ANTAGONISMO CRISTÃO

antagonismo_cristãoO Saulo de Tarso tinha conceitos equivocados a respeito dos cristãos. Perseguia-os, prendia-os e condenava-os achando que estava certo e que prestava um grande serviço a Deus. Para ele, os cristãos eram uma praga que precisava ser extirpada da face da Terra. O apóstolo achava que estava certo, no entanto, estava totalmente enganado. Quando o Senhor Jesus foi ao encontro dele na estrada para Damasco, foi revelado que ele perseguia o próprio Senhor (Atos 9:4-5). Assim como o apóstolo estava errado e não sabia, muitos hoje vivem enganados. O Senhor chamou os escribas e fariseus de guias cegos (Mateus 23:16,17,24,26). Hoje em dia, encontramos todo tipo de engano e absurdos dentro das igrejas. Vemos em Mateus 23:16-22 uma absurda inversão de valores por parte dos religiosos daquela época. Satanás é astuto e consegue inverter os valores de tal forma que as pessoas começam a crer em sua mentira. Nas escolas ensinam as crianças a não fazerem acepção de pessoas e entre elas encontram-se os que têm síndrome de down, negros e homossexuais. De fato, não devemos fazer acepção de pessoas, mas ao engolir esta lição, as crianças estão engolindo também o homossexualismo e isto está contrário à Bíblia. Li um e-mail nestes dias que dizia que seria bom se houvesse uma troca de posição: os pobres velhinhos do Brasil com os detentos. Assim os velhinhos teriam toda assistência alimentar, cuidados médicos, companhia, uma vigilância constante e um ajuda mensal de R$860,00 para a família. Os detentos iriam morar em casinhas caindo aos pedaços, pouca comida, quase sem remédio e quase não teriam companhia. Se morressem, poderiam ser descobertos depois de alguns dias. Achei interessante esta proposta de inversão. Hoje, em um acidente de carro na cidade, a pessoa errada, além de não pagar, agride a vítima e sai ileso. A vítima é vítima duas vezes e o transgressor torna-se agressor também. As Escrituras têm razão quando diz que nos últimos dias sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão “egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus, tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder. Foge também destes” (II Timóteo 3:1-5). Parece que o mundo está virado de cabeça para baixo. Ouvimos tantos absurdos dos crentes, vemos tantas crenças diabólicas contrárias às Escrituras sendo ensinadas dentro das igrejas. Veja o que diz I Timóteo 4:1 – “Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios”. Ao conversar com os crentes e pastores, dá a impressão que eles não podem padecer necessidades, falta de dinheiro, falta de saúde e falta de felicidade. O cristianismo de hoje me parece tão contrário ao da Bíblia. Quando as coisas começam a ficar confusas, precisamos examinar segundo as Escrituras e segundo o próprio Senhor Jesus. O Senhor e Sua Palavra servem de baliza para o nosso viver, pois, o Senhor é a pura verdade de Deus para nós. Precisamos olhar firmemente para Jesus nestes últimos dias para não sermos enganados. Colossenses 2:8 – “Cuidado que ninguém vos venha a enredar com sua filosofia e vãs sutilezas, conforme a tradição dos homens, conforme os rudimentos do mundo e não segundo Cristo”.

Olhemos alguns antagonismos na vida do Senhor Jesus. A Bíblia diz que Ele sentiu fome: Mateus 21:18 – “Cedo de manhã, ao voltar para a cidade, teve fome”. Esta fome era devido ao fato Dele ter-se tornado homem como nós. João 1:14 diz que “o Verbo se fez carne e habitou entre nós cheio de graça e verdade,…”. Filipenses 2:7 – “antes, a si mesmo se esvaziou, assumiu a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana”. O Senhor Jesus era totalmente Deus e ao mesmo tempo totalmente humano, por isso sentiu fome também. Aquele que teve fome alimentou milhares e tornou-se o Pão vivo que desceu do céu para se tornar alimento para o mundo. Jesus também teve sede após uma longa caminhada até Sicar, uma pequena cidade samaritana. Ali ele pediu água para uma mulher (João 4:6-7). Ele sentiu sede, no entanto, convidou todos os sedentos a irem à Ele para dessedentar. João 7:37-38 – “No último dia, o grande dia da festa, levantou-se Jesus e exclamou: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Que crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva”. Ele pagou tributo como um cidadão qualquer (Mateus 17:24-27), no entanto, era o Rei dos reis. Ele orou e ao mesmo tempo é aquele que responde as orações. Ele chorou (João 11:35), mas é aquele que enxugará todas  as lágrimas (Apocalipse 21:4). Ele foi vendido por trinta moedas de prata, no entanto, foi o próprio resgate do mundo. Na sua morte, foi como uma ovelha muda para o matadouro (Isaías 53:7), mas é o Verbo da Vida (João 1:1). Não teve nem onde reclinar sua cabeça (Mateus 8:20), mas é o Dono do mundo (Salmo 50:12). Veio para os que eram seus, mas os seus não o receberam (João 1:11), Ele, no entanto, diz: “Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora”.

Cuidemos com o modelo de cristianismo que está sendo pregado hoje. Cristianismo sem cruz, sem renúncia, sem arrependimento, sem confissão, sem restituição, sem submissão à Cristo, sem Bíblia, sem celebração, sem pastor, sem igreja, sem dízimo, sem amor e muito mais. Cristianismo movido a emoções, shows, entretenimentos, cantores gospels e muita apelação. Fiquemos em Cristo, com Cristo e se tivermos vida simples, de perseguição, de sofrimento, de aflições, amém! Não importa! Se, pelo evangelho, Deus nos libertar do pecado e nos fazer viver em Cristo, isto basta! Cristo basta! Com ou sem sofrimento, com ou sem dinheiro, com ou sem saúde, Cristo basta! Realmente o verdadeiro cristianismo nos conduzirá pelo caminho contrário ao que a maioria está trilhando; não importa, andemos pela fé no Filho de Deus que nos amou e se entregou por nós. Haverá, com certeza, antagonismo em nossa vida, não importa desde que seja conforme Cristo, então está tudo bem. Tiremos os olhos do dinheiro, dos prazeres deste mundo e fixemos somente em Cristo. Não olhemos para os outros, olhemos para nós mesmos e procuremos imitar Cristo em tudo. Não deixe que pregadores, pastores, igrejas e pessoas determinem você. Seja determinado tão somente pela Palavra e pelo Senhor Jesus. Examine as Escrituras, olhe para Jesus! Creia Nele! Não se importe com o erro dos outros, você não foi chamado para julgar e condenar. Não perca a sua fé em Jesus Cristo. Olhe apenas para o Senhor Jesus. Avante irmão, mesmo em meio a tanta contradição, persevere em seguir o Senhor. Graças a Deus, pois pela cruz, temos os valores invertidos e então seguimos seguindo os valores do reino de Deus. A cruz é fundamental para que não sejamos enganados pelos rudimentos do mundo. Animemo-nos com o testemunho do apóstolo. I Coríntios 4:9-13 e II Coríntios 4:7-12.

 

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, Maio de 2013.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s