O GLORIOSO CONHECIMENTO DE DEUS

conhecimentoO mundo está se perdendo pela falta do conhecimento de Deus. Indiferença, frieza e até piadas são feitas pelos humoristas da televisão a respeito de Deus. Eles não se constrangem em dizer que Deus não existe. Hoje até parece chic, glamoroso, diante dos astros hollywoodianos dizer que é um ateu. O pior, ao nosso redor, parece não haver um sequer que conhece e busca a Deus. A religiosidade é grande; porém, o conhecimento de Deus é quase nulo. Está havendo um desprezo muito grande quanto ao conhecimento de Deus. Os prazeres deste mundo têm sufocado a Palavra de Deus e, consequentemente, perde-se o conhecimento de Cristo. O retrato que Deus faz do homem em Romanos 3:10-18 é incrivelmente preciso e atual.

Onde está a família piedosa? Aquele homem cheio de temor a Deus? Onde estão as mulheres santas que oram pelos filhos? Onde está o jovem apaixonado por Jesus Cristo? As Escrituras dizem que “nos últimos tempos, o amor de quase todos se esfriará”. Mateus 24:12 – “E, por se multiplicar a iniquidade, o amor se esfriará de quase todos”. O que está acontecendo hoje é por demais preocupante. É real o número crescente de “ex-crentes”. O Senhor Jesus disse: “Contudo, quando vier o Filho do Homem, achará, porventura, fé na terra?” (Lucas 18:8). São palavras assustadoras! São fatos cruciais! Precisamos atentar para que não seja tarde demais. Está havendo um frenesi pelos prazeres do mundo e, um desprezo para com o conhecimento de Deus. Muitos sabem da existência de Deus, sabem até mesmo que devem dar glórias a Deus, mas não o fazem. Romanos 1:21 – “porquanto, tendo conhecimento de Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças; antes, se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se lhes o coração insensato”.

Desprezar Deus é desprezar a tão grande salvação. Desprezar Deus é desprezar a vida, a segurança, a salvação, a alegria, a luz, a paz, o tudo, enfim. É loucura total! Desprezar o conhecimento de Deus é caminhar para a destruição e morte eterna. A sociedade é destruída quando se despreza o conhecimento de Deus. Os homens tornam-se injustos, maldosos, maliciosos, avarentos, invejosos, assassinos, malignos, briguentos, enganadores, difamadores, caluniadores, aborrecidos de Deus, insolentes, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais, insensatos, pérfidos, sem afeição natural e sem misericórdia (Romanos 1:29-31). Tudo porque desprezam o conhecimento de Deus. Romanos 1:28 – “E, por haverem desprezado o conhecimento de Deus, o próprio Deus os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem coisas inconvenientes”. Desprezar o conhecimento de Deus é a desgraça pessoal, familiar e também da sociedade. Desprezar a Palavra de Deus, a Pessoa de Cristo, a igreja do Senhor é assinar a certidão de desgraça e ida ao inferno.

Parece que essa situação não é novidade. Já nos tempos antigos, o mundo parecia tão longe de Deus. As pessoas viviam para destruírem uns aos outros; o mal corria solto e os homens piedosos haviam desaparecido. Salmo 12:1 – “Socorro, Senhor! Porque já não há homens piedosos; desaparecem os fiéis entre os filhos dos homens”. Até hoje Deus está olhando do céu à procura de homens piedosos. Salmo 14:2 – “Do céu olha o Senhor para os filhos dos homens, para ver se há quem entenda, se há quem busque a Deus”. Poucos sabem que Deus sabe diferenciar, reconhecer e ouvir o piedoso. Salmo 4:3 – “Sabei, porém, que o Senhor distingue para si o piedoso; o Senhor me ouve quando clamo por ele”. Onde estão os homens piedosos? Deus anda à procura de adoradores que O adorem em espírito e em verdade. João 4:23 – “Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores”.

Como podemos desprezar a Pessoa mais importante do mundo? Como afastar Daquele que pode nos salvar? Como trocar a verdadeira Fonte por um poço vazio e seco? Jeremias 2:11-13 – “Houve alguma nação que trocasse os seus deuses, posto que não eram deuses? Todavia, o meu povo trocou a sua Glória por aquilo que é de nenhum proveito. Espantai-vos disto, ó céus, e horrorizai-vos! Ficai estupefatos, diz o Senhor. Porque dois males cometeu o meu povo: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retém as águas”. Infelizmente é isto que está acontecendo! Precisamos acordar para que não nos afastemos da Salvação Eterna, o Senhor Jesus Cristo. Precisamos conhecer Deus, nossa Pérola de Grande Valor. Precisamos priorizar o conhecer Deus. Tudo em nós dependerá deste conhecimento. O conhecimento de Deus é tudo para nós. Sem este conhecimento não haverá salvação eterna. Deus resumiu a vida eterna no conhecimento Dele e de Seu Filho. João 17:3 – “E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste”. Conhecer Deus é garantia da vida eterna. Conhecer o Senhor Jesus e Nele permanecer até o fim é a certeza da vida eterna (I João 5:20).

Conhecer Jesus Cristo é o todo necessário para a vida de uma pessoa. Nada mais é tão importante do que este conhecimento. Nosso futuro depende apenas deste conhecimento. Veremos a seguir que, conhecer Jesus, é a maior maravilha que um homem pode viver em sua existência. Não há glória maior, para um ser humano, do que conhecer Deus. Jeremias 9:23-24 – “Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem o forte, na sua força, nem o rico, nas suas riquezas; mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o Senhor e faço misericórdia, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o Senhor”. A MAIOR GLÓRIA DO HOMEM É CONHECER A DEUS. Nada se compara à isso! Nada que se faça neste mundo se equipara em importância a este glorioso conhecimento. Não podemos deixar de experimentar o conhecimento de Deus. A impressão que tenho é que quanto mais conhecemos a Deus, mais parecemos filhos de Deus. Quanto menos conhecemos Deus, mais parecidos com os demais animais. O único ser vivente sobre a face da Terra que tem este privilégio é o homem.

Alguns homens tiveram esta alegria e privilégio. Jó 42:5-6 – “Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te veem. Por isso, me abomino e me arrependo no pó e na cinza”. A experiência de Jó é a experiência da grande maioria. Muitos, pelo fato de se acharem crentes ou membros de igreja, pensam que conhecem, de fato, a Deus. Muitos se acomodam com o conhecimento do “ouvir falar”. Você é um deles? Tem vivido muitos anos na igreja, sem contudo, conhecer de fato a Deus? Precisamos ter a plena convicção de que realmente conhecemos Deus. Isso fez toda a diferença na vida de Jó e fará também em nossa. O verbo “conhecer” no grego denota a ideia de um conhecimento teórico e prático. É um conhecer de fato. O apostolo João dá um pouco desta ideia em I João 1:1 – “O que era desde o princípio, o que temos ouvido, o que temos visto com os nossos próprios olhos, o que contemplamos, e as nossas mãos apalparam, com respeito ao Verbo da vida”. Ele fala como um aluno cujo professor o ensinou, o fez apalpar, debruçar, andar, comer, dormir e trabalhar junto, de modo que agora pode dizer que realmente tem a revelação do Verbo da vida. Isto é conhecimento! Não é apenas um conhecimento histórico ou teórico. Conhecer Jesus é uma experiência pessoal, profunda, rica, vívida, verdadeira e maravilhosa. O apóstolo Paulo fala de conhecer Cristo segundo a carne. Este conhecimento é o intelectual, sem a revelação dada por Deus. Mas há uma outra revelação, um outro conhecimento, diferente da que tínhamos antes. II Coríntios 5:16 – “Assim que, nós, daqui por diante, a ninguém conhecemos segundo a carne; e, se antes conhecemos Cristo segundo a carne, já agora não o conhecemos deste modo”. O verdadeiro conhecimento se dá pela cruz. Quando somos crucificados com Cristo, Ele passa a viver em nós. O novo nascido tem a vida de Cristo e também, ele vive em Cristo. Agora, como nova criatura, pode crescer no conhecimento de Cristo. Por isso o apóstolo Pedro diz para crescermos na graça e no conhecimento de Cristo. II Pedro 3:18 – “antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. À ele seja a glória, tanto agora como no dia eterno”. O nascido de novo tem o privilégio de conhecer Cristo a cada dia. Isto é cristianismo. O apóstolo Paulo trocou tudo por este conhecimento. Este foi mais um daqueles felizardos que realmente conheceu a Cristo. O conhecimento de Cristo é tão precioso que tudo o mais se torna “esterco”. Se pudéssemos perguntar ao apóstolo se valeu a pena trocar tudo pelo conhecimento de Cristo, certamente ele diria sem titubear: Valeu! Filipenses 3:7-8 – “Mas o que, para mim, era lucro, isto considerei perda por causa de Cristo. Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as cosias e as considero como refugo para ganhar a Cristo”. CONHECER CRISTO VALE MAIS DO QUE TUDO NESTA VIDA.

E aí? Estamos perdendo este privilégio? Já descobrimos a alegria transbordante através do conhecimento de Cristo?

 

CONHECER CRISTO, ISTO É QUE VALE!

 

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em mim.

Maringá, Janeiro de 2015.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s