AGRADÁVEIS A DEUS EM CRISTO

Quando experimentamos a vida da nova criação, vivemos a alegria de estar em Cristo Jesus. Ele é tão maravilhoso que desejamos imensamente agradá-Lo em tudo e o tempo todo. Somente os regenerados que receberam, pela graça, a revelação de Jesus Cristo, pode desejar sinceramente agradar ao Senhor Jesus. O homem natural, ainda que pense em agradar a Deus e se esforce sobremaneira, jamais poderá fazê-lo. Na realidade, todos quantos se encontram fora de Cristo, vivem de modo desagradável à Deus. Sem o Espírito de Cristo, jamais seremos agradáveis a Deus.

olhandoocc3a9uAs Escrituras mostram o estado do homem natural, isto é, aquele que não tem a vida de Cristo nele: “Não há justo, nem um sequer, não há quem entenda, não há quem busque a Deus; todos se extraviaram, à uma se fizeram inúteis; não há quem faça o bem, não há nem um sequer. A garganta deles é sepulcro aberto; com a língua, urdem engano, veneno de víbora está nos seus lábios, a boca, eles a têm cheia de maldição e de amargura; são os seus pés velozes para derramar sangue, nos seus caminhos, há destruição e miséria; desconheceram o caminho da paz. Não há temor de Deus diante de seus olhos” (Romanos 3:10-18). Os religiosos do primeiro século foram chamados de: “raça de víboras”. Na realidade, não tem nada em nós que possa agradar a Deus. O profeta Isaías mostra um pequeno retrato do homem: “Desde a planta do pé até à cabeça não há nele coisa sã, senão feridas, contusões e chagas inflamadas, umas e outras não espremidas, nem atadas, nem amolecidas com óleo” (Isaías 1:6). Romanos 1:18-32 retrata o homem de uma maneira horrenda. Por outro lado, Deus é Santo, Santo, Santo. Maravilhoso, Puro, Reto, Justo, Amoroso. Que contraste entre Deus e o homem.

Nosso maravilhoso Deus deu um jeito para essa feiúra toda ao enviar Jesus Cristo, seu amado Filho para a cruz, no Calvário. Tudo começa ali; nossa salvação, regeneração, justificação, comunhão e muito mais. A cruz é a chave para um viver que agrada a Deus. Sem cruz não há Cristo em nós e sem Cristo, não há possibilidade alguma de agradar a Deus. Somente Deus pode nos fazer agradáveis à Ele próprio por meio do Filho. Quando Sua imensa graça alcança um pecador feio e fedido, como vimos a pouco, este recebe uma tremenda revelação. A revelação de Sua morte e ressurreição com Cristo Jesus, o Senhor. A revelação de nossa morte na cruz em Cristo é o início de toda a transformação. Aquela velha e horrível criatura é crucificada com Cristo, o Senhor. Essa criatura foi incluída na morte de Cristo, graças a Deus. O fedido se foi na cruz! Você já teve a experiência de ficar perto de um lixo fétido a ponto de lhe embrulhar o estômago? Mas, quando alguém retira o lixo, vem um alívio, um frescor e bem estar, não é? Pois é, só a cruz de nosso Senhor pode fazer isso com o velho homem que vivia em nós.  Quando recebemos a revelação da nossa ressurreição com Cristo, Sua vida passa a se manifestar em nós. Somos feitos nova criatura. Deus nos fez nascer de novo em Cristo Jesus. Somente os novos nascidos podem agradar a Deus, pois estão em Cristo (II Coríntios 5:17).

Veja como a nova vida em Cristo pode agradar a Deus. A nova criatura não anda mais segundo a vaidade dos seus próprios pensamentos como os gentios, não anda mais segundo a dureza do seu coração, não se entrega à dissolução para, com avidez, cometer toda sorte de impureza (Efésios 4:17-19). Não se amolda às paixões carnais da velha vida (I Pedro 1:14). Agora, em Cristo, ele foi criado para andar no caminho das boas obras (Efésios 2:10). O regenerado não vive mais para si, vive sim, para Cristo (Romanos 14:7-9; II Coríntios 5:15; Filipenses 1:21). Agora Cristo é sua vida (João 11:25-26; 14:6; Colossenses 3:3-4). Cristo é o seu tudo (Colossenses 3:11). Cristo é o seu Senhor (Colossenses 2:6-7). Jesus Cristo é sua luz (João 8:12), seu caminho (João 14:6). Em Cristo, ele permanece como um ramo na videira verdadeira (João 15:5). Cristo é seu sustento, o Pão vivo que desceu do céu (João 6:48-51). Cristo é seu bom Pastor e ele ouve sua voz e O segue (João 10:14,27). O regenerado está centrado em Cristo Jesus, faz tudo em Seu nome (Colossenses 3:17). Ele vive Cristo, vive em Cristo, vive por meio de Cristo e vive para Cristo. I João 4:9 – “Nisto se manifestou o amor de Deus em nós: em haver Deus enviado o seu Filho unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele”.

Toda esta vida em Cristo é maravilhosa e ela poderá ser desfrutada a cada dia quando, diariamente negamos a nós mesmos, tomamos a nossa cruz e seguimos o Senhor Jesus. Devemos, de fato, viver para o inteiro agrado do Pai através do Filho. Colossenses 1:10 – “a fim de viverdes de modo digno do Senhor, para o seu inteiro agrado, frutificando em toda boa obra e crescendo no pleno conhecimento de Deus”. Somente uma vida de cruz nos permite viver para o agrado do Pai. Sem a vida de cruz, a carne, o ego e o mundo se manifestam e então não poderemos viver para o agrado do Pai. Romanos 8:8 – “Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus”. Por esta razão, os que são de Cristo Jesus devem crucificar a carne com suas paixões e concupiscências (Gálatas 5:24). Ainda que a carne milite contra o Espírito (Gálatas 5:17), o regenerado pode agradar a Deus ao andar no Espírito (Gálatas 5:16). Ele é constantemente cheio do Espírito (Efésios 5:18). O nascido de novo que agrada a Deus é aquele que adora a Deus no Espírito e se gloria em Cristo Jesus e não confia na sua carne (Filipenses 3:3).

Para ser agradável a Deus é preciso viver Cristo, em Cristo e para Cristo o tempo todo. Cristo deve ser o nosso centro, a nossa razão de viver, o nosso tudo.

Hebreus 13:20-21 – “Ora, o Deus da paz, que tornou a trazer dentre os mortos a Jesus, nosso Senhor, o grande Pastor das ovelhas, pelo sangue da eterna aliança, vos aperfeiçoe em todo o bem, para cumprirdes a sua vontade, operando em vós o que é agradável diante dele, por Jesus Cristo, a quem seja a glória para todo o sempre. Amém!”.

É incrível ver que a pobre, miserável e pecadora criatura, em Cristo Jesus, pode ser agradável a Deus. Deus, em Cristo crucificado e ressuscitado, possibilita esta vida abundante que agrada a Ele, aleluia! Só pelo sangue da Sua cruz somos reconciliados e temos paz com Deus.

Somente Cristo em nós pode agradar a Deus.

 

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, Janeiro de 2013.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s