A HORA JÁ CHEGOU – Quinta Parte

relogio_daliQuando atentamos nas Palavras do Senhor Jesus e dos apóstolos, vemos que, de fato, a hora de viver a vida no Espírito já chegou. A velha dispensação era apenas uma sombra da nova dispensação. A velha dispensação falhou, pois era baseada no corpo e na alma. A nova dispensação do Espírito não falhará. Israel segundo a carne falhou em entrar no descanso de Deus. O propósito de Deus ao libertar o povo da escravidão do Egito foi de levá-los a uma Terra que mana leite e mel, uma terra de descanso. Mas Israel segundo a carne falhou. Israel viveu totalmente na carne e na alma. A vida natural era apenas segundo os sentidos físicos. Tudo foi vivido na alma e não no espírito. O livro de Hebreus fala muito sobre a velha dispensação e a nova. A antiga lei falhou, o antigo sacerdócio falhou, o antigo jeito de sacrificar falhou, o antigo tabernáculo falhou e o antigo templo falhou. O fracasso do antigo foi total. Hebreus 5 fala que o sumo sacerdote da velha dispensação era fraco e precisava oferecer sacrifícios pelos pecados do povo e de si mesmo. Mas Cristo, o nosso Sumo Sacerdote é perfeito. O autor de Hebreus está querendo dizer a nós que Cristo estabeleceu o novo e o novo é melhor. Hebreus 6:9 – “Quanto a vós outros, todavia, ó amados, estamos persuadidos das coisas que são melhores e pertencentes à salvação, ainda que falamos desta maneira”. Hebreus 7:22 fala que Jesus é fiador de superior aliança. Enquanto os sumos sacerdotes do velho testamento morriam, Cristo é eterno. Estava na hora de ter um sumo sacerdote santo, inculpável, sem mácula, separado dos pecadores e feito mais alto do que os céus (7:26). Um sumo sacerdote que não tem necessidade de oferecer sacrifícios também para si mesmo (v.27). Enquanto os da velha dispensação eram fracos, Jesus, o Filho, é perfeito para sempre (v.28). Hebreus 8:6 – “Agora, com efeito, obteve Jesus ministério tanto mais excelente, quanto é ele também Mediador de superior aliança instituída com base em superiores promessas”. Este novo tempo é regido por Jesus Cristo, nosso Sumo Sacerdote. Ele é santo, fiel e perfeito. O velho sacerdócio não foi perfeito, do contrário, não teria necessidade de buscar um novo, superior e perfeito (8:7). Neste novo tempo há uma nova aliança com Deus. Hebreus 8:8 – “E, de fato, repreendendo-os, diz: Eis aí vêm dias, diz o Senhor, e firmarei nova aliança com a casa de Israel e com a casa de Judá”. Já estamos vivendo a nova aliança, já estamos na nova dispensação, no mover do Espírito e não mais da alma. Precisamos deixar para sempre a velha dispensação, pois “quando ele diz Nova, torna antiquada a primeira. Ora, aquilo que se torna antiquado e envelhecido está prestes a desaparecer” (8:13). Graças a Deus podemos viver na nova dispensação, pois Cristo, o nosso Sumo Sacerdote veio mediante o maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, quer dizer, não desta criação, não por meio de sangue de bodes e de bezerros, mas pelo seu próprio sangue, entrou no Santo dos Santos, uma vez por todas, tendo obtido eterna redenção” (9:11-12). O livro de Hebreus deixa claro que o antigo falhou, porém o novo é perfeito, eficaz e eterno.

Pelo novo nascimento podemos viver a nova aliança com Deus. Cristo é nosso Sumo Sacerdote que intercede por nós. Tudo que ele fez na cruz foi aceito por Deus e é todo suficiente para que nos apresentemos ao Pai sem temor algum. Nesta nova dispensação, podemos comungar com o Pai através do Filho. No Velho Testamento, só Moisés subia ao monte para falar com Deus. O povo e até os animais nem podiam se aproximar do monte. Havia temor e não se podia aproximar livremente de Deus. Agora, em Cristo, podemos ir à Deus em total confiança. Porque temos a Jesus, o Filho de Deus, como o nosso grande sumo sacerdote que penetrou os céus, podemos conservar firme a nossa confissão e achegar confiadamente junto ao trono da graça a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna (4:14-16). Antes, só o sumo sacerdote entrava no Santo dos Santos, uma vez por ano, com uma cordinha no pé, E sino na veste, pois, caso morresse seria possível tirá-lo de lá. Mas agora, qualquer um de nós, pelo sangue de Cristo, pode entrar no Santo dos Santos, isto é, na presença de Deus, com intrepidez, coragem e confiança. Tudo porque, na cruz, Jesus consagrou seu corpo, deu a Si mesmo para abrir um novo e vivo caminho até o Pai. Porque Jesus é o nosso grande sacerdote, podemos aproximar de Deus com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado de má consciência e lavado o corpo com água pura (10:19-22).

O apóstolo Paulo, conhecendo essa nova dispensação perfeita, superior e eterna, ficou bravo com a igreja de Gálatas ao vê-los voltando para a velha dispensação. Por isso ele fala tanto do Espírito no livro de Gálatas. Para ele, a coisa mais esquisita era ver a igreja voltando à velha dispensação. Não tinha cabimento, não tinha sentido. Afinal, Cristo já havia feito tudo. A nova aliança já estava estabelecida e o sangue de Cristo foi derramado de uma vez por todas e nos deu eterna redenção (Hebreus 9:12). O apóstolo, com braveza pergunta: Por acaso Cristo morreu em vão? Tudo que Ele fez na cruz não valeu para nada? Ó gálatas insensatos! “Sois assim insensatos que, tendo começado no Espírito, estejais, agora, vos aperfeiçoando na carne?” (Gálatas 3:3). Paulo pergunta à igreja: “como estais voltando, outra vez, aos rudimentos fracos e pobres, aos quais, de novo, quereis ainda escravizar-vos?” (4:9). Ele estava decepcionado, chateado e em estado de choque ao ver a igreja voltando a viver a velha dispensação: “pudera eu estar presente, agora, convosco e falar-vos em outro tom de voz; porque me vejo perplexo a vosso respeito” (4:20). Ele diz: “Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão” (5:1). Penso que se ele visse a igreja hoje, ficaria mais escandalizado ainda, pois os crentes estão na velha dispensação. Cheios de obras mortas, sacrifícios de tolos, correntes, campanhas e tantas coisas mais pertencentes à velha dispensação. Quanta cegueira, quanto esforço próprio, quanta vida da carne e da alma. Onde está a vida no Espírito? Onde está a cruz de Cristo? Onde está a vida de Cristo?

Graças a Deus que, pela cruz de Cristo, podemos hoje desfrutar a nova aliança. Vivemos no Espírito de Cristo, Ele vive em nós (Gálatas 2:20). Vivemos em liberdade, em ousada confiança diante do Pai, tudo porque Cristo derramou seu sangue na cruz.

Como novos nascidos, guardemos firmes a confissão da esperança, sem vacilar, pois quem fez a promessa é fiel. Vamos amar uns aos outros, praticar boas obras e congregar sempre, animando uns aos outros porque o dia se aproxima (Hebreus 10:23-25). Jamais abandonaremos a nossa confiança no Senhor Jesus, pois temos um grande galardão, por isso, vamos perseverar e alcançar a promessa (Hebreus 10:35-36).

Vivendo neste novo tempo no Espírito, confessemos nossa fé em Cristo, tenhamos plena certeza da salvação. Assim, não retrocederemos jamais para a perdição, pois somos da fé para a conservação da alma (Hebreus 10:39). Pela cruz, desembaracemos de todo peso e pecado e, continuemos correndo com perseverança a carreira que nos está proposta. Sempre olhando firmemente para o Autor e Consumador da nossa fé: JESUS CRISTO (Hebreus 12:1-2).

“Ora, o Deus da paz, que tornou a trazer dentre os mortos, a Jesus, nosso Senhor, o grande Pastor das ovelhas, pelo sangue da eterna aliança, vos aperfeiçoe em todo o bem, para cumprirdes a sua vontade, operando em vós o que é agradável diante dele, por Jesus Cristo, a quem seja a glória para todo o sempre. Amém!” (Hebreus 13:20-21).

 Amados, desfrutemos abundantemente da nova vida em Cristo Jesus para a glória do Pai.

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, Outubro de 2012.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s