UMA QUESTÃO CRUCIAL – Parte II

João 3:5 – “Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus”.

questao_crucial2No primeiro estudo, encontramos o Senhor Jesus ensinando Nicodemos sobre a real necessidade de nascer de novo. De fato, não há nenhuma outra possibilidade de salvação fora do novo nascimento. O novo nascimento é uma condição “sine qua non” para entrar no reino de Deus. O Senhor está falando sobre a necessidade de nascer pela segunda vez. É preciso nascer outra vez! Para que haja salvação, primeiro preciso haver um outro nascimento; esta é a ideia aqui expressa. Segundo nascimento, outro nascimento ou, novo nascimento. Se não nascer, não tem como ser salvo. Precisamos nascer de novo. João3:7 – “Não te admires de eu te dizer: importa-vos nascer de novo”. Este novo nascimento é a chave e isto é algo que só Deus pode fazer. Ninguém pode gerar a si mesmo. O novo nascimento é um milagre; portanto, só Deus pode realizá-lo. É sobrenatural, é divino! Não é pela vontade do homem, mas pela soberana vontade de Deus. Deus é o Agente, o Criador, o Pai. Todos quantos nasceram de novo, tem Deus como o Pai Eterno. João 1:12-13 – “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus”. Os regenerados são filhos de Deus; vivem como tais com toda a alegria, gratidão e louvor. Chamam Deus de Pai o tempo todo. O Espírito de Deus nos faz nascer de novo em Cristo Jesus. É o nascimento do Espírito, no Espírito. Este é o novo nascimento que o Senhor está falando à Nicodemos. Enquanto Nicodemos conhecia, entendia e falava do nascimento da “água”, isto é, do nascimento carnal; o Senhor falava do nascimento “espiritual”. João 3:5 – “Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus”. Este era o ponto chave que Nicodemos não estava entendendo. Ele havia sido um tanto cético e ignorante falando e pensando sobre esta questão crucial apenas do ponto de vista carnal. Sua colocação a respeito de voltar ao ventre de sua mãe foi algo esdrúxulo, esquisito, fora de questão e irracional. Tudo isto ocorreu devido ao fato dele desconhecer a tão crucial questão do novo nascimento. Ainda hoje, a grande maioria desconhece; por isso, vamos em frente com este estudo. Ele estava confuso, pois nunca ouvira uma verdade tão profunda e transformadora. Passara anos e anos encima da lei que não enxergava a necessidade do viver no Espírito. Podemos dar um desconto para este velho mestre de Israel, pois o novo nascimento é um mistério para todos até que lhes seja revelado. Esta ação é do Espírito, invisível aos nossos olhos, é subjetivo, opera no interior; porém é real. Porque é do Espírito, só funciona pela fé, jamais pela simples razão ou mero conhecimento humano. Precisamos crer, simplesmente crer na obra da cruz, no Cristo crucificado. I João 5:1 – “Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo é nascido de Deus; e todo aquele que ama ao que o gerou também ama ao que dele é nascido”. Nicodemos certamente era um crente fiel e zeloso. Temia a Deus, andava em seus caminhos e o servia com integridade de coração. Isto tudo, porém, não era suficiente para entrar no reino de Deus. Nicodemos conhecia a Deus pelos seus próprios conhecimentos e sentidos, não pelo Espírito. Sem o novo nascimento não tem como relacionar-se com Deus de modo real. O espírito do crente, ainda que seja muito crente, está morto. Qualquer religião, seita ou igreja, cujos membros não tiveram a experiência do novo nascimento, não podem relacionar-se corretamente com Deus. Não podem ter comunhão com Deus, o Espírito. Somente quando, pelo novo nascimento, recebemos um espírito é que o Espírito de Deus pode testemunhar a nós. Romanos 8:16 – “O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus”. Mesmos que os membros sejam sinceros, assíduos, compromissados com o reino de Deus e sejam cheios de zelo pela obra; sem o espírito, não podem adorar a Deus de fato e de verdade. Filipenses 3:3 – “Porque nós é que somos a circuncisão, nós que adoramos a Deus no Espírito, e nos gloriamos em Cristo Jesus, e não confiamos na carne”. João 4:23-24 – “Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade”. Durante muitos anos fui um crente fervoroso e servi a Deus com zelo. Porém, fazia tudo na força da carne e isto, certamente não aproveitava a Deus. Deus não pode agradar-se daqueles que O servem na carne. Romanos 8:8 – “Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus”. Tudo que me foi exigido foi ser formado em uma faculdade teológica, ler bons livros e participar de congressos. Nos muitos anos de pastorado sem ser novo nascido, amava testemunhar sobre a minha dramática conversão. Chegava a impressionar a igreja e era admirado e respeitado pelo meu testemunho. Era sempre o mesmo testemunho emocionante; mas, sem vida. Agora, porém, com toda a alegria, gratidão e louvor a Deus, posso falar do meu novo nascimento. Meus olhos brilham, pois há vida, há o Espírito de Deus falando e testificando. Isto ocorreu a cerca de uns dez anos; foi algo que realmente mudou minha vida, família e ministério, de modo radical. Deus fez um milagre em mim, um pobre e perdido pecador. Um religioso frustrado como Nicodemos, vazio e perdido dentro da igreja e ministério. Pela infinita graça e misericórdia, o Espírito de Deus fez de mim uma nova criatura em Cristo Jesus. II Coríntios 5:17 – “E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas”. Deus me fez nascer do Espírito! O Espírito Santo me gerou em Cristo Jesus, meu Senhor e, de imediato, o Senhor passou a viver em mim. Foi me revelado que morri juntamente com Cristo na cruz. Sim, Deus me fez ver que fui atraído e incluído no batismo da Sua morte. Romanos 6:3 – “Ou, porventura, ignorais que todos nós que fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua morte?”. Também recebi o dom de poder crer que fui sepultado e ressuscitado juntamente com Cristo. Romanos 6:4-5 – “Fomos, pois, sepultados com ele na morte pelo batismo; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também andemos nós em novidade de vida. Porque, se fomos unidos com ele na semelhança da sua morte, certamente, o seremos também na semelhança da sua ressurreição”. Ali na cruz, meu velho homem foi crucificado em Cristo Jesus e lá fui liberto do poder do pecado. Romanos 6:6 – “sabendo isto: que foi crucificado com ele o nosso velho homem, para que o corpo do pecado seja destruído, e não sirvamos o pecado como escravos;”. Na cruz, o Espírito Santo operou o milagre do novo nascimento em minha velha e corrompida vida adâmica. Em Cristo fui feito uma nova criatura. Efésios 2:10 – “Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas”. A grande maravilha do novo nascimento é que Jesus Cristo vem viver em nós. Recebemos Sua natureza divina (II Pedro 1:4), que privilégio, que graça maravilhosa! O testemunho do apóstolo em Gálatas 2:19-20 é o mesmo de qualquer regenerado: “Estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim;”.

Minha vida sofreu uma mudança radical. Morri para mim mesmo, para os meus interesses e desejos egocêntricos. Cristo passou a ser o meu único Senhor e Salvador. Agora, Ele é o centro e a razão do meu viver. Filipenses 1:21 – “Porquanto, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro”. Antes eu achava que este verso era o testemunho apenas do apóstolo; agora vejo que, em Cristo, é nosso também. A mudança foi radical, pois o velho homem, com os seus feitos, foi substituído pelo novo homem. Efésios 4:22-24 – “no sentido de que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe segundo as concupiscências do engano, e vos renoveis no espírito do vosso entendimento, e vos revistais do novo homem, criado segundo Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade”. As coisas antigas do velho homem estão ficando para trás; agora a maravilhosa vida de Cristo está se manifestando. Realmente Sua mansidão e amor são maravilhosos. Viver em Cristo é viver em sabedoria, justiça e santidade (I Coríntios 1:30). O desejo do novo nascido é agradar a Cristo e glorificá-Lo sempre. O cristão deseja que Cristo cresça e que ele diminua (João 3:30). Seu anseio é que Cristo seja totalmente formado. Gálatas 4:19 – “meus filhos, de quem, de novo, sofro as dores de parto, até ser Cristo formado em vós”. O mundo, o ego e as coisas materiais não tem mais importância como dantes. Somente Cristo, Ele é tudo! Meu futuro neste mundo perverso é apenas para cumprir a vontade Dele, não mais a minha. Desejo viver somente para Ele, para o Seu inteiro agrado e frutificar para a Sua glória. Quanto ao tempo de vida ou as condições de vida material, já não é mais importante. O que nos alegra é a certeza de ter Cristo, de poder viver por meio Dele e para Ele. A grande esperança é que, em breve, estaremos face a face com Ele, nosso Rei, Senhor, e Deus. O novo nascimento mudou completamente minha vida para sempre. Que bom poder crescer na graça e no conhecimento do Senhor Jesus a cada dia (II Pedro 3:18). Sei agora que, morrendo para mim mesmo, Sua vida vai se manifestar mais e mais. Desejo continuar vivendo a vida de cruz para poder desfrutar mais de Cristo. Cada dia mais tenho comprovado que Ele é maravilhoso! Ele é crucial para mim. Jesus Cristo, nenhum outro mais. Ele é demais!

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós.

Maringá, Agosto de 2014.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s