NÃO VOS CONFORMEIS COM ESTE SÉCULO

Romanos 12:2 – “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”. A palavra “conformeis” tem o sentido de: “entrar na forma”. Este presente século mau e perverso jaz no Maligno: “Sabemos que somos de Deus e que o mundo inteiro jaz no Maligno” (I João 5:19). Em Gálatas 1:4 vemos que o presente século é chamado de: “mundo perverso”: – “o qual se entregou a si mesmo pelos nossos pecados, para nos desarraigar deste mundo perverso, segundo a vontade de nosso Deus e Pai”. O Senhor Jesus precisou morrer na cruz para que, a nós, fosse possível sair do cativeiro deste mundo. Este é mais um verso onde vemos claramente que a vontade do Senhor é nos arrancar da “forma deste mundo perverso”. Em Efésios 6:12 este mundo perverso é chamado de “mundo tenebroso”: – “Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes”. Muitos crentes não sabem que este mundo é tenebroso e está dominado pelos poderes das trevas. Satanás, através do sistema deste mundo guia muitas pessoas à perdição eterna. A grande maioria é guiada pelo Diabo através do mundo. Efésios 2:2-3 – “nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência; entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais”. 

É de extrema importância não conformar com o presente século mau. Não seguir os padrões do mundo é crucial para o cristão. Vemos no livro: “O Peregrino”, que para iniciar sua caminhada para a Cidade Celestial, o cristão precisou primeiro deixar a Cidade da Destruição. No início do livro vemos como foi difícil deixar a “Cidade da Destruição” para começar sua peregrinação. Não é fácil deixar este mundo cheio de prazeres para a carne a qual nossa natureza terrena tanto ama. Nascemos nele, estamos acostumados com ele e vivemos como se fôssemos dele. Mas Jesus Cristo veio para nos resgatar. Apesar de estarmos no mundo, não somos mais dele. O Senhor se preocupou com os discípulos em relação ao mundo e orou ao Pai para que os guardasse enquanto eles permaneciam neste mundo. João 15:18-19 – “Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim. Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia”. João 17:14 – “Eu lhes tenho dado a tua palavra, e o mundo os odiou, porque eles não são do mundo, como também eu não sou”. No verso onze o Senhor está pedindo ao Pai para que nos guarde em Seu nome. O Senhor Jesus se preocupou com os discípulos, pois sabia que o mundo os odiaria. Todo aquele que é resgatado pela cruz de Cristo, deste mundo perverso, é perseguido e odiado pelos que ainda vivem no mundo. O verdadeiro cristão não deve se entristecer porque não vive mais segundo o padrão deste mundo; pelo contrário, deve exultar, pois Deus o livrou da destruição e o conduz para a salvação. Como o Senhor, vamos deixar este mundo em breve: “Vim do Pai e entrei no mundo; todavia, deixo o mundo e vou para o Pai” (João 16:28). Como o apóstolo Paulo, devemos ser crucificados para o mundo e o mundo para nós: “Mas longe esteja de mim gloriar-me, senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual  o mundo está crucificado para mim, e eu, para o mundo”. Somente pela cruz, ao nascer de novo, podemos ver, entender e vencer o mundo. Isto porque, agora é o Senhor quem vive em nós. Cristo nos faz vencedores em relação ao pecado, ao ego, ao mundo e ao inimigo. Ele venceu o mundo: “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (João 16:33). Somente o novo nascido pode vencer o mundo, pois Cristo, o vencedor, vive nele. I João 5:4-5 – “porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a vossa fé. Quem é o que vence o mundo, senão aquele que crê ser Jesus o Filho de Deus?”. Não tenho dúvidas que esta é a vontade do Pai em relação aos seus filhos que ainda estão no mundo. Deus não quer que amemos este mundo, pois amar este mundo significa ser um adúltero. Tiago 4:4 – “Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus”. Não há como viver segundo o padrão do mundo e o padrão de Deus. Luz e trevas não se combinam. É assustador ver que as igrejas em geral não estão conscientes do fato de que o mundo é nosso inimigo. O mundo já entrou nas igrejas, pois está no coração dos crentes. Os crentes têm vivido de acordo com o padrão do mundo. O mundo atrai, seduz e escraviza. Fascina a pessoa de tal maneira que este fica cego e é conduzido facilmente segundo o padrão que o mundo impõe. Em II Timóteo 4:10 vemos que Demas, um missionário e companheiro de Paulo, ao amar o presente século, abandonou a obra e seus amigos. Amar o mundo resulta em abandonar a Jesus Cristo. Isso é terrível! Abandonar o Senhor é ir em direção à destruição. Este mundo vai ser destruído em breve, assim como Sodoma o foi. Precisamos sair urgentemente deste mundo perverso e começar a peregrinação à Pátria celestial (Filipenses 3:20). A exortação de Tiago 4:4 é fortíssima! Não devemos ser amigos do mundo, apenas de Deus. I João 2:15-17 diz: “Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele; porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procede do Pai, mas procede do mundo. Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz a vontade de Deus permanece eternamente”. Está claro que Deus não quer que amemos o mundo e tudo o que nele há! Você está consciente disso? Outra palavra de peso neste verso é: “se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele”. Amar o mundo é perder o amor do Pai. Isso é seriíssimo! Jamais devemos trocar o mundo pelo Pai.

O regenerado não pode se conformar com este mundo. Viver segundo o padrão deste mundo é somente para o crente que não conhece a cruz de Cristo. Se alguém ama o mundo é porque ainda não nasceu de novo. Os crentes que ainda não são crucificados ainda vivem segundo as paixões deste mundo. O regenerado não está mais na forma do mundo, não se “amolda” segundo sua velha vida de paixões mundanas. I Pedro 1:14 – “Como filhos da obediência, não vos amoldeis às paixões que tínheis anteriormente na vossa ignorância”. Somente uma pessoa ignorante, cega e que vive no mundo continua segundo o molde deste mundo. O cristão está no mundo, porém não é mais deste mundo. Agora ele já está olhando, pensando, desejando e buscando as coisas do alto. Colossenses 3:2 – “Pensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra”. O cristão está aguardando a volta do seu Senhor para ser levado à Pátria celestial (Filipenses 3:20), ele sabe que esta Pátria é superior (Hebreus 11:16). Conformar com este mundo? Jamais! Amoldar a este mundo? Nunca! Para isso é preciso estar sóbrio e vigilante, pois o inimigo anda em derredor, sempre tentando o cristão a voltar para o mundo. Saber destas coisas faz parte da nossa guerra espiritual contra os poderes deste mundo tenebroso. Pela cruz de Cristo deixamos de amar as coisas deste mundo porque elas nos levam ao pecado. Somente o crucificado pode ver e evitar as astutas ciladas do diabo: “Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo” (Efésios 6:11).

Vejamos em termos práticos algumas astutas ciladas do diabo. Todos sabem que a vida nestas últimas décadas tornou-se bastante corrida e estressante. As pessoas não têm mais tempo e vivem sobrecarregadas e cansadas. Vejo hoje como o convite do Senhor em Mateus 11:28 é providencial: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei”. Algumas vezes fico assustado em ver feições tão cansadas durante o culto. Uma das jogadas do diabo contra o povo de Israel no Egito foi colocar mais jugo, mais trabalho sobre eles a ponto de gemerem. Parece que está assim hoje. As pessoas estão gemendo, exaustas e desanimadas. Sem brilho, sem alegria, sem força, assim é o retrato do homem hoje. No mundo tudo é muito sutil e agradável. Um filme que termina à meia-noite, um jogo de futebol que termina tarde, as baladas que vão até ao amanhecer. A geração hoje dorme muito tarde e não percebe que estão ficando estressadas e impacientes. Jovens maridos agridem com socos a esposa, esposas que avançam com violência sobre o marido. As pessoas nas ruas, instituições bancárias e lojas, nos carros e aeroportos, estão todas ocupadas com o seu smartphone, tablet e notebook. As empresas de telecomunicação lançam planos, tipo: “infinity”, fale ilimitado, sem fronteiras e outras mais. Pode mandar torpedos à vontade durante o dia todo por apenas R$0,25. Todos querem aproveitar e sem saber, gastam muito tempo. Quando navegam na internet, encontra de tudo, especialmente o que não devem. Distrações, muito entretenimento e games fazem parte da vida moderna através de seus celulares. Aqueles que não agradam ao Senhor caem na rede da pornografia (Provérbios 22:14). Quando estão no Messenger, no facebook ou Orkut, são capazes de passar madrugada a dentro sem perceber a hora. Os jovens estão tão cheios de atividades que só tem a madrugada para falar escondido com o seu namoradinho, que por sua vez só querem conquistar o coração da menina para poder satisfazer o seu. Esta geração caiu na armadilha de descobrir toda essa tecnologia e agora, não conseguem mais parar. Diariamente gasta um absurdo de horas e não sabem que tudo não passa de vaidade. Eles não sabiam que tudo aquilo iria viciá-los. Tirar um jovem do computador é uma luta! Eles fazem cara feia, brigam e chegam a ser violentos com os pais. Eles já entraram na forma deste mundo perverso. Vivem de acordo com as orientações de Satanás. Não tem tempo para Deus e era isso que o Diabo intentava. Desviar de Deus, não ter tempo de orar e ler a Bíblia; ir para a igreja cansado e com a mente cheia das coisas deste mundo. Na igreja fica “off line” e quando saem do culto já estão “on line” com o mundão. Êta pega! Pegação de todos os lados, esses jovens de hoje. Celular ligado, encontro marcado!

Irmãos cuidem! As astutas ciladas do diabo levam para o mundo, faz entrar na forma dele, escraviza e mata. O importante é ter o foco em Cristo. Pode usar a tecnologia, só não pode deixar que ela domine a sua vida a ponto de perder o foco. Nestes anos tenho exercitado disciplina na minha vida e família. Qualquer coisa que começa a dominar e a colocar na forma deste mundo, de imediato, é suspensa. O computador é para trabalhos e comunicação saudável sem gastar tempo. É divertido estar no Messenger, Orkut, facebook, porém, o perigo está no tempo que se gasta. Gastar tempo com as coisas do mundo significa não ter tempo para Deus. Significa criar raízes neste mundo e perder o foco de Jesus. Por isso, decidi gastar menos tempo possível com estas coisas, centrar em Cristo, dormir cedo e viver em alerta constante para jamais entrar na forma deste mundo.

A matemática de Satanás é: Quanto mais ocupado o crente, mais dele mesmo e quanto mais dele, menos de Cristo.

Sendo assim, nossa grande batalha em nosso dia-a-dia é ter tempo bastante para nos alimentarmos espiritualmente. O inimigo sabe que se perdermos esta batalha, a parada fica fácil para ele. Ele tem feito de tudo para nos afastar de Cristo. No entanto, devemos saber que é preciso que nós diminuamos e que Cristo cresça. Percebe que o diabo tenta fazer o contrário? Que você cresça e que Cristo diminua? A estratégia do inimigo é minar as forças e a fé. Pouco a pouco vai conduzindo os crentes com muitos afazeres e ocupações. O mundo hoje parece uma grande fazenda de gado aonde os boiadeiros de Satanás conduzem a boiada para o matadouro. Este esquema está bem armado por Satanás e tem funcionado naqueles que não foram conscientizados desta astuta cilada do Diabo. Deus nos chama à comunhão com Jesus Cristo (I Coríntios 1:9). Vivemos Nele, com Ele e para Ele a fim de que Ele seja formado em nós. Somente assim seremos livres da forma deste mundo perverso. Cristo nos liberta e Nele somos verdadeiramente livres. É tempo de ser desarraigado deste mundo perverso, nascer de novo e ter a vida de Cristo em nós. É tempo de viver Nele e para Ele, pois somente Nele vamos subsistir (Colossenses 1:17).  Procure ver o que é fútil em sua vida. Tudo que não é vital elimine-o a fim de desfrutar da comunhão com Cristo. Estar com Ele diariamente é a prioridade número um em sua vida; do contrário, você corre risco de morte eterna. Não viva na forma deste mundo, pois todos que assim vivem, serão destruídos juntamente com este mundo.

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, Setembro de 2012.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s