NOVA ALIANÇA – HEBREUS 08:06-13

pegadas-na-areia1No início deste capítulo, o escritor diz: “possuímos tal sumo sacerdote”. Que palavras de “orgulho”, de alegria, de querer dizer que tem O MELHOR. O coração deste escritor transborda de amor, gratidão e orgulho por ter Jesus Cristo como o grande sumo sacerdote. De fato, sua fé é visível e real naquele em quem está se fiando, sua segurança é um fato e sua convicção que tem o melhor é óbvia. O seu sumo sacerdote está acima de todos, é Perfeito, é Santo, inculpável, sem mácula. É separado dos pecadores e mais alto do que os céus. Dá a impressão de um menino que não tem palavras para expressar o seu super-herói. Cheio de confiança, ele diz: temos um sumo sacerdote, que se assenta à destra do trono da Majestade nos céus. O nosso Sumo Sacerdote também é o Rei Eterno. Ele nos basta! Temos o Excelente, o Excelso! São palavras de alguém que se sente mais que vencedor. Creio que todos quantos vivem Cristo podem ter esse mesmo sentimento de segurança eterna. Sim, Jesus Cristo como nosso Sumo Sacerdote nos faz descansar e nos dá viva esperança. Nele podemos nos regozijar sempre. Que bom poder dizer: “Tenho Jesus Cristo como meu grande Sumo Sacerdote”. Estou orgulhoso Dele, Ele é o meu Tesouro. Posso dizer: “Se Ele é por mim, quem será contra mim?”. Porque Jesus Cristo é, então, nada me faltará! Ele é a minha Luz e a minha Salvação, a quem temerei?

Do capítulo 1 ao 7 vimos que Jesus Cristo é Excelso, Majestoso, Deus e Rei Eterno. É superior aos anjos e aos sumos sacerdotes do judaísmo. Estes capítulos afirmam a supremacia de Cristo, Sua total e inquestionável superioridade. Os primeiros capítulos também mostram que a apostasia é real e mui perigosa. A grande advertência é que, se dermos as costas para Jesus, o Resplendor da Glória, não teremos onde nos apegarmos; simplesmente seremos arrastados para a imensidão das trevas da morte.

A esta altura é preciso que não esqueçamos que temos um sumo sacerdote que ministra do céu, que veio como Homem e se tornou o Deus-Homem para interceder como o grande Sumo Sacerdote dos homens. Por causa Dele temos segurança de que, em breve, viveremos como filhos juntos ao Pai celestial para sempre. Ele é a nossa garantia, nossa esperança viva e a certeza da salvação eterna.

Tendo essa convicção a respeito Dele, avancemos através de Hebreus 8:6 – “Agora, com efeito, obteve Jesus ministério tanto mais excelente, quanto é ele também Mediador de superior aliança instituída com base em superiores promessas”. Até aqui a ênfase se deu na superioridade de Sua Pessoa; mas agora, a ênfase é na superioridade do seu ministério. Não resta dúvida que Ele é o maior e não haverá dúvidas de que Sua obra é também excelente e superior a todas as demais que já existiram. Este verso diz que Ele obteve ministério mais excelente. Fica claro aqui que seu ministério é tão mais excelente como também é a Sua Pessoa. Isto porque Ele é o Mediador de superior aliança e com base em superiores promessas. Tudo Nele é superior àquilo que os judeus conheciam até então. Aquilo que os judeus conheciam não passava de sombra ou figura. Agora é o Real, o Verdadeiro, o Eficaz, o Superior, o Eterno. Agora é para valer! Agora é Cristo!

Deus havia feito algumas alianças com o seu povo no Velho Testamento e o povo sempre quebrava. Mas agora, Deus estava fazendo, por meio de Cristo, uma “NOVA ALIANÇA”. Nada parecido com as antigas. Essa aliança cujo Cristo é o Mediador, é melhor e superior, é excelente. Essa aliança é exposta em 8:6-13.

A aliança é um pacto ou um contrato formal entre duas partes. Cada parte tem sua parte de responsabilidade. Mas essa nova aliança é quase que unilateral. Deus está fazendo e concedendo o melhor para o seu povo. Veja como é diferente de outras alianças. Por exemplo o pacto feito no Sinai através de Moisés consistia em Deus abençoar o Seu povo mediante a obediência deles. Se o povo cumprisse os mandamentos, seriam abençoados; se descumprissem, seriam amaldiçoados. Era o tempo da lei e não da graça.

No verso 6 diz não só que esta nova aliança é superior como também diz que as promessas também o são. Que alegria! O verso 7 versa sobre a falha da velha aliança. Esta falha não é devido à aliança e sim ao povo que a descumpriu. Devido à desobediência, o povo perdeu não só a bênção como também a comunhão com Deus. Creio que se a aliança ainda dependesse de nós, também falharíamos. A nova aliança é melhor e veio substituir a velha que falhou. A velha não levou o povo a ser mais íntimo de Deus, a andar com Deus em maravilhosa comunhão. Algo deu errado, pois Deus precisou rejeitar seu povo rebelde e até os entregou ao domínio de outros povos. Deus ficou irado com o povo ingrato, desleal e idólatra. O povo não soube viver em obediência e temor. Mas o amor de Deus é tão grande pelo seu povo que, em desejando tê-los, fez uma nova e superior aliança por meio do sangue da cruz. A antiga aliança não levou o povo a desfrutar das bênçãos de Deus e do próprio Deus. A compaixão de Deus é tão grande que, mesmo naquela época quando o povo vivia longe e em pecados, Ele prometeu a nova aliança. Na época de Jeremias, quando Israel tinha esquecido de Deus e Sua Palavra e vivia em idolatria, a compaixão de Deus já se acendia uma a uma. Através do profeta prometeu uma nova aliança. Jeremias 31:33-34 – “Porque esta é a aliança que firmarei com a casa de Israel, depois daqueles dias, diz o Senhor: Na mente, lhes imprimirei as minhas leis, também no coração lhas inscreverei; eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo. Não ensinará jamais cada um ao seu próximo, nem cada um ao seu irmão, dizendo: Conhece ao Senhor, porque todos me conhecerão, desde o menor até ao maior deles, diz o Senhor. Pois perdoarei as suas iniquidades e dos seus pecados jamais me lembrarei”. Aqui em Hebreus 8, Deus está cumprindo sua aliança, sim, a nova aliança no sangue de Jesus. Graças a Deus temos hoje a NOVA ALIANÇA firmada pelo próprio Deus Eterno. Não como a velha onde o povo falhou e certamente também falharíamos. Como é maravilhosa essa nova aliança pelo sangue da cruz.

Deus vai imprimir sua lei em nossa mente. A Lei não ficará apenas em um Livro, longe do povo. O Livro da Lei havia se perdido e no tempo do rei Josias, o sacerdote Hilquias o achou (II Crônicas 34:14-15). Teremos a Lei do Senhor imprimida em nossa mente, aleluia! Ela será escrita em nosso coração e Deus será o nosso Deus e nós seremos o seu povo. Não adoraremos ídolos, falsos deuses, mas o próprio Deus será o nosso Deus. Que maravilha! Todos conhecerão o Senhor Jesus, até os pequeninos. Que tremendo! E Deus não se lembrará mais dos nossos pecados e terá misericórdia de nós. Que aliança maravilhosa Deus fez conosco. Não há como desprezar tamanha graça. Temos a NOVA ALIANÇA! ALELUIA!

JESUS CRISTO É A NOSSA ALIANÇA COM DEUS

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, Setembro de 2015.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s