A SOBERANIA DE DEUS

Tree trunk, Yosemite National Park, California, U.S.

Confesso que, no passado, este tema não me atraía. Cegamente tentava viver como um “deuzinho”, sempre procurando minha própria glória. Deus era apenas um Auxiliador e Coadjuvante. Eu dizia que era um servo, mas vivia como um senhor. Que vergonha diante de Deus! A Bíblia que eu tanto lia fala tanto da soberania de Deus. Realmente era cego; mas pela misericórdia de Deus, Ele abriu meus olhos para poder conhece-Lo como o Soberano Senhor. Hoje, versos como o de Romanos 9:20-21 me envergonha muito: “Quem és tu, ó homem, para discutires com Deus? Porventura, pode o objeto perguntar a quem o fez: Por que me fizestes assim? Ou não tem o oleiro direito sobre a massa, para do mesmo barro fazer um vaso para honra e outro, para desonra?”.

Vejo o perigo de não conhecer a soberania de Deus. Uma pessoa cega e ignorante quanto a este tema vai ter sempre a tendência de querer agir por si mesmo. Quando as coisas não acontecem do jeito que ele quer, logo começa a murmurar e a praguejar. Quando tem sucesso, enche-se de orgulho e vaidade. Nem sequer imagina que tudo vem de Deus e é para Deus. O soberbo sempre está a roubar a glória de Deus.

Precisamos saber que a soberania de Deus nos faz reconhece-Lo e glorificá-Lo. Um homem que conhece e vive em temor debaixo da soberania de Deus é feliz. Aquele que não conhece a soberania de Deus é um cego, arrogante, frustrado e infeliz.

A soberania de Deus é uma das principais doutrinas bíblicas. Essa tremenda verdade vai além da teologia; é o alicerce do ensino bíblico. Do começo ao fim das Escrituras, vemos gravado claramente a verdade que Deus reina e reinará para sempre. Salmo 93:1-2 – “Reina o Senhor. Revestiu-se de majestade; de poder se revestiu o Senhor e se cingiu. Firmou o mundo, que não vacila. Desde a antiguidade, está firme o teu trono; tu és desde a eternidade”. Salmo 99:1-2 – “Reina o Senhor; tremam os povos. Ele está entronizado acima dos querubins, abale-se a terra. O Senhor é grande em Sião e sobremodo elevado acima de todos os povos”.

Deus é o Deus Supremo! Isto quer dizer que Ele é o Soberano; pois Deus não seria Deus se não fosse Soberano. Ele reina sobre tudo e sobre todos. Ele é Excelso, está acima de todos, até mesmo dos querubins, como diz as Escrituras. Ele tudo pode e tudo faz conforme lhe apraz. Ninguém O ensina ou O aconselha; ninguém O determina. Romanos 11:34-35 – “Quem, pois, conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi o seu conselheiro? Ou quem primeiro deu a ele para que lhe venha a ser restituído?”. Sua vontade é soberana e ponto final. Deus faz o que lhe apraz, quando lhe apraz, onde lhe apraz, como lhe apraz e a quem lhe apraz. Salva quem Ele quer, abençoa a quem quer e concede o que quer a quem Ele quer.

Se o “fulano de tal” recebeu do Soberano um lindo carrão, foi Deus, em Sua soberania, quem o concedeu. Ele assim o quis e nós não temos nada a ficar com ciúmes ou criticar quem quer que seja. Provérbios 10:22 – “A bênção do Senhor enriquece, e, com ela, ele não traz desgosto”. O problema é quando o fulano de tal rouba e procura o enriquecimento ilícito. Estes sofrerão, com certeza. I Pedro 4:15 – “Não sofra, porém, nenhum de vós como assassino, ou ladrão, ou malfeitor, ou como quem se intromete em negócios de outrem”. O Soberano Deus também é o Reto Juiz. Quando conhecemos o Deus Soberano, descansamos e não reagimos negativamente movido pela inveja. Pelo contrário, sempre desejamos glorificá-Lo em tudo e por tudo.

A soberania de Deus é o livre exercício de sua suprema autoridade na execução e administração de seus eternos propósitos. Ele é Senhor do céu e da terra. Sua suprema autoridade está sobre todos; ainda que muitos nem o saiba. As Escrituras, de capa a capa ensina sobre esta tremenda doutrina.

A soberania de Deus é vista na salvação dos pobres e miseráveis pecadores. Deus dá a sua salvação a quem Ele quer. Olha o que Ele diz à Moisés em Êxodo 33:19b – “terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia e me compadecerei de quem eu me compadecer”. Em Romanos 9:13 diz: “Como está escrito: Amei Jacó, porém me aborreci de Esaú”. Veja a soberania de Deus aqui. Aborrecer-se de Esaú é natural e justo, pois além de pecador, era impuro e profano (Hebreus12:16). Deus é justo e santo em aborrecer-se de Esaú. Está tudo correto nisto. Seria também correto em relação à Jacó, pois este era um pecador, trapaceiro e mentiroso. Não havia nada de bom em Jacó para que Deus o amasse. Não amar Jacó também seria correto e Deus continuaria sendo justo e santo da mesma maneira. Amar Jacó é puro ato da graça soberana de Deus. Simplesmente Deus, em Sua graça, resolveu amar Jacó e ponto final. Ele fez o mesmo comigo e com você. Ele pode fazer isto e ninguém pode criticá-Lo ou reprová-Lo por isto. Ele pode!

Ele é soberano e faz o que quer. No verso de Romano 9:14 diz: “Que diremos, pois? Há injustiça da parte de Deus? De modo nenhum!”. No verso 15 vemos outra vez: “Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia e compadecer-me-ei de quem me aprouver ter compaixão”. O verso 16 diz: “Assim, pois, não depende de quem quer ou de quem corre, mas de usar Deus a sua misericórdia”. Verso 18: “Logo, tem ele misericórdia de quem quer e também endurece a quem lhe apraz”. Tudo isto está certo simplesmente por que Ele é Soberano.

O Soberano pode todas as coisas. Ele não é obrigado a estender Sua misericórdia ou graça a qualquer pecador. Se Ele decidir não salvar uma pessoa, Ele continua sendo justo e verdadeiro. Ele é inteiramente livre para dar a Sua graça a quem Ele quer. A salvação pertence a Deus. Jonas 2:9b – “Ao Senhor pertence a salvação!”. O perdão também pertence à Ele: Salmo 130:4 – “Contigo, porém, está o perdão, para que te temam”. Tudo está Nele e tudo é Dele.

Abraão entendeu a soberania de Deus. Moisés, Davi, Habacuque e muitos outros servos também. Se não entendermos, podemos entrar em parafuso. O apóstolo Paulo entendeu: Romanos 11:36 – “Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. À ele, pois, a glória eternamente. Amém!”. Porque Dele; sim, tudo é Dele, tudo provém Dele. Ele é o Alfa, o Início, o Princípio de todas as coisas. Sem Ele, nada existiria. Ele é a Fonte Divina, tudo é Dele. “E por meio Dele” – Ele é o meio Determinante. Tudo acontece por meio Dele. Colossenses 1:16 diz que tudo foi criado por meio dele e para ele. Sem Ele, nada acontece! Tudo se move por meio Dele, o Soberano. O verso prossegue dizendo que: “para ele são todas as coisas”. Ele é o fim de todas as coisas. Ele é o Ômega, o fim de tudo. Tudo vem Dele, é por meio Dele e é para Ele a fim de que a glória seja somente Dele: “À Ele, pois (ou portanto), a glória eternamente. Amém!”.

Entender a soberania de Deus traz a compreensão de que a glória pertence somente à Deus.

A nossa salvação se origina na sua vontade soberana, prossegue através da sua atividade soberana e conduz à sua glória soberana. Tudo converge na Sua glória.

Vemos isto na soberana graça salvadora registrada em Efésios 1. No verso 4 vemos a soberana graça de Deus na escolha. Ele decidiu, em Sua soberania, nos escolher e isto Ele fez para sermos para o louvor da Sua glória, como registra o verso 6: – “para louvor da glória de sua graça, que ele nos concedeu gratuitamente no Amado”. Vemos ainda, a graça soberana de Deus na nossa redenção no verso 7. Aprouve a Deus, em Sua soberania, nos salvar dos pecados a fim de sermos para o louvor da Sua glória, como está escrito no verso 12: – “a fim de sermos para louvor da sua glória, nós, os que de antemão esperamos em Cristo”. A obra soberana de Deus na nossa regeneração onde o Espírito de Deus passa a viver em nós tem como objetivo fazer com que sejamos para o louvor da sua glória como está no verso 14: – “o qual é o penhor da nossa herança, até o resgate da sua propriedade, em louvor da sua glória”. Enfim, toda a obra soberana do Pai tem como propósito a Sua própria glória e louvor. Isto é maravilhoso!

Quando passamos a entender a soberania de Deus, logo desejamos dar toda a honra e glória à Ele somente. Foi assim que os heróis da fé viveram; sempre debaixo da soberania de Deus, não questionando as dificuldades, tribulações e perseguições. Apenas confiaram e se submeteram ao Deus soberano e à Ele deu toda a honra e glória.

Deus reina! Ele é e sempre será o Deus Soberano!

À Ele, toda a glória!

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, Agosto de 2015.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s