando Cristo morreu, eu morri com Ele e quando Ele ressuscitou, eu ressuscitei com Ele, me trouxe para a nova dispensação. Não há mais mistério! Tudo é feito no Espírito de Cristo. Não preciso mais de emoções, de aparências, de coisas materiais para adorar a Deus. Quando estamos na Sua igreja como pessoas regeneradas, adoramos a Deus e nos gloriamos em Cristo Jesus. Cristo vive em nós e o mistério foi revelado, pois o mistério era justamente isto: Cristo iria morar em nós. Nós seríamos a casa Dele.

Hebreus 3:6 – “Cristo, porém, como Filho, em sua casa; a qual casa somos nós, se guardarmos firme, até o fim, a ousadia e a exultação da esperança”.

Neste novo tempo Cristo habita em nós, Ele está em nós, Ele vive em nós. A hora de Cristo viver em nós JÁ CHEGOU!

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami     

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós 

Maringá, Setembro de 2012.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s