RETRATO DE UM CRISTÃO – ESTUDO I

SuicidioCristao-e1389902886358Temos visto diariamente crentes e evangélicos em nossa cidade. Sem perceber, tomamos esta mesma forma, identificamo-nos como evangélicos e tocamos a vida como se tudo fosse normal. Temos carecido de exemplos de família cristã, trabalhadores cristãos, parentes cristãos, amigos cristãos, vizinhos cristãos. Logo nos contentamos quando conhecemos um crente ou ficamos sabendo que alguém da nossa sala também é um crente.

Ao mesmo tempo ficamos frustrados com esses tais crentes que nos passam a perna e dão mal testemunho. Ficamos então, ora tristes, ora alegres com eles. Às vezes o mundo os admira e muitas vezes, os odeia. Não temos tido um padrão correto e firme do que é ser um cristão em nossos dias. Como crentes temos lutado para sobreviver em meio a um mar de informações teológicas, sem contudo, conhecer de fato, o Salvador.

Vemos as igrejas evangélicas lutando para serem melhores diante do mundo; porém, uma frustração imensa tem invadido o coração das famílias evangélicas devido a escândalos. Salmo 37:21 diz: “O ímpio pede emprestado e não paga;”. Hoje, isto é perfeitamente cabível aos evangélicos. Quando lemos o Livro de Salmos, temos a impressão que o Rei Davi se via perdido em meio aos ímpios, como nós hoje.

A impressão que ele tinha era que estava cercado de ímpios por todos os lados. Salmo 12:1 – “Socorro, Senhor! Porque já não há homens piedosos; desaparecem os fiéis entre os filhos dos homens”. Ele tinha o desejo de encontrar pessoas justas e tementes que buscavam e amavam a Deus. Parecia que ele estava sufocado pelos ímpios. Até orava pedindo a ação de Deus. Salmo 7:9 – “Cesse a malícia dos ímpios, mas estabelece tu o justo; pois sondas a mente e o coração, ó justo Deus”. Acho que não estamos vivendo diferentemente dele em nossos dias, não acha?

Todos os dias encontramos situações onde os evangélicos estão sendo carnais e injustos, como os ímpios. Às vezes queremos gritar e pedir socorro a Deus e até mesmo perguntar: Senhor, onde estão os teus? Onde o justo, íntegro e temente? Até aquela irmãzinha que parece tão crente tem uma língua de cobra. Até aquele obreiro ali que parece tão exemplar é um ladrão disfarçado. Até aquele pastor ali que se veste tão bem, fala bonito e parece um grande homem de Deus está em adultério. Porque sua esposa e filhos são tão infelizes? Afinal, não é maravilhoso ser da família do pastor?

Deus, porque não temos ouvido o mundo falar que na igreja tem pessoas santas? Porque não temos visto jovens tementes que não se envolvem com os negócios deste mundo? Porque muitas moças evangélicas casam grávidas? Porque nos lares evangélicos tem palavrões e brigas?

Senhor, onde estão os mansos e humildes, os santos e íntegros, os tementes e adoradores? Ainda existe Senhor? Estão bem escondidos? Afinal, eles não teriam que ser a luz do mundo e o sal da Terra? Senhor, estou confuso! Só vejo exemplos que não condizem com a Bíblia. O Senhor mesmo diz para observarmos o homem íntegro: Salmo 37:37 – “Observa o homem íntegro e atenta no que é reto;”. Mas onde posso encontrar uma pessoa íntegra?

O Livro dos Salmos contrasta claramente entre o justo e o ímpio. Diante dos olhos do Senhor, essa diferença é marcante; sem dúvida. Ainda que os evangélicos estejam perdendo a noção de justiça e santidade diante de Deus; Deus continua atentando para os justos. Ele diz no Salmo 1:4 e 6 – “Os ímpios não são assim; são, porém, como a palha que o vento dispersa” e no verso 6 diz: “Pois o Senhor conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios perecerá”.

Em nossos dias cheios de atrações e distrações, corremos o risco de sermos sufocados. Assim, vivemos como um ímpio, sem Deus. As igrejas já não sabem mais a diferença entre o justo e o ímpio. Muitos vivem na correria do dia-a-dia e se esquecem do Senhor como os ímpios fazem. Mas, lembremo-nos de que o Senhor procura os Seus, atenta para os Seus, tem os olhos sobre o justo e o piedoso. Salmo 4:3 – “Sabei, porém, que o Senhor distingue para si o piedoso; o Senhor me ouve quando eu clamo por ele”. Ele abençoa o justo (Salmo 5:12).

Quando olhamos o Salmo 15 que fala sobre aquele que vive em integridade e pratica a justiça, de coração fala a verdade e não difama com a sua língua, que não faz mal ao seu próximo e nem lança injúria contra o seu vizinho. Que lindo retrato de um cristão! Mas onde está este cristão? Deus fala no Salmo 37:29-31- “Os justos herdarão a terra e nela habitarão para sempre. A boca do justo profere a sabedoria, e a sua língua fala o que é justo. No coração tem ele a lei do seu Deus; os seus passos não vacilarão”. Apesar de vermos ímpios e perversos em cada esquina, creio que há justos neste mundo, sim. Os Salmos retratam um pouco do justo e do ímpio.

Gostaria de modo simples, esboçar o retrato de um justo em nossos dias. Ele é diferente dos crentes que usualmente conhecemos. As pessoas o veem um tanto cafona, fora de moda, diferente e até esquisito. O cristão é um cara estranho e meio que bobo diante dos evangélicos espertos e modernos.

Os evangélicos hoje se preocupam mais com a sua aparência do que com o seu caráter. Eles se esforçam muito para se mostrarem pessoas decentes diante do pastor e da igreja. Dentro de casa nem tanto. Estão mais preocupados com o exterior do que com o coração. Lembram-se sempre de se vestirem bem, gastam um bom tempo para se arrumarem; porém, não têm um minuto sequer para cuidar do interior, do espiritual.

Saem determinados e empolgados para cumprirem seus afazeres e se esquecem de adorar a Deus. Só no Domingo à tarde que, quando não têm uma festinha, se lembram que tem “igreja”. Para eles, assistir o culto é melhor do que assistir o Faustão.

Ao contrário do ímpio, o cristão atenta para o coração, pois sabe que o seu Deus vê o coração e não a sua roupa ou cabelo. I Samuel 16:7 fine – “O homem vê o exterior, porém o Senhor, o coração”. O justo se preocupa muito mais em agradar a Deus do que aos homens ou a si mesmo. Para ele, a santidade é infinitamente mais importante que o seu salário ou seu corpo saradão. Fazer a vontade de Deus é prioridade em sua vida. Ele ora sempre: Pai seja feita a Tua vontade, não a minha. Seja Cristo, não eu.

Jesus se concentrava tanto em fazer a vontade do Pai que até se esquecia de si mesmo. Em João 4:31-34 vemos os discípulos rogando para Ele comer algo após uma longa viagem a pé. Ele, porém, dizia: “A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra”.

O cristão verdadeiro anda na luz como Deus está na luz. I João 1:7. Nada esconde, seu coração é íntegro diante de Deus. Ele não se preocupa em colocar senha em seu computador, tablet ou celular. Sua esposa não tem como pegar no pé. O jovem cristão não tranca a porta do quarto e seu rosto brilha devido a santidade e integridade. Vive sem malícia, maldade ou mentira. Está sempre olhando para Jesus e não para os defeitos dos outros. Também não olha para si e sim para o Senhor.

Ele é sempre grato; em tudo dá graças (I Tessalonicenses 5:18), vive alegre no Senhor e tem consciência pura diante de Deus e dos homens. Atos 24:16 – “Por isso, também me esforço por ter sempre consciência pura diante de Deus e dos homens”. Ele almeja viver para o louvor e glória do Pai (Efésios 1:6).

É sempre humilde e espera viver pela graça de Deus. Miquéias 6:8 – “Ele te declarou, ó homem, o que é que é bom e que é o que o Senhor pede de ti: que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus”. A humildade é uma das marcas no cristão. I Pedro 5:5-6 – “Rogo igualmente aos jovens: sede submissos aos que são mais velhos; outrossim, no trato de uns para com os outros, cingi-vos todos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, contudo, aos humildes concede a sua graça. Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que ele, em tempo oportuno, vos exalte”. Cada dia mais o cristão torna-se mais humilde como o seu Senhor (Mateus 11:29).

Ele vive na dependência do Senhor Jesus em tudo e o tempo todo, (João 15:5). Jamais fica ocioso; ora está orando, ora meditando na Palavra de Deus. Ora servindo a Deus em adoração, ora servindo ao próximo em amor. Não pratica a glutonaria e nem a bebedeira. Refreia a língua do mal – Efésios 4:29 – “Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça aos que ouvem”.

Está sempre escolhendo boas e agradáveis palavras ao falar com os outros, quem quer que seja. Colossenses 4:6 – “A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um”. Está sempre pedindo a Deus para guardar seus lábios de falarem dolosamente. Salmo141:3 – “Põe guarda, Senhor, à minha boca; vigia a porta dos meus lábios”.

Este pequeno retrato só pode ser vivido pelo nascido de novo que carrega sua cruz diariamente. Pela cruz, Deus nos dá condições de vivermos a vida de Seu amado Filho. Cristo pode se manifestar em nós quando somos um crucificado dia após dia. Certamente o Senhor será revelado em nós e seremos para o louvor e glória do Pai.

Este mundo carece de pessoas justas, tementes e piedosas. Não esqueçamos jamais que Deus também está olhando para estes. Salmo 33:18 – “Eis que os olhos do Senhor estão sobre os que o temem, sobre os que esperam na sua misericórdia, para livra-lhes a alma da morte, e, no tempo da fome, conservar-lhes a vida”. Salmo 34:15 – “Os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e os seus ouvidos estão abertos ao seu clamor”.

Amada igreja, continuemos estranhos e esquisitos aos olhos do mundo. Não tentemos imitá-los; imitemos o Senhor Jesus. Que o Pai, em seu Filho, nos faça caminhar como uma igreja justificada, santificada e regenerada para que o mundo saiba que ainda há cristãos. Que eles possam ver nossas boas obras e glorifiquem ao Pai que está no céu (Mateus 5:16).

I Timóteo 1:16 – “Mas, por esta mesma razão, me foi concedida misericórdia, para que, em mim, o principal (dos pecadores), evidenciasse Jesus Cristo a sua completa longanimidade, e servisse eu de modelo a quantos hão de crer nele para a vida eterna”.

A vida de cruz possibilita sermos o retrato de um verdadeiro cristão.

Sejamos uma prova viva de que a cruz de Cristo funciona.

 

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, 06 de Março de 2016.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s