A MALDIÇÃO DA CRUZ

Quanto mais conheço Deus pela ação da cruz, mais maravilhado fico. Que Deus tremendo! Ele deixou toda a glória; algo de suprema importância e significância; e se fez homem. Realmente Deus se importou e amou incondicionalmente a raça humana. A encarnação do Senhor da Glória revela amor absoluto e intenso desejo em nos salvar. Na cruz, tudo fez Jesus por nós. Havia uma justiça que o próprio Deus requeria para Si. Hebreus 9:22 – “Sem derramamento de sangue não há remissão de pecados”. Jesus, na cruz, cumpriu toda a justiça de Deus. A cruz é o pleno cumprimento da justiça de Deus em nosso favor. II Coríntios 5:21 – “Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus”. Só existe uma maneira de sermos feitos justiça de Deus. Através da cruz de Cristo; sim, somente pela inclusão na sua morte e ressurreição. Cristo fez tudo por nós! Porém, não podemos achar que tudo foi tão simples e fácil.

a maldição da cruzFoi preciso deixar Sua glória e assumir a forma de servo. Filipenses 2:6-8 – “pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz”. Deixou Sua glória e se fez carne. João 1:14 – “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai”. OBRIGADO SENHOR JESUS, PORQUE O SENHOR SE FEZ HOMEM PARA NOS SALVAR. O Senhor se importou e veio até nós. Não nos deixou à mercê do pecado e do inimigo. Pagou o preço do resgate pela própria vida. Que amor é esse? Porventura alguém nos amou tanto assim? João 15:13 – “Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos”. OBRIGADO SENHOR JESUS, PORQUE DESTE A VIDA POR NÓS, PECADORES.

Como posso brincar de ser crente diante de tão grande amor? Como não amar Alguém que me ama tanto? Quero proclamar ao mundo que EU AMO JESUS, SIM, EU AMO JESUS, EU AMO JESUS!

O amor Dele por nós consistiu não só na Sua encarnação como também em Sua morte na cruz. JESUS É AMOR! Só alguém que ama tanto assim poderia ter dado sua vida na cruz. Suas Palavras, Suas ações e Sua vida, é puro amor. Seu nascimento, vida e morte foi de um simples e humilde servo. Marcos 10:45 – “Pois o próprio Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos”.

Ele veio do céu cheio de graça e verdade. O apóstolo João teve o privilégio de ver Sua glória (João 1:14). No monte da transfiguração, Pedro, Tiago e João viram a glória de Jesus. Mateus 17:2 – “E foi transfigurado diante deles; o seu rosto resplandecia como o sol, e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz”. Diante de tão sobre-excelente glória, os discípulos caíram de bruços (v.6). Quem poderia ver a face de Deus e permanecer vivo? Ninguém! Quando Moisés viu a glória de Deus pelas costas, a glória era tão grande que o seu rosto refletia de um modo sobrenatural (Êxodo 34:29-30). Moisés conheceu a glória ou presença de Deus. Para ele, bênção era ter a presença de Deus, a glória de Deus, a Luz de Deus, o rosto de Deus. Veja a bênção que ele proferiu em Números 6:23-26 – “Fala a Arão e a seus filhos, dizendo: Assim abençoareis os filhos de Israel e dir-lhes-ei: O Senhor te abençoe e te guarde; o Senhor faça resplandecer o rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; o Senhor sobre ti levante o rosto e te dê a paz”. Bênção é ter a presença gloriosa de Deus; é andar em Sua luz, é estar diante do Seu rosto.

O Senhor Jesus veio não só para nos salvar como também nos abençoar. Pois Ele veio para nos resgatar do império das trevas (Colossenses 1:13). Veja também Lucas 1:77-79 – “para dar ao seu povo conhecimento da salvação, no redimi-lo dos seus pecados, graças à entranhável misericórdia de nosso Deus, pela qual nos visitará o sol nascente nas alturas, para alumiar os que jazem nas trevas e na sombra da morte, e dirigir os nossos pés pelo caminho da paz”. Bênção é ter Jesus, nossa Luz. É ser filho a luz; andar na luz. Maldição é viver nas trevas, sem a luz, que é Jesus. A maldição esteve presente na cruz do Calvário. As Escrituras dizem que, do meio dia até às três horas da tarde, houve trevas sobre a terra. Mateus 27:45 – “Desde a hora sexta até a hora nona, houve trevas sobre toda a terra”. Trevas é maldição! Maldição é não ter a presença gloriosa de Deus. Na cruz houve trevas. Foi como se Deus retirasse Sua glória daquele lugar, mais especificamente, sobre Jesus, seu amado Filho. Cerca da hora nona, Jesus não suportando mais a ausência de Deus, gritou: Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? (v.46). Na cruz o Senhor se fez pecado por nós, se fez maldição em nosso lugar. A prova disso foi as trevas, o afastar-se da glória do Pai. Houve maldição na cruz, a cruz era para os malditos (Deuteronômio 21:23); Jesus se fez maldito em nosso lugar. Gálatas 3:13 – “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se ele próprio maldição em nosso lugar (porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado em madeiro)”. A MALDIÇÃO DA CRUZ ACABOU COM A NOSSA MALDIÇÃO. Na cruz, Ele levou nossa maldição. Na cruz, em meio às trevas, Jesus experimentou o inferno por nós. Lugar este, onde não há a luz e a presença gloriosa de Deus. O inferno é terrível por que não haverá a presença de Deus. Em contrapartida, o céu será maravilhoso devido a presença de Deus. Apocalipse 22:5 – “Então, já não haverá noite, nem precisam eles de luz de candeia, nem da luz do sol, porque o Senhor Deus brilhará sobre eles, e reinarão pelos séculos dos séculos”. No céu haverá só luz, só bênção. A maldição não entrará no céu porque houve uma cruz onde houve também uma maldição carregada e eliminada. Apocalipse 22:3-4 – Nunca mais haverá qualquer maldição. Nela, estará o trono de Deus e do Cordeiro. Os seus servos o servirão, contemplarão a sua face, e na sua fronte está o nome dele”. A cruz acabou com a maldição, pois por ela, a Luz vem morar em nós. Após a cruz, Jesus Cristo, nossa luz nos ilumina, a maldição se foi. Jesus levou sobre si a maldição na cruz do Calvário para que pudesse vir como a bênção de Deus para cada um de nós. Jesus, nossa bendita e eterna bênção. Apenas quem O segue terá a bênção da Sua luz (João 8:12). A maldição foi levada na cruz por Aquele que se fez maldito em nosso lugar.

ESTUPENDA CRUZ, SÓ POR ELA, EM CRISTO, SOMOS LIVRES DA MALDIÇÃO. NÃO ESCOLHER CRISTO É ESCOLHER A MALDIÇÃO. NÃO CONHECER A CRUZ É DESCONHECER A BÊNÇÃO. A MALDIÇÃO DAS TREVAS É A AUSÊNCIA DA LUZ DE CRISTO.

SOMOS ABENÇOADOS POR QUE CRISTO VIVE EM NÓS.

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, Dezembro de 2014.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s