OBEDECER A DEUS – Parte 11

obedecer_11Encontramos nas Escrituras muitos servos de Deus que O obedeceram. Mas, em se tratando desta matéria, o Servo modelo, sem dúvida, é o Senhor Jesus. Vimos no estudo anterior, “o Servo humilde”. Vimos também o seu desejo sincero em obedecer ao Pai. Nestas últimas lições, Deus está nos apontando para o Seu amado Filho. Jesus Cristo é o exemplo a ser seguido. Deus já tem nos ministrado profundamente a respeito da importância da obediência em nossa vida. Obedecer a Deus é fundamental para um viver cristão que agrada e glorifica a Deus. Obedecer a Deus traz frutos e bênçãos para nós também. Em outras palavras: só temos a ganhar quando aprendemos esta preciosa lição. Sendo assim, continuemos olhando firmemente para o Autor e Consumador da nossa fé: JESUS CRISTO. Jesus Cristo, o Servo humilde, vivia pela fé no Pai. Ele não fazia as coisas que Ele achava que devia fazer. Ele não vivia à parte do Pai. Tudo era feito e falado na dependência ao Pai. João 05:30 – Eu nada posso fazer de mim mesmo; na forma por que ouço, julgo. O meu juízo é justo, porque não procuro a minha própria vontade, e sim a daquele que me ensinou”. João 08:28 – “Disse-lhes, pois, Jesus: Quando levantardes o Filho do Homem, então, sabereis que EU SOU e que nada faço por mim mesmo; mas falo como o Pai me ensinou”. João 12:49-50 – “Porque eu não tenho falado por mim mesmo, mas o Pai, que me enviou, esse me tem prescrito o que dizer e o que anunciar. E sei que o seu mandamento é a vida eterna. As coisas, pois, que eu falo, como o Pai mo tem dito, assim falo”. Nestes versos vemos o quanto o Senhor dependia do Pai, esperava do Pai, agia pelo Pai e cria inteiramente no Pai. Sua fé no Pai era viva, ativa e constante. Sua capacitação vinha do Pai. Ele havia se esvaziado de toda a glória como Deus e veio como um homem e nesta vida dependeu inteiramente do Pai. Que segredo fantástico! Somente um homem que vive na dependência de Deus pode realmente obedecer. Eis aqui mais um segredo na vida de obediência do Senhor Jesus. Ele vivia pela fé em Deus. Não era auto-suficiente, não se estribava no seu próprio entendimento, mas confiava inteiramente em Deus. Ele sabia que o Pai estava no controle de tudo, que o Pai é o Soberano Senhor (Lucas 10:21). Ainda que a cruz pudesse parecer uma injustiça absurda, Ele não contestou o Pai. Simplesmente creu e obedeceu! De fato, quem crê, obedece! Fé e obediência andam juntas. Como cristãos, seguindo o exemplo do Senhor Jesus, devemos crer inteiramente na Pessoa e Palavra do Pai. Isto fazendo, certamente será possível viver em obediência. Porque o Senhor Jesus se entregou inteiramente aos cuidados do Pai, submeteu-se e esteve sempre pronto para obedecer; o Pai operou com graça através da Sua vida. Tudo que o Senhor fazia, fazia esplendidamente bem, pois o Pai operava Nele. Marcos 7:37- “Maravilhavam-se sobremaneira, dizendo: Tudo ele tem feito esplendidamente bem; não somente faz ouvir os surdos, como falar os mudos”. A submissão de nossa vontade a Deus será sempre a medida da dispensação do Seu poder em nós. Veremos que uma rendição à completa obediência nada mais é do que a total confiança de que Deus há de operar em nós. Temos experimentado o “OPERAR” de Deus em nós? Filipenses 2:13 – “porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade”. Quanto mais nos submetemos, quanto mais Nele confiamos e obedecemos, mais Ele operará em nós e através de nós. Este era o segredo do Senhor Jesus. Viveu humildemente e sempre dependeu do Pai. Sempre confiava no Pai e sempre obedecia ao Pai. Conseqüentemente, o Pai sempre operava maravilhas através Dele para a Sua própria glória. Como o Senhor Jesus, precisamos nos lançar em total obediência ao Pai, sem reservas, ainda que, se necessário, uma obediência até a morte. Essa experiência de obediência nos conformará com Ele; isto é, seremos parecidos com Jesus. Que graça maravilhosa, que graça estupenda! Quando nos lançarmos desta maneira nesta empreitada de obediência irrestrita ao Pai, certamente veremos o operar do Pai em nós e através de nós. Isso redundará em uma vida de louvor e glória ao Pai. Lembremos que, porque o Senhor Jesus obedeceu, nós também podemos obedecer. Agora, como regenerados, estamos sob a Cabeça: JESUS CRISTO. Ele obedeceu, nós também podemos obedecer. I Coríntios 15:48-49 – “Como foi o primeiro homem, o terreno, tais são também os demais homens terrenos; e, como é o homem celestial, tais também os celestiais. E, assim como trouxemos a imagem do que é terreno, devemos trazer também a imagem do celestial”. Deus, o Pai, deseja que sejamos parecidos com seu amado Filho. Romanos 8:29 – “Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos”. Pela obediência a Deus Pai, podemos ser conformados à imagem de Jesus Cristo, nosso Senhor. Da mesma forma que a Sua justiça é nossa esperança, que seja a Sua obediência o nosso desejo sincero.  Que nossa fé Nele nos conduza a uma vida de obediência. Desta forma, sejamos tão somente um vaso de barro para que o poder de Deus opere através de nós para a expansão do seu reino e glória.

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada –  Cristo vive em nós

Maringá, Maio de 2013.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s