OBEDECER A DEUS – Parte 06

obedecerRomanos 5:19 – “Porque, como, pela desobediência de um só homem, muitos se tornaram pecadores, assim também, por meio da obediência de um só, muitos se tornarão justos”. Em Adão todos nascem em pecado, em Adão permanecemos no pecado, em Adão morre-se no pecado. Mas em Cristo, somos justificados para a vida. Este texto diz que muitos se tornarão justos, porque a justificação é pela fé (Romanos 3:28,30; 4:5; 5:1). Ao que crê, a justiça de Deus é imputada nele, ao que não crê, a condenação já está preparada. Romanos 6:16 – “Não sabeis que daquele a quem vos ofereceis como servos para obediência, desse mesmo a quem obedeceis sois servos, seja do pecado para a morte ou da obediência para a justiça?”. Nestes dois versos encontramos dois grupos distintos: o primeiro é composto pela: desobediência, pecado e morte; o segundo, pela obediência, justiça e vida. O carro chefe destes dois grupos é: no primeiro, a desobediência, e no segundo, a obediência. Diante de uma situação, muitas vezes encaramos de uma maneira simplória: obedecer ou desobedecer? Saibamos, entretanto, que a diferença é radical, as conseqüências são fatais. Precisamos estar cientes e, sempre que estivermos diante de uma situação, precisamos, sem titubear, escolher a obediência, custe o que custar. Leia Deuteronômio 30:15-20. Moisés, no final de sua vida terrena, exorta o povo a que se escolha a obediência que traz vida (v.19). No verso seguinte ele reforça dizendo que disto depende a vida e a longevidade (v.20). Graças a Deus pela obediência do nosso Senhor na cruz do Calvário, pois Sua obediência trouxe justiça e vida para nós. Devemos nossa justiça tão somente à Jesus Cristo. Leia Romanos 3:21-31. Quando entendemos a importância da justificação pela fé em Jesus Cristo, exultamos de alegria pela obediência do Senhor Jesus. Todos nós, pecadores condenados, necessitávamos desesperadamente da justificação diante de Deus. Se não fora a justiça que Cristo trouxe mediante sua obediência, não haveria salvação alguma para nós, pelo contrário, apenas uma expectação horrível do juízo e ira de Deus. Nossa vida seria apenas uma sensação de medo e condenação. Leia Romanos 5:6-11. Para nos justificar a fim de que a ira de Deus não viesse sobre nós, o Senhor Jesus precisou receber a nossa ira na cruz do Calvário. Ele se tornou nossa propiciação. Romanos 3:24-25; I João 2:2; Isaías 53:5. A justificação pela fé no Senhor Jesus trouxe paz em relação à Deus. Romanos 5:1 – “Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo;”. Outra razão para nos gloriarmos na obediência do Senhor Jesus é que ela trouxe reconciliação com Deus. Romanos 5:10-11 – “Porque, se nós, quando inimigos, fomos reconciliados com Deus mediante a morte do seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida; e não apenas isto, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, por intermédio de quem recebemos, agora, a reconciliação”. A nossa justificação mediante a fé em Jesus Cristo é um dos nossos grandes tesouros. Isso sim, eu chamo de bênção! Nada poderia comprar a justificação para nós senão o sangue do Senhor Jesus; não havia nenhuma possibilidade de nossa parte, nada em nós poderia alcançar a justificação diante de Deus. Mas, pela graça infinita do nosso Deus e Pai, por intermédio do Filho, nos justificou gratuitamente, nós que éramos pecadores e inimigos de Deus. Essa justificação só foi possível graças à obediência do Senhor Jesus Cristo; Ele obedeceu até à morte e morte de cruz (Filipenses 2:8). Jamais nos esqueçamos desta maravilhosa dádiva: a justificação pela fé em Cristo Jesus, graças à Sua obediência; na qual, devemos nos regozijar sempre. Não esqueçamos também sobre a importância da obediência à Deus, tendo o Filho como exemplo. O apóstolo Pedro reforça esta preciosa lição: I Pedro 2:21 e 24 – “Porquanto para isto mesmo fostes chamados, pois que também Cristo sofreu em nosso lugar, deixando-vos exemplo para seguirdes os seus passos,… v.24: carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas, fostes sarados”.

Outrora, vivíamos em Adão, sem justificação, sem paz e sem a vida eterna. Mas Deus prova seu amor sendo nós ainda pecadores (Romanos 5;8) e, pelo sangue da Sua cruz nos reconcilia consigo mesmo e faz a paz: “e que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele, reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus” (Colossenses 1:20). Fomos justificados pelo precioso sangue de Jesus, tudo porque Ele obedeceu e deu sua vida na cruz. Romanos 5:9 – “Logo, muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira,”. A justificação foi apenas o começo das bênçãos que a obediência de Cristo trouxe a nós. A obediência de Cristo na cruz, não só possibilitou nossa justificação, como também, nossa união com Ele. Fomos enxertados em Cristo, recebendo assim Sua vida e agora, somos participantes da raiz e da seiva da Oliveira, que é Jesus Cristo nosso Senhor (Romanos 11:15-17). Temos nova vida em Cristo Jesus (II Coríntios 5:17) e Nele, temos acesso ao Pai  (Hebreus 10:19-22) e a certeza da vida eterna (I João 5:11-13). A obediência de Cristo trouxe justificação, reconciliação e comunhão. Em contrapartida, a desobediência traz separação e morte, por isso está sendo dito que a obediência é questão vital e crucial em nosso viver diário. Quando Adão pecou, houve uma sentença judicial sobre ele: “certamente morrerás” (Gênesis 2:17). A morte foi sentenciada sobre Adão e seus descendentes. Todos quantos ainda se encontram em Adão estão debaixo desta sentença de morte. Mas, pela obediência de Jesus Cristo, Deus trouxe outra sentença àqueles que estão em Seu Filho: “Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados” (Efésios 2:1). Efésios 2:5 – “e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo, – pela graça sois salvos”.

Voltemos ao texto inicial: Romanos 5:19 – “Porque, como, pela desobediência de um só homem, muitos se tornaram pecadores, assim também, por meio da obediência de um só, muitos e tornarão justos”. A desobediência de Adão trouxe a sentença de morte e a obediência de Jesus Cristo trouxe a sentença da vida. As pessoas hoje se encontram debaixo de uma dessas duas sentenças. Pela graça de Deus e pela obediência de Jesus Cristo, hoje, pela fé, estamos debaixo da sentença de vida, em Cristo Jesus. Pela inclusão na morte e ressurreição com Cristo, passamos da morte para a vida. Agora, Nele, em obediência à Sua Palavra, desfrutamos da vida abundante e, em breve, seremos participantes da vida eterna. Aleluia!

Somos imensamente gratos pela obediência do Senhor Jesus Cristo e desejamos seguir seus passos obedecendo ao Pai em tudo.

 

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, Março de 2013.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s