O CAMINHO DA CRUZ – I

caminhoJoão 12:24-26 – “Em verdade, em verdade vos digo: se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, produz muitos frutos. Quem ama a sua vida perde-a; mas aquele que odeia a sua vida neste mundo preservá-la-á para a vida eterna. Se alguém me serve, siga-me, e, onde eu estou, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, o Pai o honrará”.

A cruz é mais do que um fato histórico; é também um caminho que todos devem trilhar. Através dela Deus faz o milagre do novo nascimento e concede a graça de conhecermos o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Ela abre uma enorme gama de possibilidades para crescermos na graça e no conhecimento de Jesus Cristo. Há um mar imensurável para navegarmos pela cruz diária; uma distância enorme para caminharmos em nosso dia a dia seguindo o Senhor Jesus. A cruz nos faz um peregrino que abandonou este mundo perverso e, agora, caminha com toda esperança em direção à Pátria Celestial. Hebreus 11:13 – “Todos estes morreram na fé, sem ter obtido as promessas; vendo-as, e confessando que eram estrangeiros e peregrinos sobre a terra”. No caminho da cruz encontramos pegadas pelas quais seguimos o Mestre e Senhor. I Pedro 2:21 – “Porquanto para isto mesmo fostes chamados, pois que também Cristo sofreu em nosso lugar, deixando-vos exemplo para seguirdes os seus passos”. Os santos do passado certamente deixaram suas pegadas também.

Para todo regenerado, a cruz é o caminho diário rumo ao lar celestial. Ela se torna o caminho para todo nascido de novo. Dia após dia tomamos a cruz e seguimos o Senhor com alegria e bom ânimo. Jamais olhamos para trás ou desistimos do caminho que conduz à salvação eterna. Mateus 7:14 – “porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que conduz para a vida, e são poucos os que acertam com ela”.

A grande motivação do crucificado é o próprio Senhor Jesus. Ele morreu para si e agora vive para o Senhor. Gálatas 2:19-20 – “Estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim”. O Senhor é a alegria e esperança viva. O Senhor é a própria vida. Filipenses 1:21 – “Porquanto, para mim, o viver é Cristo, e o morrer é lucro”. Colossenses 3:4 – “Quando Cristo, que é a nossa vida, …”.

Aquele que trilha o caminho da cruz tem tudo, pois tem o próprio Deus que se encarnou. O Cristo crucificado é o centro da redenção. A cruz é o ponto central do Universo. Sem ela, nada funciona; nada subsistirá. O homem sem a cruz de Cristo vive breve tempo e perecerá nas chamas do inferno. A ausência da cruz perpetua um vazio eterno, uma insignificância total, uma perdição sem volta. Aqueles que não conhecem o caminho da cruz não conhecem o Deus Salvador. Não conhecem o evangelho do Senhor Jesus Cristo. Certamente perecerão. Evangelho sem cruz é o mesmo que nada; é totalmente nulo, é uma farsa completa.

Aqueles que ouvem a Palavra da Cruz; porém, não a tomam diariamente, são amantes de si mesmos. Somente os que nasceram do Espírito podem tomar o caminho da cruz (Joel 3:17; Isaías 35:8). Todos quantos não caminham pela cruz são vazios de Deus, perdidos, cambaleiam por este mundo vil. Aqueles que não conhecem o caminho da cruz não conhecem o próprio Senhor Jesus. São crentes nominais, perdidos e frustrados.

A cruz, de fato, é o caminho para todos os filhos de Deus. Os que trilham este caminho, certamente resplandecerão no reino de Deus. Mateus 13:43 – “Então, os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai”.

O caminho da cruz é extremamente necessária; pois, por ela, somos transformados de glória em glória à imagem de Cristo. II Coríntios 3:18 – “E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito”. Esta é a mais alta honra para o pobre pecador. Torna-se parecido com o Príncipe da Paz, o Resplendor da Glória. Somente aqueles que andam pelo caminho da cruz serão trabalhados para serem conformes à imagem de Jesus Cristo. Romanos 8:29 – “Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos”. O crucificado ama o caminho da cruz. Ele sabe que Deus está, dia a dia, transformando-o à imagem de Seu Filho. Não queremos outro caminho, não vemos outro caminho tão precioso. O caminho da cruz é segurança e esperança viva para o crucificado. A única possibilidade de chegar ao céu é através deste caminho. O cristão jamais pensa em sair do caminho da cruz. Sequer pensa em desistir de seguir o Senhor Jesus. Alegra-se no Senhor e, pela graça, supera toda e qualquer dificuldade durante o tempo da peregrinação. Segue este caminho com louvores e alegria. I Pedro 1:8 – “a quem, não havendo visto, amais; no qual, não vendo agora, mas crendo, exultais com alegria indizível e cheia de glória”.

O crucificado sabe que o cristianismo sem cruz não vale nada. Ele sabe que, se não caminhar pela cruz, não chega a lugar nenhum, senão ao inferno. Correr fora do caminho da cruz é correr em vão. Há muitos perambulantes e poucos peregrinos. O peregrino vai em direção ao céu; enquanto que, o que perambula, permanece perdido neste mundo.

O cristão que persevera no caminho da cruz tem viva esperança. I Pedro 1:3 – “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua muita misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos”. Enquanto peregrina pelo caminho da cruz, o próprio Senhor está com ele e é sua total segurança e esperança. O crente que vai à igreja e permanece no mundo, não tem a segurança e esperança que o crucificado tem.

O caminho da cruz é como os trilhos do trem. O trem só passa por eles. Os trilhos é que determinam onde deve ir. Assim também, o crucificado é determinado pelo caminho da cruz traçado pelo próprio Senhor da Cruz. O crucificado não escolhe o seu caminho. Ele tão somente anda pelo caminho da cruz. Todos os dias escolhe morrer para si e viver para o Senhor. Ele vive atraído pela cruz. Sem cruz, sua vida perde o dinamismo de Cristo e ele se torna um crente acomodado e estéril. Por isso, ele vive através da morte de cruz. Nele opera a morte o tempo todo. II Coríntios 4:10-12 – “levando sempre no corpo o morrer de Jesus, para que também a sua vida se manifeste em nosso corpo. Porque nós, que vivemos, somos sempre entregues à morte por causa de Jesus, para que também a vida de Jesus se manifeste em nossa carne mortal. De modo que, em nós, opera a morte, mas, em vós, a vida”.

Para o crucificado, o caminho da cruz é o caminho da vida. Ele não poderia continuar vivendo neste mundo se não houvesse o CAMINHO DA CRUZ.

MARAVILHOSO CAMINHO DA CRUZ

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, Fevereiro de 2106.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s