A LEI DA FÉ

Romanos 3:27-28 – “Onde, pois, a jactância? Foi de todo excluída. Por que lei? Das obras? Não; pelo contrário, pela lei da fé. Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé, independentemente das obras da lei”.

lei da féA lei das obras alimenta a jactância; a fé a elimina. A lei das obras leva o homem a vangloriar-se em seus feitos, mas a lei da fé o faz grato e humilde. Nos cultos temos o maior respeito pelo pregador e o colocamos em um pedestal. O pregador não deve, em hipótese alguma, achar que é superior aos seus ouvintes. Suas obras não o fazem um astro. O obreiro que não é justificado pela fé no Senhor Jesus corre o risco de tornar-se arrogante ao ver o quanto faz em sua igreja. Em uma época do meu pastorado cheguei a pregar oito vezes por semana. Eu não dizia nada a ninguém, mas me considerava um bom obreiro. Cheguei a pensar que a igreja não sobreviveria sem mim. As minhas muitas obras me elevaram a tal ponto que uma cegueira louca me acometeu. Tornei-me escravo da obra, sem contudo, agradar a Deus. Envergonho-me diante do meu Senhor ao olhar para trás. Quanta arrogância de minha parte. Não conhecia a justificação e nem a graça de Deus. Pela misericórdia de Deus, hoje sei que, o que vale mesmo, é a lei da fé e não das obras. De fato a fé elimina a soberba. A fé vem de Deus, é dada por Deus. Não é algo que produzimos por nós mesmos. É simplesmente um tremendo presente de Deus. Efésios 2:8 – “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus”. Se foi dado por Deus então onde é que entra o orgulho do homem? Se hoje posso crer no Senhor Jesus é pura graça de Deus. Diante da fé em Jesus Cristo só posso ficar imensamente grato a Deus por esta tremenda graça. Orgulho? Jamais! Quando temos fé no Senhor Jesus, o nosso centro é Ele, não mais nós. Aquele que crê no Senhor Jesus não pode ser soberbo. A vida de fé é a vida e a fé do Filho de Deus em nós. O cristão sabe que o Senhor Jesus é tudo e tudo vem Dele. Nesta caminhada de fé não pode ter vanglória. O super crente vem e diz: “eu orei e o enfermo foi curado”. “Levantei as mãos e o fogo desceu”. “Gritei e o diabo fugiu”. Isso não é evangelho, é religião. O cristão que crê, apenas agradece alegremente os feitos do Senhor e O glorifica. Ele sabe que foi o Senhor Jesus quem realizou a obra e dá glórias à Ele.

As Escrituras afirmam que a lei das obras não consegue tornar o homem justo. Romanos 3:28; 5:1; Gálatas 2:16. Mesmo uma pessoa que faz a obra na igreja, na sociedade e até ganha o título de cidadão benemérito, se não tiver fé no Senhor Jesus, não será justificado diante de Deus. Ainda que seja uma pessoa boa, honesta, prestativa, que não faz mal ao próximo, se não tiver fé no Senhor Jesus, não será salva. Muitos crentes nas igrejas são doentes por obras, títulos, cargos; talvez para tentarem se justificar dos seus pecados. Procuram amainar a consciência e a aparência diante dos homens. É uma fracassada tentativa de justificar-se perante Deus. Na realidade, isto só prova o quanto não tem a justificação e o quanto é um pecador condenado. No programa de Deus para a justificação do pecador só tem um quesito: A FÉ. Se crer no Senhor Jesus será justificado; de outro modo, jamais. Como a fé no SenhorJesus é fundamental, é crucial, é a chave para a salvação e justificação. Sendo assim, é também de fundamental importância ouvir e conhecer a Palavra de Deus. A fé vem pelo ouvir a pregação da palavra de Deus (Romanos 10:17). Deus sabe que nossa fé no Senhor Jesus é de fundamental importância; por isso, trata conosco. I Pedro 1:5-9. Que Deus possa usar as tribulações para nos aperfeiçoar a fé em Jesus Cristo. O Senhor requer fé de nossa parte. Ele sempre atentava neste quesito. Mateus 6:30; 8:26,10; 9:2,22,29. De fato, o que funciona na vida cristã é a fé no Senhor Jesus e não naquilo que tentamos fazer. Mesmo um pastor simpático, que acorda cedo para orar pelos membros de sua igreja, visita-os semanalmente e leva a Palavra de Deus, se não tiver a fé em Jesus Cristo, morrerá sem a salvação eterna. Doutra sorte, se um pecador, às véspera de sua morte física, se crer verdadeiramente no Senhor Jesus Cristo, será salvo. Não é a lei das obras, mas a lei da fé. A fé é o fator determinante na nossa salvação eterna.

Hoje estamos falando da nossa justificação e salvação pela fé no Senhor Jesus. Isto não anula andarmos na prática de boas obras. Efésios 2:10 – “Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas”. O verdadeiro cristão é aquele que, além de ter sido justificado pela fé no Senhor Jesus, agora, em Cristo Jesus, pratica boas obras para a glória do Pai. Ele não pratica boas obras para ser salvo, mas pratica-as porque já é salvo. O cristão cheio de fé no Senhor, ao praticar as boas obras, comprova sua fé em Cristo. Tiago 2:14-26. A lei da fé elimina o orgulho humano e dá glória somente a Deus. Efésios 2:9 – “não de obras, para que ninguém se glorie”.

Vemos em Lucas 18:9-14 a parábola do fariseu e do publicano. O fariseu, pelas obras da lei, entroniza o seu próprio ego. Isto é o contrário do que o Senhor nos ensina em Lucas 9:23: “negue-se a si mesmo”. A auto entronização é abominação diante de Deus. Não é por menos que o profeta Isaías 64:6 diz: – “Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças, como trapo de imundícia; todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniquidades, como um vento, nos arrebatam”.

Creiamos tão somente no Senhor Jesus para sermos justificados, pois a justificação é imprescindível para todos nós, pecadores. O sangue da cruz de Cristo é a nossa justificação. Creiamos na obra do Salvador na cruz do Calvário. Ali Ele nos justificou para sempre.

A obra da cruz é eterna, sua eficácia jamais acabará. Ninguém poderá anular a cruz de Cristo, seus efeitos jamais acabarão.

Isaías 51:7-8 – “Ouvi-me, vós que conheceis a justiça, vós, povo em cujo coração está a minha lei; não temais o opróbrio dos homens, nem vos turbeis por causa das suas injúrias. Porque a traça os roerá como a um vestido, e o bicho os comerá como a lã; mas a minha justiça durará para sempre, e a minha salvação, para todas as gerações”.

Isaías 60:21 – “Todos os do teu povo serão justos, para sempre herdarão a terra; serão renovos por mim plantados, obras das minhas mãos, para que eu seja glorificado”.

JUSTIFICAÇÃO PELA FÉ SOMENTE.

 

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, Fevereiro de 2014.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s