CARACTERÍSTICAS DA CRUZ

“Mensagem pregada em Março de 2007”

Lucas 9:23-24 – “Dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; quem perder a vida por minha causa, esse a salvará.”

cruz    O Senhor diz em Mateus 7:14 que a porta é estreita e o caminho que conduz à salvação é apertado. Nem todos podem entrar por este caminho, especialmente aqueles que ainda tem o seu “ego” bem grandão, bem gordão, bem cheio. Esses não passam nem pela porta estreita. Então, qual é a solução? Como podemos peregrinar pela senda que nos conduz à salvação? A resposta de Deus para nós a esta pergunta está na CRUZ. Sim, a cruz, é o remédio, a solução, a providência de Deus para nos salvar da morte eterna e do inferno. Através da cruz, Deus quer tratar com os nossos pecados, com a nossa natureza pecaminosa, com o mundanismo dentro de nós e especialmente com o nosso grande inimigo que é o nosso EGO. O lugar do ego é na cruz e não no centro da nossa vida. Apenas o Senhor Jesus deve ocupar nosso coração, pois só Ele é o Senhor. Esvaziar-se de si mesmo, negar a si mesmo e ir para a cruz é o início da vida regenerada e abundante.

   Sem a cruz não há salvação em hipótese alguma por isso o inimigo faz de tudo para que a mensagem da cruz não seja pregada. Pela graça e misericórdia de Deus, a CBR está recebendo a poderosa mensagem que salva, a mensagem da cruz.

   Se você tomar a cruz, morrerá para si mesmo e viverá para Jesus; porém, se você não for para a cruz, continuará vivendo para si e não para Jesus. A verdade é que, se não tomar a cruz, jamais terá Jesus. Alguém disse: a única maneira de evitar a cruz é seguir o seu próprio caminho até ao inferno. Em Marcos 8:35 vemos que aquele que deseja viver para si, salvar-se a si mesmo, esse perderá a vida. O ensino aqui é: dê a sua vida para Deus, entregue-se a Jesus, vá para a cruz, morra para si mesmo e então você terá a vida de Jesus e viverá eternamente.    A cruz é preciosa e imprescindível para nós, pois é por meio dela que Cristo nos liberta da escravidão do pecado, da opressão satânica, do fascínio pelo mundo e da vida egocêntrica.

    SEM A CRUZ:

 – o crente é vulnerável às tentações deste mundo e da carne,

– o crente continua com a sua velha natureza pecaminosa e essa natureza o levará a pecar sempre. Esses pecados não tratados permitem que o diabo oprima constantemente, trazendo derrotas, fracassos, esterilidade espiritual e até mesmo a morte espiritual.

– o crente não pode experimentar a nova vida de Cristo, a regeneração, o Novo Nascimento.

– o crente não pode vencer o diabo sem o Cristo crucificado. Lembre-se que foi na cruz que o Senhor Jesus venceu o diabo (Colossenses 2:15)

– o velho homem continuará vivo e ele, com certeza, não poderá entrar no céu. Por isso repetimos sempre que, sem cruz, não há salvação eterna. Que bom que Jesus nos atraiu em sua cruz (João 12:32), para que o nosso velho homem fosse incluído em sua morte também.

– sem cruz, não há cristianismo verdadeiro.

                                          PARA MEDITAR…

 – Quem falou sobre a cruz: O Senhor Jesus ou o Diabo? Claro que foi o Senhor Jesus e, se Ele falou, podemos dar crédito à mensagem da cruz. A mensagem da cruz aponta para Jesus, foca o Salvador e é justamente Nele que está a nossa salvação. Lembra daquele episódio no deserto quando o povo de Israel foi picado pelas serpentes como castigo de Deus? A solução para o povo foi simplesmente olhar para a serpente de bronze que Moisés ergueu. Pois é, aquela serpente simboliza o próprio Senhor Jesus, que também foi levantado a fim de olharmos para Ele e ser salvo. Vamos crer na mensagem da cruz de todo o nosso coração. O Cristo crucificado é a nossa salvação.

– Quem trabalhou para que o Senhor Jesus não fosse para a cruz? É óbvio que foi o Diabo! Você acha que ele vai trabalhar para você também não ir à cruz? Sem dúvidas!

– Onde o Senhor Jesus venceu o Diabo? Com certeza foi na cruz! O Diabo gosta da mensagem da cruz? Podemos afirmar sem titubear que não! Onde você pode vencer o inimigo? Obviamente, na cruz!

– Onde o Senhor Jesus carregou os nossos pecados? I Pedro 2:24,

– Onde está a solução para o problema do mundanismo na vida do crente? Gálatas 1:4 e 6:14;

– Em Mateus 16:21-23 vemos Satanás usando a vida de Pedro para tentar impedir o Senhor de ir para a cruz. O inimigo pode usar alguém da própria igreja para desviar você da cruz? Sim!

– Você vê o Diabo pregando a mensagem da cruz? Não!

    A cruz é para todos

 Marcos 8:34 – “Então, convocando a multidão e juntamente os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém…” Observe a preocupação do Senhor Jesus em transmitir a mensagem da cruz para todos. O verbo usado é: convocar. Traz a idéia de algo urgente, necessário, importante. Venham depressa todos e ouçam esta mensagem importante… quem sabe seria uma chamada assim. Essa mensagem não deve ser escondida, ela deve ser proclamada a todos, com muita intensidade, pois dela depende a salvação dos que a ouvirem.

Lucas 9:23 – “Dizia a todos…” Sim, o Senhor Jesus deixa claro que esta mensagem é para todos: ladrões, caloteiros, prostitutas, mentirosos, médicos, empresários, costureiras, farmacêuticas, jardineiros, cozinheiras, filhos de crentes, vestibulandos, adolescentes, ricos, pobres, altos, baixinhos, gordinhos… essa mensagem é até para os corintianos.

Essa mensagem é tão preciosa que mesmo tendo sido proclamada em Lucas 9:23, logo depois o Senhor Jesus proclama outra vez em Lucas 14:23-27. Precisamos pregá-la sempre, com ousadia, perseverança e determinação como o apóstolo Paulo fazia: I Coríntios 2:2 – “Porque decidi nada saber entre vós, senão a Jesus Cristo e este crucificado.” Tomar a cruz nos dá o privilégio de sermos discípulos do Senhor Jesus.

    A cruz é niveladora

 O ser humano é muito complicado e tem a doença da teomania, isto é, quer sempre atenção para si, quer ser o centro, o melhor, quer estar no controle, quer ser como se fosse um deus.

Antes de entenderem e viverem esta mensagem o grupo dos discípulos era desnivelado. Um queria ser melhor do que o outro. Veja Mateus 18:1-5 e Marcos 10:35-45. Quando passamos pela cruz, o Senhor arranca a doença da teomania e então não ficamos querendo ser melhor do que os outros. A cruz trata dessas mesquinharias, trata do rabugento, do birrento e do nojento.

A cruz trata do nervosinho, do carrancudinho e do esquentadinho. Sem esquecer que trata também do nariz empinado e da barraqueira.

 A cruz é o divisor

– Ela separa-nos da velha vida pecaminosa e nos abre a porta para uma nova vida de santidade;

– Ela separa-nos da velha vida egocêntrica e conduz-nos para uma nova vida Cristocêntrica;

– Ela separa-nos da velha vida mundana e possibilita uma nova vida de comunhão com Deus.

A Bíblia diz que quando o Senhor Jesus morreu na cruz, o véu do santuário se rasgou em duas partes, de alto a baixo (Mateus 27:51), simbolizando que agora todos podem ir até a presença de Deus através do Seu Filho (Hebreus 10:19-20). Sim, o Senhor abriu esse novo e vivo caminho até o Pai e agora podemos gozar de comunhão ininterrupta com Ele, graças ao sacrifício do Filho naquela cruz do calvário. Podemos dizer que o crucificado pode ter uma vida de oração, adoração, comunhão íntima com Deus. O crucificado não precisa mais ter uma vida cristã raquítica, sem frutos e sem vitória. Ele não precisa continuar sendo um crente chuchu e bola murcha.

 O velho ditado diz que o diabo foge da cruz.

Minha pergunta é: será que é só o diabo? Não tem crente fugindo da cruz também?

 Que todos os irmãos desta igreja possa dizer: Estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim.

 Irmãos, Deus tem nos concedido no dia a dia oportunidades de irmos para a cruz. São circunstâncias onde podemos negar a nós mesmos. Ao invés de explodir de raiva, gritar ou brigar, vamos para a cruz. Coloque em prática o negar a si mesmo no dia-a-dia e peça para o Senhor Jesus se manifestar em sua vida. Não fuja da cruz, não se esqueça da cruz em seu viver diário. Tome a sua cruz e siga o Senhor, custe o que custar.

Hebreu 12:2 – “olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus.”

Tome a sua cruz, suporta-a. Com certeza, em breve você se regozijará com Cristo para sempre. (Romanos 8:16-17).

O Senhor está nos conduzindo pela senda do Calvário, Ele está conosco por isso não precisamos temer. Ainda que não O vemos fisicamente, Sua presença graciosa está conosco. Nele cremos! Somos uma igreja que vive pela fé, uma igreja que deseja agradar a Deus. Por isso caminhamos pela senda do calvário sem esmorecer, apenas olhando para Ele, o Senhor das nossas vidas. Amamos o Senhor Jesus mais do que tudo.

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

                                               Maringá, Março de 2007.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s