FALSIFICAÇÕES DA VERDADE

I Coríntios 11:1-15

FalsificaçõesVimos em nosso primeiro estudo sobre o perigo de viver na alma e não no Espírito. Acostumamos a tomar decisões baseadas nas emoções, sentimentos e vontade. Isto é um perigo! Precisamos aprender a andar no Espírito – Gálatas 5:25 – “Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito”. Gálatas 6:8 – “Porque o que semeia para a sua própria carne, da carne colherá corrupção; mas o que semeia para o Espírito do Espírito colherá vida eterna”. Precisamos andar na Palavra; pois só ela pode separar a alma do espírito para que não haja confusão em nossa vida (Hebreus 4:12). Ao andar no Espírito, somos guardados de uma vida carnal e egocêntrica. A carne não agrada a Deus (Romanos 8:8-17) e o coração é enganoso (Jeremias 17:9). Observe bem aqueles que falam em nome de Deus. Filipenses 3:3 nos dá a lucidez para ver se o religioso é ou não de Deus. Filipenses 3:3 – “Porque nós é que somos a circuncisão, nós que adoramos a Deus no Espírito, e nos gloriamos em Cristo Jesus, e não confiamos na carne”. Os falsos apelam muito para as emoções. Pressionam e até impressionam; mas o verdadeiro é simples e humilde. O inimigo conhece nossa natureza egocêntrica e carnal; por isso, vai sempre tentar de acordo com o que pensamos e desejamos. Efésios 2:3 – “entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais”. Emoções, sentimentos, desejos e razão humana são bases para o agir do inimigo a fim de nos levar ao erro e engano. Outra base muito atacada pelo inimigo é o “ego”. Amamos muito aparecer, fazer sucesso, ter segurança, ser feliz, ser o centro de tudo e de todos. O ego é o grande trunfo do inimigo contra o homem. Por isso, ele gosta muito de elogiar, aprovar, louvar, exaltar e idolatrar aquele a quem deseja destruir. Precisamos cuidar muito com os elogios e a exaltação. O melhor é o caminho da cruz, da humildade e santidade. Precisamos sempre viver para a honra e glória de Deus somente. Como a cruz é imprescindível! Só ela pode nos livrar do terrível ego e também da abominável carne. O crucificado está sendo liberto de um grande perigo. É imprescindível que o regenerado viva para a glória de Deus em Cristo Jesus. Romanos 11:36 – “Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. À ele, pois, a glória eternamente. Amém!”. A glória é somente do Senhor Jesus. Jamais devemos roubar a glória de Deus. Ser humilde e glorificar sempre a Deus é segurança real. I Coríntios 10:31 – “Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus”. Eis aí a nossa sinalização de trânsito enquanto peregrinamos para a Pátria celestial. Sempre se humilhando diante de Deus e exaltando-O. I Pedro 5:6 – “Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que ele, em tempo oportuno, vos exalte”. Não aceite louvor e glória de homem algum. Sempre dê todo o louvor, honra e glória somente a Deus.

Esses dois conselhos e outros que seguirão foram dados pelo Senhor através de seu servo, Martin Lloyd-Jones (revista betel ano 10, número 01).

As seitas e os falsos mestres usam muito “fórmulas mágicas” para que as pessoas tenham uma vida próspera neste mundo. Eles querem satisfação imediata, com eles, o negócio é aqui e agora. Vida confortável, boa, sem dificuldades e sem pobreza. Eles não pregam o “porvir”. Com eles, o que importa é a satisfação imediata neste mundo. O evangelho não apresenta este aspecto; isto é, satisfação carnal e mundana imediata neste mundo. O testemunho de vida dos cristãos do primeiro século não serviria nem um pouco os pregadores da prosperidade. Hebreus 11:36-38 – “outros, por sua vez, passaram pela prova de escárnios e açoites, sim, até de algemas e prisões. Foram apedrejados, provados, serrados pelo meio, mortos a fio de espada; andaram peregrinos, vestidos de peles de ovelhas e de cabras, necessitados, afligidos, maltratados (homens dos quais o mundo não era digno), errantes pelos desertos, pelos montes, pelas covas, pelos antros da terra”. A Bíblia ainda prossegue dizendo que estes nem viram a concretização da promessa. Não foi neste mundo, não foi aqui e agora. Realmente o evangelho não se harmoniza com as palavras e ações das seitas dentro das igrejas evangélicas hoje em dia. O próprio testemunho do apóstolo não testifica o que os líderes destas seitas oferecem para os seus adeptos. II Coríntios 4:8-9 – “Em tudo somos atribulados, porém não angustiados; perplexos, porém não desanimados; perseguidos, porém não desamparados; abatidos, porém não destruídos”. Parece que o apóstolo estava fora de moda, comparado com esses líderes tão sofisticados. Mas agora, olhando para nós mesmos; não temos tido em nosso coração o desejo de viver bem aqui e agora também? Será que temos vivido somente para o nosso conforto e bem estar? Temos procurado loucamente por segurança e sucesso? Cuidado, pois estas são marcas das seitas e não do cristianismo. Devemos cuidar com as fórmulas que eles oferecem, tipo: sete passos para a libertação; cinco maneiras para alcançar a vitória ou como ser próspero. Fórmulas e mais fórmulas. Elas não estão na Bíblia; o Senhor jamais ensinou estas coisas. A Bíblia os exorta a olhar para o alto, a buscar as coisas do alto (Colossenses 3:1-2). Veja o que diz II Coríntios 4:18 – “não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas”. Outra característica das seitas são os testemunhos que dão de si mesmos. São instruídos e treinados a darem testemunhos na televisão, no programa de sua seita. Sempre falam de seu passado desgraçado e depois do seu presente cheio de prosperidade material. Antes de entrar na igreja eram cheio de dívidas e problemas; depois que entrou na igreja, tudo mudou. Agora possui um casarão, um carrão e um egão. O testemunho começa com eles e termina neles; nunca em Jesus Cristo, o Senhor. Eles querem ver o resultado, são práticos e não querem saber de estudar as Escrituras. Não querem ouvir mensagens bíblicas e sim testemunhos e cânticos que toquem na alma e os façam chorar de emoção. Dizem eles: eu era assim, mas depois que entrei na igreja, consegui tudo que sempre sonhei. A glória vai toda para eles, não para Deus. Dá a impressão que o mérito é apenas deles e isto até causa inveja e desejo para aqueles que estão assistindo. Para eles, o que importa é a satisfação e realização pessoal neste mundo. Eles não ensinam que é preciso crescer na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo (II Pedro 3:18). Precisamos saber que a vida eterna não consiste em nosso bem estar e sucesso; mas em conhecer a Deus e a Jesus Cristo (João 17:3). Ênfase no agora é uma das características do falso cristianismo. Eles não falam do porvir e da esperança viva (I Pedro1:3). Não falam da esperança da glória. (Colossenses 1:27). Eles não olham para cima e sim, para eles mesmos. O foco é sempre o “eu”. As pessoas estão sempre no centro da pregação. Jamais Jesus Cristo. Por isso, não passam no teste para saber se é genuíno ou não. Para passar neste teste é preciso que Cristo seja o centro. Todo movimento ou ensino que não faça do Senhor Jesus Cristo e Sua morte na cruz e Sua gloriosa ressurreição, uma necessidade absolutamente central, não é cristão e sim, manifestação das “astutas ciladas do diabo” (Efésios 6:11). Ou seja, qualquer ensino ou movimento que diga que você pode ter esta ou aquela bênção sem primeiro crer no Senhor Jesus Cristo como o Filho de Deus, como Salvador de sua alma e Senhor de sua vida, e que sem Ele você não é nada, é uma negação das Escrituras e do cristianismo. Tudo que não confessa Jesus Cristo e, somente Jesus Cristo e para Jesus Cristo e por meio de Jesus Cristo, é falso. Se exclui o Cristo crucificado e ressurreto, então não é evangelho. Toda bênção, cura ou prosperidade fora de Cristo não vem de Deus. Deus opera tudo por meio do Filho; nada fora Dele. Não há acesso a Deus, não há conhecimento de Deus como Salvador e Libertador, exceto por meio de Jesus Cristo. Se você acha que precisa continuar procurando outra religião ou igreja para obter cura, bênção, libertação e prosperidade; então simplesmente você não crê na suficiência de Cristo e está negando-O. Já está nas garras do diabo. Somente em Deus e no Seu Filho é que o Espírito vai habitar em você para te suprir em Cristo Jesus cada uma das suas necessidades. Filipenses 4:19 – “E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessidades”.

Jesus Cristo é o verdadeiro Deus e a vida eterna (I João 5:20).

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, Julho de 2014.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s