FORA DE SISTEMA – PARTE 02

João 8:23 – “Vós sois cá de baixo, eu sou lá de cima; vós sois deste mundo, eu deste mundo não sou”.

tio-sam1O Senhor disse estas palavras aos judeus incrédulos que, ainda que curiosos, não entendiam e nem conheciam o Salvador. A eles foi dito que se não cressem, certamente morreriam nos próprios pecados. O Senhor os convidou para permanecerem sua Sua palavra a fim de tornarem seus discípulos. Desta forma, certamente conheceriam a verdade, que é o próprio Cristo, e, seriam verdadeiramente libertos.

O Senhor também conhecia a origem do homem, por isso disse o que está no verso 23, acima descrito. Neste verso aparece a preposição “de” e “deste” por duas vezes. O prefixo grego desta preposição é: “ek” e significa: “para fora”. Ela traz também a ideia de “origem”. Traduzindo o verso seria: “Vosso lugar de origem é aqui embaixo; a Terra é vossa origem; vocês são terrestres”. Vamos ler I Coríntios 15:47-49 – “O primeiro homem, formado da terra, é terreno; o segundo homem (Cristo) é do céu. Como foi o primeiro homem, o terreno, tais são também os demais homens terrenos; e, como é o homem celestial, tais também os celestiais. E, assim como trouxemos a imagem do que é terreno, devemos trazer também a imagem do celestial”.

O Senhor dizia aos judeus: “Eu sou lá “de” cima; isto é, minha ORIGEM é lá do Alto”. O Senhor ainda repetia dizendo que Sua origem não é deste mundo, não é terrestre como nós. O Senhor não veio deste mundo; Ele veio para este mundo. João16:28 – “Vim do Pai e entrei no mundo; todavia, deixo o mundo e vou para o Pai”.  Nós, diferentemente Dele, temos origem neste mundo, somos deste mundo. Neste contexto, o Senhor está focando a origem. Se fôssemos debater este assunto teríamos que fazer as perguntas: Qual sua origem? De onde você veio? Você é terrestre ou celestial? O Senhor está dizendo aqui aos judeus: “eu sou de origem celestial e vocês vieram da terra”. Precisamos saber a nossa origem, pois isto é fator determinante. Se continuarmos terrestres ou terrenais, não poderemos habitar o céu. Apenas os de origem celestial podem ir para o céu. A pátria dos que foram feitos celestiais é o céu. Filipenses 3:20 – “Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo”. Não foi à toa que o Senhor disse à Nicodemos em João 3:3 – “A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus”. Se alguém não receber uma nova vida proveniente Daquele que veio do céu, não poderá entrar no céu. Tudo é muito simples e lógico. Como Nicodemos não estava entendendo, o Senhor explica mais um pouco em João 3:6 – “O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito”. No reino espiritual não tem como misturar, trambicar, adulterar ou dar um jeitinho. Tudo é muito claro e definido. O que é daqui é daqui e o que é de lá é de lá e ponto final. Ou você, por meio de Cristo, recebe o que é de lá e vai para lá ou permanece na que é daqui e fica por aqui mesmo, morre aqui e o fim já sabemos. Apocalipse 20:15 – “E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo”. Se não subiu, então desceu!

Só o nascido de novo em Cristo pode ter sua origem trocada para: “de origem celestial”. Quem vai para o céu? Obviamente aqueles que são de origem celestial. Vai ter penetra? O Senhor Jesus já declarou que: “não poderá ver o reino de Deus”. Se Ele disse que não, então é não mesmo, afinal Ele é quem manda. O Chefão até deixou um alerta: João 3:7 – “Não te admires de eu te dizer: importa-vos nascer de novo”. É necessário, é imprescindível, é a única maneira: só nascendo de novo para poder ir ao céu.

O novo nascido recebeu uma nova cidadania: a celestial. Hebreus 11:16 – “Mas, agora, aspiram a uma pátria superior, isto é, celestial. Por isso, Deus não se envergonha deles, de ser chamado o seu Deus, porquanto lhes preparou uma cidade”. Na época do apóstolo Paulo era “chic” ter a cidadania romana; tinha até alguns privilégios; por isso, alguns até compravam tal título. Mas em nossa época, ter cidadania celestial é “chic no último” uai! A cruz é o meio pelo qual passamos a ter nova cidadania. O velho homem morre juntamente com Cristo na cruz e na ressurreição recebemos o novo homem, de origem celestial.

Em João 15:19 o Senhor diz: “Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia”. Neste verso encontramos o mesmo prefixo grego: “ek”. Se vós fôsseis do mundo: “ek tou kosmos”. O Senhor está dizendo que se os crentes forem do mundo, o mundo os amará. Algo parece estar errado para o Senhor quando somos amados pelos que são do mundo, pois dá a entender que ainda somos do mundo. O verdadeiro cristão foi chamado para fora do sistema deste mundo, recebeu uma nova origem, a celestial e agora, o mundo os odeia. Esta é a lógica do Senhor.

O Senhor diz no verso 19 que nos escolheu do mundo. No grego temos uma nova palavra com o mesmo prefixo “ek”. É a palavra escolher = eklego. Esta palavra traz a ideia de “escolher para fora”. O Senhor está dizendo que nos escolheu para nos tirar deste sistema. Somos escolhidos para fora do sistema deste mundo. Sim, os discípulos são escolhidos pelo Senhor Jesus para que estejam fora do sistema deste mundo. Assim é o cristão verdadeiro; não vive mais segundo o curso deste mundo, não está mais debaixo do sistema deste mundo. Ele foi crucificado para o mundo e o mundo para ele. Gálatas 6:14 – “Mas longe esteja de mim gloriar-me, senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim, e eu, para o mundo”. A cruz é o único instrumento para que sejamos arrancados para fora deste mundo perverso. Gálatas 1:4 – “o qual se entregou a si mesmo pelos nossos pecados, para nos desarraigar deste mundo perverso, segundo a vontade de nosso Deus e Pai”. Pela cruz o Senhor nos chama para fora do sistema deste mundo.

Daí vem o termo “igreja” no grego: ekklesia = é a assembleia dos que foram chamados para fora do sistema deste mundo. Igreja é a reunião de pessoas crucificadas para o mundo. O mundo não exerce mais fascínio e atração para os da igreja. A igreja está neste mundo mas já não é mais deste mundo (João 17:6,9,11,13-18).

Como é bom saber que, em breve, seremos levados deste mundo. O mundo vai passar (I João 2:17), vai se acabar (Hebreus 1:10-12). Lembro-me da estória do superman. Seu planeta de origem, Kripton, seria destruído. Seus pais o colocaram em uma nave e o enviou  “para fora” antes de sua destruição. Foi assim que ele não foi destruído junto com o seu planeta de origem. Só há uma possibilidade de salvação: crer na inclusão na morte e ressurreição de Jesus Cristo na cruz do Calvário. Assim nascemos de novo e então, Cristo começa a nos conduzir para o nosso novo lar. Deixaremos este mundo que, em breve, será destruído. O sistema deste mundo entrará em pane e será totalmente destruído. Antes desta destruição precisamos sair do sistema e caminhar em direção ao Alto.

No propósito de Deus não há igreja sem o prefixo “ek”. A igreja precisa estar “fora do sistema” deste mundo. As coisas cá de baixo, que tem origem terrenal, precisam morrer (Colossenses 3:5) e então, como de origem celestial, precisamos buscar as coisas de nossa origem e elas estão são do Alto (Colossenses 3:1-4).

Do ponto de vista de Deus estamos fora do sistema do mundo, não somos mais deste mundo perverso. Do nosso ponto de vista, apesar de ainda estarmos neste mundo, não somos mais dele, somos cidadãos celestiais, cidadãos voltando para a pátria celestial. O céu não só é nosso destino, agora é também nossa origem graças a Jesus Cristo que habita em nós. Sendo assim, não mais relacionamos como antes, com o mundo. Nosso novo relacionamento é com Jesus Cristo, nosso Senhor (I Coríntios 1:9). Fomos escolhidos para fora deste mundo a fim de sermos de Deus somente (I Pedro 2:9); isto é graça maravilhosa.

A cruz nos proporcionou não só o sermos arrancados para fora deste mundo, como também, nos condiciona para seguirmos para a nossa Pátria celestial.

Agora podemos dizer: Estamos voltando para casa.

Gritemos com júbilo ao Pai: Papai, estamos chegando.

Isto é possível àqueles que foram chamados para FORA DO SISTEMA.

 

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada –  Cristo vive em nós

Maringá, Março de 2014.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s