NÃO AMEIS O MUNDO – PARTE 02

I João 2:15-17 – “Não ameis o mundo nem as coisas que há no mundo. Se alguém amar o mundo, o amor do Pai não está nele; porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procede do Pai, mas procede do mundo. Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz a vontade de Deus permanece eternamente”.

amor mundo 2Três coisas fazem parte do sistema satânico mundial. Primeira: a concupiscência dos olhos, isto é, o desejo incontrolável e insaciável dos olhos. O mundo oferece coisas lindas e atraentes o tempo todo e em todos os lugares. Nossos olhos não tem sossego, vivem atrás dessas coisas do mundo. O mundo não deixa nossos olhos pararem de brilhar. São incontáveis atrações para os nossos olhos diariamente. O mundo é uma vitrine de coisas e pessoas lindas e atraentes. Essas coisas lindas provocam uma ansiedade e um desejo incontrolável. Sem perceber, o homem vive à custa desses desejos. É muito raro encontrar uma pessoa que não tem desejos. O desejo está aflorado em cada coração e estampado em seus olhos. Em segundo lugar temos a concupiscência da carne. O desejo desenfreado de satisfazer os apetites da carne. Quem nunca entrou em um super mercado e teve o desejo de encher o carrinho com guloseimas? Alguma vez você já teve vontade de entrar em uma bela churrascaria e só não o fez para poder economizar um pouco? Já teve vontade de comprar lindas roupas e calçados em um shopping? Pois bem, esta é a nossa velha natureza carnal. Temos em nosso DNA uma coisa chamada “COBIÇA”. Essa coisa é terrível! Tiago 4:1-3 – “De onde procedem guerras e contendas que há entre vós? De onde, senão dos prazeres que militam na vossa carne? Cobiçais e nada tendes; matais, e invejais, e nada podeis obter; viveis a lutar e a fazer guerras. Nada tendes, porque não pedis; pedis e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos prazeres”. Isto é mundo! É isto que vemos no mundo. Essas coisas existem no mundo porque no mundo existem homens que são cheios de cobiça. O homem natural, isto é, aquele que ainda não nasceu de novo, vive neste estilo mundano e acha que é tão natural. O Senhor Jesus faz uma pequena lista daquilo que o homem é e faz neste mundo. Marcos 7:21-23 – “Porque de dentro, do coração dos homens, é que procedem os maus desígnios, a prostituição, os furtos, os homicídios, os adultérios, a avareza, as malícias, o dolo, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Ora, todos estes males vêm de dentro e contaminam o homem”. O ciúmes, a inveja e a cobiça levam o homem à terceira coisa que tem no mundo: a soberba da vida. O homem é por natureza soberbo. Ele ama ser independente e luta o tempo todo para se tornar uma pessoa toda suficiente. Ele luta desde muito cedo para conseguir “vencer na vida”, isto é, ganhar muito dinheiro e comprar tudo que sua alma deseja. O Senhor diz que uma pessoa assim é “louca” (Lucas 12:13-21). Na lista acima vemos que aparece: “loucura”. O mundo é um bando de loucos querendo devorar uns aos outros. São desleais, traidores, infiéis e muito mais (II Timóteo 3:2-4).

Em todos os lugares vemos a soberba da vida em ação. Quando jogamos futebol e o técnico nos coloca no banco, logo ficamos amuados e curtimos pensamentos como: puxa, eu sou melhor; é injusto ficar no banco. Ficamos chateados quando somos inferiorizados. Ficamos com inveja quando outros recebem aplausos. Dá uma dor de cotovelo quando vemos o vizinho chegando de carro novo. Torcemos para que o nosso concorrente se quebre e não levante mais. Alguns chegam a apelar para as trevas e pedem para fazer “despachos” a fim de prejudicar o rival. Jamais nos contentamos com o vice campeonato. Queremos ser sempre a estrela e o centro das atenções; perguntem para o Cristiano Ronaldo e o Neymar. Gostamos de exibir nossa nova casa só para dizer: viu como sou poderosa? Algumas pessoas chegam a perder o sono devido ao sucesso do outro. Isto é a soberba da vida, isto é o mundo.

Em geral, o mundo sofre de inveja, ciúmes, rancor, amargura, cólera, insônia, desejo maligno e muito mais. Que peso, que tristeza, que vida desgraçada. Não foi à toa que o apóstolo se alegrou tanto na cruz ao ser liberto do sistema deste mundo. Alguns, desejando tanto o sucesso e o poder acabam praticando injustiça e até assassinato. Vemos roubos, furtos, mentiras e traições neste mundo cão. Que vida miserável! Alguns, movidos pela soberba da vida se acham no direito de se divertir. Acham que podem cobiçar a mulher do próximo, comprar qualquer mulher que o agrade, só para satisfazer sua concupiscência carnal. Este é o louco e desenfreado sistema do mundo. Por causa da cobiça, os homens vivem a matar, a ter inveja, a lutar e a fazer guerras (Tiago 4:2). O mundo quer que destruamos uns aos outros. Ao contrário, Deus deseja que seus filhos vivam em amor, paz e união. Que perdoem, suportem, amem e orem uns pelos outros.

Quando Deus nos revela este terrível retrato do mundo, chegamos à conclusão lógica que Deus estava 100% certo quando disse: “Não ameis o mundo”. Como podemos amar um sistema tão corrupto e degradante? Como amar algo tão horrível? Que Deus continue nos dando a revelação da podridão do mundo a fim de que não o amemos jamais. Que Deus, em Sua graça, nos leve a ver quão maravilhosa é a cruz de nosso Senhor. Por ela morremos para o terrível mundo e o mundo para nós. Que amemos a cruz como prova do nosso ódio pelo mundo. Corramos para a cruz, vivamos crucificados para que o mundo fique morto para nós.

Somente depois de ser crucificado com Cristo é que comecei a ver o mundo como realmente é. Antes, o mundo era simplesmente o mundo. Agora, vejo tamanha podridão e começo a ter nojo dele. Graças a Deus, em breve, vamos deixar este mundo. No céu não haverá mundano. O sistema que impera neste mundo será de todo destruído. A cruz trouxe a visão da sujeira deste mundo perverso. A cruz exerceu este importante papel em nossa vida. Somente um crucificado pode pregar e aceitar a mensagem: “Não ameis o mundo”. O crucificado se alegra sobremaneira em saber que foi crucificado para o mundo e o mundo para ele. Este verso de Gálatas 6:14 o faz vibrar, muito mais que um gol do Brasil em final de copa do mundo. A vitória do Brasil na copa do mundo não vai fazer diferença nenhuma em nossa vida; porém, a cruz faz toda a diferença. O crucificado sabe disso; por isso se gloria tão somente na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo.

A ação da cruz nos faz ver o terrível “sistema satânico-mundo”. Mas aquele que não conhece a cruz, não vê o mundo sendo algo tão mau. Eles até chamariam de “pessimistas” os que pregam a mensagem da cruz. Para eles, a resposta está na “educação”. Lutam para que o governo invista mais na educação, pois crêem que a educação vai solucionar o problema do mundo. Mera ilusão, total cegueira! Só Jesus Cristo pode resolver o problema do mundo. Ele venceu este terrível inimigo. João 16:33 – “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo”. Só no Cristo crucificado podemos vencer o mundo. A Bíblia apresenta Jesus como uma pessoa sem “aquela aparência” que atrai os olhares do mundo. Ele foi simples e humilde. Apesar de ser o Rei da Glória, não requereu para si uma mansão nos poucos anos em que aqui esteve. Não teve jamais uma carruagem linda para o levar para os diversos cantos do país, tipo “papa móvel”. O nosso Senhor não teve nada a ver com este mundo cheio de ostentação.

O verdadeiro cristão não busca e nem se preocupa com a glória deste mundo. Jesus Cristo lhe basta! Ele sabe que não adianta ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma. Marcos 8:36 – “Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder sua alma?”. A pessoa que quer ganhar o mundo é um louco e, certamente vai perder a sua alma. O segredo para a nossa vida está nos versos anteriores: Marcos 8:34-35 – “Então, convocando a multidão e juntamente os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me. Quem quiser, pois, salvar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a vida por causa de mim e do evangelho salvá-la-á”. O Cristo crucificado e ressurreto está na direção contrária do mundo. Em suas escolhas diárias, lembre-se: a direção correta é a cruz de Cristo, não os prazeres da carne e dos olhos, muito menos a soberba da vida. Aprender a abrir mão de seus interesses, negar a si mesmo e submeter à vontade do Senhor é o caminho para a vida eterna. Este é o estilo do viver cristão, esta é a vida abundante.

Você ainda ama o mundo? Ainda não sente aversão por ela? Você ainda é indiferente quanto ao mundo? Então você ainda não nasceu de novo e continua sendo um mundano. O nascido de novo não quer mais nada com este mundo tenebroso. Agora, o seu negócio é com Jesus Cristo e Seu reino. II Coríntios 5:14-15 – “Pois o amor de Cristo nos constrange, julgando nós isto: um morreu por todos; logo, todos morreram. E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou”. O crucificado morreu para o mundo e nasceu para Jesus. Cada dia mais o mundo fica para trás e Jesus adiante dele. Cada vez mais perde-se o interesse pelo mundo e, conseqüentemente, deixa de investir neste mundo. Cada vez mais tem prazer em agradar a Deus e viver para a glória do Rei Jesus.

Houve uma total mudança de foco. Antes era o mundo, agora é Cristo. O crucificado agora diz com alegria: porquanto, para mim, o viver é Cristo. Antes, ele não dizia, mas a verdade era: eu amo este mundo. Mas agora, ele diz: não amo o mundo, aliás, odeio. Amo somente meu Senhor. É isso que a cruz faz! O crucificado deixou de vez de amar o mundo. O mundo morreu para ele.

Tem sido tão bom gloriar na cruz pela qual o mundo morreu para nós e nós para o mundo. JESUS CRISTO É MARAVILHOSO; por isso, proclamamos a pleno pulmões: Gente, não amem o mundo, amem a JESUS CRISTO.

 

NÃO AMEIS O MUNDO!

 

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, Junho de 2014.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s