REGENERADO OU NÃO?

Esta é uma pergunta crucial.

João 3:7 – “Importa-vos nascer de novo”.

Quando vivenciamos o novo nascimento, entendemos esta preciosa palavra do Senhor. Palavra totalmente comprometida com o Pai e com a nossa salvação. Palavra verdadeira; crucial para cada um de nós. Palavra de peso, palavra de salvação, palavra de cunho eterno. Palavra gerada de um coração amoroso; uma palavra divina.

novonascimentoO novo nascimento é um divisor. Temos duas classes de pessoas no mundo. Os regenerados e os não regenerados. Os salvos e os perdidos, as ovelhas e os bodes, o trigo e o joio, os filhos da luz e os filhos das trevas, os filhos de Deus e os filhos do diabo, os santos e os pecadores, os cristãos e os mundanos, os espirituais e os carnais, os justos e os ímpios, os que temem a Deus e os que não O temem.

Malaquias 3:16-18 – “Então, os que temiam ao Senhor falavam uns aos outros; o Senhor atentava e ouvia; havia um memorial escrito diante dele para os que temem ao Senhor e para os que se lembram do seu nome. Eles serão para mim particular tesouro, naquele dia que preparei, diz o Senhor dos Exércitos; poupá-los-ei como um homem poupa a seu filho que o serve. Então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o perverso, entre o que serve a Deus e o que não o serve”.

Mateus 13:30 – “Deixai-os crescer juntos até à colheita, e, no tempo da colheita, direi aos ceifeiros: ajuntai primeiro o joio, atai-o em feixes para ser queimado; mas o trigo, recolhei-o no meu celeiro”.

Volto a dizer: o novo nascimento é um divisor. Antes, o coração estava para o pecado, a carne e o mundo. Agora está para a santificação, o Espírito e o céu. Antes era escravo no império das trevas, agora tem gozo e alegria no reino do Amado. Antes vivia tentando ser um santo; agora, como um santo, desfruta da santificação que é Cristo. Antes fazia de tudo para fugir do inferno; agora, aguarda com alegria o céu.

O novo nascimento é uma verdadeira transformação interior. O velho coração terreno é substituído pelo coração que vem do Alto e que leva para o Alto. I Coríntios 15:47-49 – “O primeiro homem, formado da terra, é terreno; o segundo homem é do céu. Como foi o primeiro homem, o terreno, tais são também os demais homens terrenos; e, como é o homem celestial, tais também os celestiais. E, assim como trouxemos a imagem do que é terreno, devemos trazer também a imagem do celestial”. Quando ocorre o novo nascimento, a direção da nossa vida é trocada. Antes era o “eu” que direcionava para a carne e o mundo. Agora, quem comanda é Jesus Cristo e nossa vida volta-se para Ele e para o céu. Antes os nossos lábios eram cheios de palavrões, mentiras, gritarias e blasfêmias. Agora, proclama louvores ao Senhor com intensa gratidão e amor.

Vamos usar a Palavra de Deus como um aparelho de ultrassonografia para ver nosso coração antes do novo nascimento. Marcos 7:21-22 – “Porque de dentro, do coração dos homens, é que procedem os maus desígnios, a prostituição, os furtos, os homicídios, os adultérios, a avareza, as malícias, o dolo, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura”. Este é o coração podre e doente que todos carregam antes do novo nascimento. Talvez você me questione dizendo: “acho que não sou tudo isso”. Eu te pergunto: Deus está mentindo? Quem sabe você pense: “Acho que Deus está exagerando”. Com toda a sinceridade, sem nenhum intuito de querer dar uma de bonzinho ou de impressionar você; digo que o Senhor foi muito cavalheiro ao fazer esta pequena lista. Tenho absoluta certeza que o coração humano é isso tudo e muito mais. Facilmente acrescentaria a esta lista o seguinte: malandro, sem vergonha, cara de pau, dissimulado, egoísta, impuro, maldoso, violento, mentiroso, infiel, perverso, injusto, desonesto, briguento, xingão, linguarudo, desobediente e muito mais.

Pergunto: Tem como ir ao céu com um coração deste? Certamente o céu seria uma filial do inferno. Deus é Santo, Santo, Santo! Como pode um pecador morar com Ele? Luz e trevas não se combinam, assim como o Santo e o pecador. Por que Deus nos ama e nos quer com Ele e para Ele, enviou Seu Filho para morrer na cruz a fim de nos resgatar do pecado e criar uma nova raça santa. Na cruz foi pago o preço justo pelos nossos pecados a fim de nos justificar e nos resgatar. Foi na cruz também que Deus tirou aquele velho coração descrito acima e nos deu um novo coração. Isto é novo nascimento: Deus nos faz em Cristo Jesus uma nova criatura. Agora é uma nova natureza, uma nova vida em Cristo. Não somos mais escravos do pecado e nem andamos mais segundo o curso deste mundo. Fomos libertos do império das trevas e transportados para o reino do Senhor Jesus (Colossenses 1:13).

O novo nascimento divide a velha vida da nova vida em Cristo. Antes, quando Deus passou o ultrassom, encontrou aquele coração enfermo e pecaminoso. Agora, ao passar o ultrassom em nosso coração, Deus vai encontrar a Pessoa do seu amado Filho. Humanamente falando, o novo nascido não é perfeito, ele pode vir a pecar e, porque Cristo ainda não foi formado nele, pode vir a cometer muitos erros. Mas, enquanto caminhamos em direção à santidade, vivemos em paz com Deus, sem nenhuma condenação. Romanos 5:1 – “Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo”. Depois do novo nascimento vivemos sem o medo da condenação. Romanos 8:1 – “Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus”. O novo nascido está seguro quanto à ira de Deus. I Tessalonicenses 1:10 – “e para aguardardes dos céus o seu Filho, a quem ele ressuscitou dentre os mortos, Jesus, que nos livra da ira vindoura”. Como é precioso viver em Cristo e ter a vida de Cristo em nós. A cruz possibilitou esta tremenda graça. Gálatas 2:19-20 – “Estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim;”. A vida de Cristo em nós é tudo. Deus olha para nós hoje e vê Jesus em nós. Isso é que importa! Ao olhar para Cristo em nós, Deus vê um coração santo. Por isso, em I Coríntios 1:30 está escrito: “Mas vós sois dele, em Cristo Jesus, o qual se nos tornou, da parte de Deus, sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção”. Jesus Cristo é nossa salvação. Sem Ele não haveria nenhuma possibilidade de salvação diante de Deus. Como é maravilhoso estar coberto com a vida de Cristo. Só assim somos aceitos pelo Pai.

O novo nascido tem uma nova vida. Nesta nova vida ainda carregamos a natureza terrena, pois ainda não fomos retirados da Terra. Enquanto caminhamos para o céu, precisamos fazer morrer a natureza terrena. Não é possível levar as coisas da terra para o céu. Uma das tarefas do novo nascido é fazer morrer a natureza terrena. Colossenses 3:5 – “Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: prostituição, impureza, paixão lasciva, desejo maligno e a avareza, que é idolatria”. Enquanto vivemos aqui, temos os feitos do corpo e este, precisa ser mortificado. Romanos 8:13 – “Porque, se viverdes segundo a carne, caminhais para a morte; mas, se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis”. O novo nascido precisa mortificar aquilo que veio de Adão. Por isso, a cada dia precisa morrer para si. Esta é a vida crucificada. Não há nenhuma outra ferramenta para ser usada na mortificação da natureza terrena e nos feitos do corpo senão a cruz. O segredo está em II Coríntios 4:10 – “levando sempre no corpo o morrer de Jesus, para que também a sua vida se manifeste em nosso corpo”. Isto sim é vida crucificada. A vida crucificada é: convém que Ele cresça e que eu diminua (João 3:30). É: até que Cristo seja formado em nós (Gálatas 4:19). É: até que cheguemos à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo (Efésios 4:13). É: não mais eu, mas Cristo (Gálatas 2:20). É: ser formado à semelhança de Jesus (Romanos 8:29). Sem dúvidas, no céu, Deus terá muitos filhos parecidos com Jesus Cristo. Por isso o céu será maravilhoso como maravilhoso é o Senhor.

Agora, depois do novo nascimento, temos que estar totalmente entregues nas mãos de Deus, pois Ele é o Oleiro e nós barros (Jeremias 18). Deus quer nos transformar à imagem de Jesus Cristo; por isso, já começou a boa obra e vai completar até ao dia de Cristo Jesus (Filipenses 1:6). Dia após dia negue a si mesmo, tome a sua cruz e siga o Senhor (Lucas 9:23). Dia após dia viva Nele, com Ele e para Ele. Olhe firmemente para Ele e contempla-O em amor para que o Espírito Santo transforme você na imagem de Jesus. II Coríntios 3:18 – “E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito”.

Há duas classes de pessoas: os regenerados e os não regenerados. Onde você se encontra? Se ainda não nasceu de novo, lembre-se das palavras cruciais do Senhor:

É NECESSÁRIO NASCER DE NOVO!

 

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, Setembro de 2014.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s