A REALIDADE ESPIRITUAL – HEBREUS 08:01-05

realidade espiritualO escritor de Hebreus é um professor brilhante. Do início até aqui ele ensina arduamente como que conduzindo-os a subir uma grande e íngreme subida. Agora, como um bom pastor, desacelera e permite aquele descanso necessário. É o tempo de recuperar o fôlego. Em seguida, certamente os levará a um terreno mais alto.

Hebreus 8:1-5 – Em Cristo, temos um Sacerdote que é único, superior aos profetas, aos anjos, a Moisés, a Josué e Arão. Ele está acima de qualquer celebridade da história de Israel. Ele é sacerdote eterno segundo a ordem de Melquisedeque, que pode interceder pelos pecadores de uma maneira totalmente eficaz. Ele, o grande Sumo Sacerdote pode salvar-nos de modo total e eterno.

Este nosso maravilhoso Sumo Sacerdote está assentado no trono, junto do Todo Poderoso. Nenhuma das personalidades importantes do passado está neste posto. A nenhum foi dito que é Filho e até mesmo a nenhum anjo foi dito o que foi dito somente à Ele. Ele é superior a anjos (1:4). À Ele foi dito que é Deus que reina para sempre (Hebreus 1:8). Somente Ele é referido como o Criador e o Eterno (1:10). Ele, de fato, é o Apóstolo e o Sumo Sacerdote da nossa confissão (3:1). Ele é considerado digno de tanto maior glória do que Moisés, quanto maior honra do que a casa tem aquele que a estabeleceu (3:3). Ele é o Sumo Sacerdote que penetrou os céus (4:14). Cristo não tomou a honra de ser sumo sacerdote por si mesmo, Ele foi nomeado pelo próprio Poderoso que O glorificou (5:5). Jesus foi o nosso Precursor (6:20). Porque é da classe de Melquisedeque, é superior à Abraão, Moisés, e a Arão. Somente Ele é o fiador de superior aliança (7:22). Seu sacerdócio é eterno, é imutável (7:24), pois jamais morrerá e jamais será substituído. Ele pode salvar totalmente os que por ele se chegam a Deus. Ele é o Sumo Sacerdote que intercede por nós (7:25). Ele é santo, inculpável, sem mácula, separado dos pecadores e foi feito mais alto do que os céus. Ele é perfeito para sempre (7:28). Ele é o resplendor da glória e a expressão exata do seu Ser. Só Ele é o próprio Deus. Nenhuma das personalidades judias se compara à Ele, pois são homens pecadores e mortais. Nada fizeram, nada criaram. Ele, com Sua Palavra criou o Universo e o sustenta. Somente Ele se encarnou e realizou a obra da purificação dos nossos pecados na cruz do Calvário. Somente Jesus está assentado à direita da Majestade, nas alturas. Ele é infinitamente superior aos anjos e tem o nome que está sobre todo nome (1:3-4).

Se algum cristão judeu que leu esta carta ainda tinha alguma dúvida quanto à Jesus Cristo, depois de lida, toda dúvida foi pulverizada, detonada, acabada. A exposição de Hebreus centraliza, entroniza, exalta e glorifica somente a JESUS CRISTO. Isto é a mais pura verdade de Deus para a igreja. Ele é toda a verdade que necessitamos. A igreja necessita e pode se alegrar como o apóstolo João em dizer que está no verdadeiro Deus. I João 5:20 – “Também sabemos que o Filho de Deus é vindo e nos tem dado entendimento para reconhecermos o verdadeiro; e estamos no verdadeiro, em seu Filho, Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna”. Que alegria para esta igreja poder viver, se alegrar e proclamar que está no verdadeiro Deus, Jesus Cristo!

Chegar até aqui e conhecer o Eterno, Poderoso e Gracioso Resplendor da Glória é a mais pura graça de Deus. Ao Pai, que graciosamente nos tem concedido a revelação do Filho de Deus, toda a nossa gratidão, louvor e adoração.

Conhecer o Senhor Jesus é a mais preciosa e fundamental lição de vida. Não há aspiração maior do que esta como o apóstolo Paulo testemunha em Filipenses 3:7-8 – “Mas o que, para mim, era lucro, isto considerei perda por causa de Cristo. Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo”. Portanto, conheçamos e prossigamos em conhece-Lo. Oséias 6:3 – “Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor; como a alva, a sua vinda é certa; e ele descerá sobre nós como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra”.

Hebreus 8:1-2 – Jesus é o nosso Sumo Sacerdote que está no trono. Ele exerce seu ministério no céu, onde ocupa uma posição de Rei Eterno. Ele ocupa o ofício de sacerdote e rei. Ele não ministra no templo ou tabernáculo feito pelo homem. Aquilo tudo era apenas uma sombra ou figura da realidade celestial. Ele ministra na realidade celestial. Não é tenda e nem templo que se desgasta e pode ser destruído. O céu não foi feito por mãos humanas. Ele ministra na habitação do próprio Deus.

Um sumo sacerdote se apresenta diante de Deus como representante do povo e oferece dons e sacrifícios. É exatamente isto que Jesus fez por nós. Não há como compará-Lo com qualquer dos homens, seja pastor, bispo ou qualquer outro religioso. Ele está no céu pelo fato de ter feito a obra em nosso favor de modo completo e eterno (Hebreus 9:12,28; 10:12). A obra da cruz já foi realizada, a purificação dos nossos pecados já foi feita na cruz. Ele já terminou Sua obra e até mesmo disse ao final: Está consumado! Agora seu sacerdócio não é mais aqui na Terra, é lá no céu. Ainda hoje vemos igrejas e pastores, isto tudo é apenas uma representação da verdadeira igreja do Senhor. Esta igreja será celestial, onde haverá até mesmo um coro de anjos para adorar a Deus. Em breve veremos que tudo por aqui foi apenas uma sombra que passou. A realidade está no céu, está em Cristo Jesus nosso Senhor. Ele é o nosso tudo. Como o tabernáculo que Moisés construiu no deserto, assim também, as igrejas hoje, neste mundo, são apenas representações do que é real e eterno. Tudo aqui é como vestes que estão envelhecendo. Ele próprio enrolará como um manto e tudo aqui passará (Hebreus 1:11-12) e então, só a Realidade subsistirá para sempre. Somente Cristo e Sua eleita, os fiéis transformados à imagem de Jesus. “E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou” (Romanos 8:30).

A obra da cruz transformou o temporal em eterno. Aqueles que mereciam a morte recebem a vida eterna. Para estes, tudo será perpétuo em Cristo Jesus. Já não haverá lágrimas, nem morte, nem luto, nem pranto, nem dor, porque tudo aqui passará. Apocalipse 21:1-4 – “Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposo. Então, ouvi grande voz vinda do trono, dizendo: Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus, e Deus mesmo estará com eles. E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram”.

Nosso querido Sumo Sacerdote trabalha do céu em nosso favor para que, em breve, estejamos vivendo estas palavras de Apocalipse. Continuemos, pois, firmes, aspirando e prosseguindo para a Pátria celestial, nossa real habitação.

O destino do crucificado é o reino celestial.

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, 09 de Setembro de 2015.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s