O AMOR CRUCIFICADO

I João 3:16 – “Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós (cruz); e devemos dar nossa vida pelos irmãos”.

I João 4:10 – “Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação (cruz) pelos nossos pecados”.

cruz-amorO AMOR É EVIDENTE NA CRUZ! Quanto amor, puro amor. Podemos dizer que Jesus Cristo, o crucificado é o AMOR CRUCIFICADO. A cruz é uma das maiores provas do amor de Deus para conosco. João 3:16 – “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu (cruz) o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. Romanos 5:8 – “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido (cruz) por nós, sendo nós ainda pecadores”. Ele amou os que não mereciam. Amou um jovem rico prepotente, cheio de si e cheio de amor pelo dinheiro. Mesmo sabendo que o jovem não O amava verdadeiramente, Ele o amou. Marcos 10:21 – “E Jesus, fitando-o, o amou e disse: Só uma coisa te falta: Vai, vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu; então vem e segue-me”. Ele amou até os que eram discriminados e abandonados. Quando o leproso se aproximou Dele em Lucas 5:12 dizendo: “Senhor, se quiseres, podes purificar-me”. Certamente este leproso não teria coragem de aproximar-se do Senhor se este não fosse amoroso. O amor transbordava da Pessoa do Senhor Jesus e o leproso, sem dúvida, percebeu que Ele era o Amor em Pessoa. Isto foi provado em seguida, no verso 13 – “E ele, estendendo a mão, tocou-lhe, dizendo: Quero, fica limpo! E, no mesmo instante, lhe desapareceu a lepra”. Fico imaginando os sentimentos e emoções no coração daquele pobre rejeitado. “Ele está tocando em mim”, “Ele se importa comigo”, “Ele está me curando e me libertando”, “Ele me ama de verdade”. As pessoas que vivem no pecado estão imundas, sentem-se debaixo da ira de Deus, ficam com vergonha e medo e se afastam de Deus. Àqueles que se encontram em pecados, não deixem de aproximar do Amor em Pessoa, como fez o leproso. Ele não rejeita aqueles que vem à Ele. João 6:37 – “Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora”. Se um dia, acontecer de você pecar e se afastar do amoroso Salvador, lembre-se: ELE TE AMA E JAMAIS VAI TE REJEITAR. Portanto, venha a Ele como está, coberto da lepra da imundícia. Ele e só Ele pode te curar e purificar e, Ele o faz, com muito amor. Quando vejo aquele paralítico no tanque de Betesta (João 5), vejo o quanto o Senhor o amou. Fazia 38 anos que ele aguardava ser curado naquele lugar. O Amor Curador veio até este homem e o curou. Quanto tempo você espera por uma cura? Não desista, pois o Cristo que te cura é o Amor em Pessoa. Ele é Aquele de quem os apóstolos deram o seguinte testemunho: “como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com poder, o qual andou por toda parte, fazendo o bem e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele;” (Atos 10:38).

O Mestre do Amor Incondicional amou e ama os seus até o fim. João 13:1 – “Ora, antes da Festa da Páscoa, sabendo Jesus que era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até ao fim”. A multidão faminta, os paralíticos, cegos, coxos, endemoninhados, leprosos atestaram esse grande amor. Zaqueu, Bartimeu, Maria Madalena e Lázaro conheceram este Amor extravagante. Os próprios judeus eram capazes de ver o Amor em Pessoa: João 11:5 e 36 – “Ora, amava Jesus a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro”. “Então, disseram os judeus: Vede quanto o amava”. No verso anterior diz que “Jesus chorou”. Chorou ao ver o estrago que o pecado fazia na vida dos seus amados. Por isso, seu amor explodiu na cruz do Calvário. Ali, de um modo extravagante, nos amou para que não mais ficássemos à mercê do pecado, do mundo e do diabo. Seu amor foi tão grande por nós que deu Sua vida na cruz do Calvário. Ele amou muitos enquanto aqui esteve; mas Seu amor por todos se manifestou imensuravelmente na cruz. Por Amor enfrentou a dor e a morte de cruz. Não existe maior amor neste Universo todo. Jamais vamos poder experimentar outro tão grande amor em toda a nossa vida.

Uma das definições de Deus é: Amor. I João 4:7-8 – “Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor”. O Cristo da cruz é o Deus Amor em Pessoa. Não se pode falar em cruz sem falar do Amor Sacrificial presente. JESUS CRISTO FOI O AMOR CRUCIFICADO.

O Amor Crucificado ressuscitou ao terceiro dia e nos fez ressuscitar juntamente com Ele. Efésios 2:6 – “e, juntamente com ele, nos ressuscitou, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus”. O Amor nos atraiu, incluiu Nele, nos fez morrer e ressuscitar juntamente com Ele. Ele não nos abandonou jamais e fez a obra completa. Agora o Amor vive em nós. Ele expressa em nós e através de nós. Aquele que nasceu de Deus tem o Amor dentro dele; Cristo ama através dele. Esta é mais uma prova de que se é um novo nascido. Quem nasce de Deus certamente amará, pois o Amor se manifestará através dele. Ele passa a amar até mesmo os inimigos, como o próprio Senhor Amoroso fez e ensinou. Leia Mateus 5:43-48. Quem tem Cristo tem amor. Efésios 3:17-19 – “e, assim, habite Cristo no vosso coração, pela fé, estando vós arraigados e alicerçados em amor, a fim de poderdes compreender, com todos os santos, qual é a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus”. Quando Cristo, o Amor, vive em nós, verdadeiramente amamos os irmãos.

Quando o Amor Vivo está em nós, passamos a viver sem o medo que nos atormentava. O amor de Deus lança fora o medo. I João 4:17-18 – “Nisto é em nós aperfeiçoado o amor, para que, no Dia do Juízo, mantenhamos confiança; pois, segundo ele é, também nós somos neste mundo. No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor”. Por causa do Poderoso Amor da Cruz, o medo foi expulso da nossa vida. O Amor Crucificado é tão Grande que o medo desaparece. O cristão vive amando sem se preocupar com o Dia do Juízo. Pelo amor da cruz ele já foi justificado. Agora, simplesmente vive amando com o amor do Amado. Ele vai caminhando e cantando: só love, só love! Como diz um cantor brasileiro.

I João 4:16 – “E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós. Deus é amor, e aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus, nele”.

A CRUZ É AMOR!

 

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, Abril de 2014.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s