APOSTASIA – Parte 01

apostasiaEste é um assunto indigesto e pouco ventilado nos dias de hoje. Mas ao observarmos a Bíblia, vemos o amor de Deus alertando a igreja deste perigo iminente. Multidões tem se apostatado nestes últimos anos e quase ninguém traz esse alerta tão crucial para os dias de hoje. Quando somos despertados quanto à sutileza da ação do inimigo, logo desejamos alertar a amada igreja do Senhor. É tocante ver o escritor do livro de Hebreus alertando, exortando e lutando para que a igreja não viesse a apostatar-se. A igreja passava por tempos difíceis, estava debaixo de perseguição, pobreza, insegurança e muitas outras dificuldades. Este é o solo apropriado para que a apostasia aconteça. As Escrituras nos alertam que nos últimos dias sobrevirão tempos difíceis: “Sabe, porém, isto: nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis” (II Timóteo 3:1). Este, sem dúvida, é um tempo propício para que apostasia aconteça. O anticristo vai cercar os eleitos de todas as formas e as cartas apostólicas nos alertam quanto a isso. Vejamos algumas passagens: II Pedro 2:1-3; 3:3,17,18; I João 2:18-26; 4:1-6; II João 7-11; Judas 17-23. O inimigo quer arrastar consigo o máximo de pessoas possíveis; por isso devemos estar sempre em vigilância, permanecendo firmes em Cristo Jesus, nosso Senhor. Muitos crentes, mesmo frequentando igrejas, estão meio que hipnotizados, caminhando para a “boca do leão” e não o sabem (II Timóteo 4:17 fine). Estar na boca do leão é estar sendo engolido pelo próprio diabo. Crentes que já não leem a Palavra e não têm prazer em congregar; que não tem comunhão com Jesus Cristo. Vivem em mundano proceder e não tem mais o brilho e a alegria da salvação. Que bom seria se estes pudessem voltar ao Senhor e orar como o rei Davi: “Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável. Não me repulses da tua presença, nem me retires o teu Santo Espírito. Restitui-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito voluntário” (Salmo 51:10-12).

Está havendo apostasia em todos os lugares e isto é sinônimo de morte e perdição eterna. É coisa séria! Sinais da Sua vinda já se mostram cada vez mais e mais; pelo que já está chegando os últimos dias. Nestes dias o primeiro ministro de Israel fez um discurso dizendo que os judeus estão retornando à Israel. Os palestinos ainda não reconhecem o Estado de Israel, que na realidade existe a mais de quatro mil anos, desde Abraão. Judeus perseguidos estão voltando para Israel. O avô de Benjamim N., primeiro ministro de Israel, e seu irmão, foram perseguidos por um grupo anti-semita na Europa e o deixaram quase morto. Após isto, ele resolveu voltar à Israel. Os judeus estão voltando e isto é mais um dos sinais dos últimos tempos. Os profetas do Velho Testamento descreveram esta volta há muitos anos atrás. O fim está próximo! Infelizmente as Escrituras dizem que haverá a apostasia. I Timóteo 4:1 – “Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios”. Vamos conhecer um pouco a respeito da apostasia. Esta palavra no grego clássico era usada nos casos de motim e rebelião contra o governo. No Velho Testamento era usada para rebelião contra Deus (Josué 22:22). Esta rebelião é instigada pelo Diabo. Vemos esta ideia também no Novo Testamento: II Tessalonicenses 2:1-4. A apostasia e a revelação do homem da iniquidade precederão a vinda do Senhor. Infelizmente muitos não subirão com o Senhor devido à apostasia. Terrível coisa é ser crente e ao final de sua vida, apostatar-se da fé. Hebreus 4:1 – “Temamos, portanto, que, sendo-nos deixada a promessa de entrar no descanso de Deus, suceda parecer que algum de vós tenha falhado”. Por isso, o Senhor pede para permanecer Nele (João 15:5); vigiar e perseverar até o fim. Mateus 24:13 – “Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo”. Esta também é a exortação de Hebreus 3:6,14; 6:11. Apocalipse 2:10 fine – “Sê fiel até a morte, e dar-te-ei a coroa da vida”.

A apostasia é um perigo constante para a igreja; por isso a Bíblia constantemente nos alerta: I Timóteo 4:1-2; II Tess. 2:3; II Pedro 3:17. Apostasia é descair da fé, desviar-se do Deus vivo (Hebreus 3:12). Ela acontece mais em período de crise (Mateus 24:9-12); e de sucesso e festança (Mateus 24:37-39). Saúde, dinheiro e diversão ou o inverso disso facilita a apostasia. Para os apóstatas, tudo será bem imperceptível. A impressão é que a vida melhorou, a liberdade aumentou e o bem-estar é geral. Sem perseguição, sem lutas, sem renúncia, sem cruz. Tudo parece tão bom, tão divertido, mas estão se apostatando do único Salvador. O problema é que não tem volta: Hebreus 6:4-6; 10:26-27. Apostatar-se é tornar-se incrédulo, descrente e totalmente independente de Deus. É desprezar Deus e tudo que se refere à Ele. É esquecê-Lo, abandoná-Lo; é virar as costas para Ele. É deixar ser conduzido pela corrente do mundo, ser controlado pelos prazeres da carne e viver segundo o seu próprio pensamento. Efésios 2:1-3 – “Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência; entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da vossa carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais”. Às vezes encontro crente e até pastor que se apostatou da fé no Senhor Jesus. Ao conversar e olhar nos olhos deles é possível ver tristeza e vazio. Alguns procuram disfarçar, mas é evidente a falta de brilho e de alegria em seu rosto. Provavelmente, em nosso dia-a-dia, encontramos muitos crentes e nem sequer imaginamos que são membros de alguma igreja. Temos deixado de ser a luz do mundo e o sal da terra? (Mateus 5:14-16). O Senhor falou para que brilhemos diante dos homens, para que vejam as boas obras e glorifiquem ao Pai que está nos céus. Nenhum apóstata poderá brilhar, certamente deixará de glorificar a Deus. Mas o cristão, certamente terá a verdadeira Luz nele, pois Cristo é a sua luz. Os discípulos foram chamados de cristãos em Antioquia porque o povo via Cristo neles (Atos 11:26). As pessoas que conheciam Abraão, Isaque, Jacó e José percebiam que Deus estava com eles e lhes abençoavam. O sinédrio reconheceu que os apóstolos haviam estado com Jesus; certamente viam as marcas do Senhor neles (Atos 4:13).Este é um tempo de apostasia, mas também é o tempo de estarmos mais do que nunca arraigados, edificados, firmados e confirmados em Cristo Jesus. Colossenses 2:6-7 – “Ora, como recebestes Cristo Jesus, o Senhor, assim andai nele, nele radicados, e edificados, e confirmados na fé, tal como fostes instruídos, crescendo em ações de graças”. Não temos outro; confessemos ao Senhor como Pedro: “Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras da vida eterna; e nós temos crido e conhecido que tu és o Santo de Deus” (João 6:68-69). Amados, é tempo de nos apegarmos com mais firmeza, às verdades ouvidas, para que delas jamais nos desviemos (Hebreus 2:1).

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami      

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, Outubro de 2013.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s