A ESTRADA REAL DA CRUZ – PARTE III

estrada real da ceuz 3O Senhor diz para que tomemos a nossa cruz (Lucas 9:23). Isso implica em que, de fato, há uma cruz para nós. Ele diz que isto é dia a dia. Em outras palavras: não faltará cruz para nós. Em todos os lugares, em todo tempo, certamente haverá uma cruz para nós.

No início da caminhada pela estrada da cruz, ainda não estamos familiarizados com ela. Desde criança temos vivido no sentido contrário dela, sempre desejando-a o mais longe possível. Mas agora, precisamos aprender a seguir sem medo pela estrada real da cruz. Quanto mais nos familiarizamos, mais atentos e desejosos nos tornamos. Não resta dúvidas de que este é o único caminho para aquele que deseja o Senhor e a vida eterna.

A cruz está sempre pronta, sempre à nossa espera. Em todos os lugares, nos momentos mais inesperados e da forma mais inusitada possível. Ela está presente para nós nas pessoas mais queridas e até mesmo nas desconhecidas. Está presente nas autoridades e também naqueles que estão debaixo da nossa autoridade. Ela está presente em ambientes familiares e também em ambientes desconhecidos.

O Senhor disse: “tome a sua cruz”. Tudo que precisamos aprender é tomar a cruz, como o Senhor nos ordena. Eis aí o coração do nosso Pastor. Tomar a cruz é a única maneira de sermos suas ovelhas, de seguirmos sob o seu governo. Jamais seremos seus discípulos se não aprendermos a tomar a nossa cruz. Não há como seguir o Senhor Jesus fora da estrada real da cruz.

Tomar a cruz, portanto, é uma das mais urgentes e necessárias lições da nossa vida. Certamente o Senhor nos providencia a cruz em todo momento e em qualquer lugar e através de qualquer circunstância. Temos inúmeras oportunidades para aprender a tomar a nossa cruz. Precisamos tão somente estar atentos à ela. Em geral, é contrária à nossa vontade carnal e egocêntrica. É contrária à nossa lógica. Certamente vai mexer com a nossa reputação, com o nosso bolso (dinheiro), com o nosso tempo, esforço e teremos que renunciar a muitas coisas prazerosas para a carne e o ego. Certamente vai requerer que demos a mão, o pé, a comida, o dinheiro, o esforço, o tempo, a gasolina e muito mais. Vai ser um “chega para lá” na preguiça, no conformismo, na autoestima, autocomiseração, auto exaltação, autoafirmação e na realização pessoal.

Seguir a estrada real da cruz nos conduzirá às mais fascinantes experiências da vida. Simplesmente estaremos seguindo o Mestre e Senhor. Veremos Suas maravilhas, Seu amor, Sua compaixão, Sua fidelidade, Seu cuidado. Uma alegria indizível invadirá o nosso coração por causa Dele. Ficaremos maravilhados com Ele.

Essa estrada é longa, por isso, teremos incontáveis oportunidades de tomar a nossa cruz. Isso é maravilhoso! Quanto mais tomamos a cruz, mais de Jesus teremos. Deus é tão bom ao conceder-nos inúmeras oportunidades para tomarmos a nossa cruz. Cada cruz que Ele coloca diante de nós representa o anseio do seu coração em nos ter totalmente para Ele. A cruz em nosso caminho diário é um recadinho carinhoso do Pai, é uma prova incontestável do seu amor e de sua graça. É um chamado celestial. Certamente o Pai deseja que cumpramos o anseio do Filho que é: “dia a dia, negue a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me”. Por isso, vai colocar muitas cruzes em seu caminho diário. Lembre-se que o Senhor nos chama a segui-Lo pela estrada real da cruz.

Você percebe o cuidado do Senhor quando te chama para caminhar pela estrada real da cruz? Você ouve Sua doce voz? Tem atendido a este importantíssimo chamado? Aquele que já aprendeu a tomar a cruz, quando vê outra cruz diante de si, sente-se totalmente envolto pelo grande amor do Senhor. Tomar a cruz torna-se em alegria e louvor, gratidão e adoração.

Tomar a cruz diária, caminhar pela estrada real da cruz nada mais é do que a verdadeira vida crucificada. A vida crucificada é a verdadeira vida cristã. Somente aquele que vive a vida crucificada é verdadeiramente cristão porque pela nossa morte, Cristo se manifesta. Cristão é aquele em quem Cristo vive (Gálatas 2:20). O apóstolo viveu isto. II Coríntios 4:11 – “Porque nós, que vivemos, somos sempre entregues à morte por causa de Jesus, para que também a vida de Jesus se manifeste em nossa carne mortal”.

Ninguém pode se dizer nascido de novo se ainda não teve a real experiência da cruz. Ninguém pode se dizer cristão se não está andando pela estrada real da cruz. Cristão é aquele que, pela inclusão na morte e ressurreição de Cristo, foi feito uma nova criatura. Cristo habite nele e ele vive em Cristo. Cristo agora o conduz pela estrada da cruz. Nesta estrada, dia após dia, o cristão toma a sua cruz e segue o seu Senhor. Nesta caminhada de cruz, ele vai sendo moldado ao caráter e imagem de Cristo. As pessoas ao seu redor não terão dúvidas que ali está um cristão, pois dele emana o maravilhoso perfume de Cristo. II Coríntios 2:14-15 – “Graças, porém, a Deus, que, em Cristo, sempre nos conduz em triunfo e, por meio de nós, manifesta em todo lugar a fragrância do seu conhecimento. Porque nós somos para com Deus o bom perfume de Cristo, tanto nos que são salvos como nos que se perdem”.

Cristão é aquele que leva sua cruz alegremente, cheio de louvor e gratidão, cheio de fé e esperança. Ele sabe que cada cruz tem um propósito maravilhoso para sua vida. A cruz certamente cooperará para o seu bem, para o cumprimento do propósito do Pai. Carregar a sua própria cruz é uma tarefa gratificante e gloriosa. É uma graça sem par.

Muitos, no entanto, que ainda não nasceram de novo, hesitam em carregar a cruz. Estes ainda não entenderam o propósito do Pai. Eles ainda amam a si mesmos mais do que ao Senhor Jesus. Vivem fugindo da graça de tomar a sua cruz. Veem a cruz como um pesado fardo e tentam carregá-la em meio a murmuração. Sempre que desprezam a sua cruz e descarta-a, logo adiante encontram outra mais pesada ainda.

Não existe nenhuma possibilidade do cristão escapar de viver sem tomar a cruz. Nenhum santo do passado deixou de carregar a sua cruz. O que o fez um santo verdadeiro foi justamente sua vida de cruz. Todos aprenderam a tomar a sua cruz e o fizeram com alegria e louvor. O próprio Senhor não foi isento de tomar a sua cruz enquanto aqui viveu. Lucas 24:26 – “Porventura, não convinha que o Cristo padecesse e entrasse na sua glória?”. Ele próprio disse: “…; não beberei, porventura, o cálice que o Pai me deu?” (João 18:11). Desde o seu nascimento até a sua morte, havia cruz em sua vida. Porque então vamos desejar outra coisa? Porventura procuramos atalhos? Não andar pela estrada real da cruz é o mesmo que optar por um cristianismo pobre, miserável, estéril e ineficaz. É assumir ser um “sepulcro caiado”, um fariseu cego.

A vida cristã verdadeira tem na estrada da cruz muitas sinalizações. Não tem como errar o caminho para o céu (Isaías 35:8). Há cruzes em todas as esquinas, em todos os cantos, em todos os lugares. A estrada real da cruz é a estrada mais segura e a mais bem sinalizada. O cristão encontra cruz de segunda à segunda, em feriados e até nas férias. Para aquele que aprendeu a seguir estes sinais, não tem como errar. Deus Pai deseja que todos sejam salvos; Ele aguarda a todos. I Timóteo 2:4 – “o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade”. Ele espera nos ver em breve; por isso deixou a estrada bem sinalizada, com muitas cruzes. Vamos aprender a ler os sinais da cruz em nossa maravilhosa estrada real da cruz. Assim, certamente estaremos com o Pai em breve, aleluia! Aqueles que não aprenderam a ler os sinais na estrada real da cruz vivem causando acidentes. São negligentes, imprudentes e sem perícia cristã. Não seja um destes. Os sinais existem, a cruz está presente. Tome-a, obedeça a sinalização e continue trafegando em segurança. Siga em frente.

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, 14 de Fevereiro de 2016.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s