HEBREUS 10 – ESTUDO XII

wallpaper-biblia-sagrada-4977I João 2:1 – “Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo”.

Como é maravilhoso poder ser assistido pelo Advogado, o Senhor Jesus Cristo. Que segurança temos Nele!

De uma feita, quando cursava o terceiro ano da Faculdade de Direito, em uma tarde, adentra ao escritório um senhor, coreano, aparentando uns 50 anos. Desesperadamente procurava o Dr. Uassyr F., advogado titular do escritório onde eu estagiava. O Doutor não estava; somente eu estava no escritório naquele dia. Ele nem perguntou se eu já era formado. Simplesmente me arrastou ao Fórum para representá-lo. Como era estagiário da OAB e tinha a carteira, poderia representá-lo sim. Fui sem saber o que estava acontecendo. Lá, diante do Juiz, Deus me deu sabedoria e nos conduziu a bom termo. Voltando para o escritório, esse senhor, extremamente grato, sacou um envelope e me deu. Em seguida, com um grande sorriso, agradeceu mais uma vez e foi feliz para casa. Naquele dia percebi a importância de ter alguém para nos assistir diante de um juiz de Direito.

Ter o Senhor Jesus como nosso Advogado é um privilégio sem par. Ele fala por nós, Ele nos defende. No verso de I João 2:1, vimos o amor do Pai. Agora vemos a segurança e a confiança que o Pai tem simplesmente porque somos assistidos pelo Advogado Jesus Cristo, o Justo. A impressão é que o Pai não teme que sejamos condenados, Ele descansa no fato do Advogado estar presente para nos assistir. A confiança do Pai está no Advogado, não em nós. Essa confiança baseia-se no fato de que Ele é nossa propiciação. Jesus Cristo pagou pelos nossos pecados.

Sabemos que Deus perdoa o pecador e não ao pecado. O pecado se paga, não se perdoa. O Senhor Jesus, com o Seu sacrifício na cruz, pagou pelos nossos pecados. Esta é a garantia que o Pai sabe que temos para que não sejamos condenados pelo Acusador.

O Diabo é o nosso Acusador. Apocalipse 12:10 – “Então, ouvi grande voz do céu, proclamando: Agora, veio a salvação, o poder, o reino do nosso Deus e a autoridade do seu Cristo, pois foi expulso o acusador de nossos irmãos, o mesmo que os acusa de dia e de noite, diante do nosso Deus”. Apesar do Pai saber que o Diabo é nosso acusador, Ele simplesmente descansa no sangue da cruz. No verso 11 diz que eles venceram o acusador por causa do sangue do Cordeiro e por causa da palavra do testemunho que deram. O sangue de Cristo é suficiente para calar a boca do acusador. Que sangue precioso!

A base da nossa vitória está na cruz. Tudo que foi feito ali foi de acordo com a lei. Ninguém poderia fazer o que Cristo fez. Apenas o Cristo Jesus Homem poderia morrer na cruz para nos justificar diante do Todo Poderoso. Deus, em Seu amado Filho, fez tudo certinho, sem trambique, dentro da lei. Por isso, a cruz foi aceita! A cruz é a verdade e a justiça de Deus para nos redimir da dívida que era contra nós. O salário do pecado é a morte (Romanos 6:23). Cristo pagou o salário do pecado por nós.

Desde a encarnação até a ascensão, tudo que Cristo fez foi correto, perfeito, legal, honesto, justo e verdadeiro. Uma criança perguntou a seu pai, pastor de uma igreja nos EUA. Pai, porque Deus não fez um segundo Adão, perfeito, bom, que não desobedece a Deus para morrer na cruz no lugar do Senhor Jesus? Assim o Senhor Jesus não precisaria ter vindo para sofrer em nosso lugar. Essa menina ama o Senhor Jesus; porém, não sabe que não há outro que possa ser o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. O segundo Adão seria uma criatura, um homem e já nasceria em pecado. Somente Cristo é sem pecado, Ele foi o sacrifício perfeito. Hebreus 7:26-28 fala a respeito deste santo, inculpável, separado dos pecadores e feito mais alto do que os céus. Fala do Filho perfeito para sempre.

I João 2:1 fala que Ele é Advogado e acrescenta um poderoso adjetivo: O JUSTO. Temos toda a segurança diante do nosso acusador porque o nosso Advogado é Justo. Não há nada fora da lei. Ele ama a justiça, Ele faz justiça, Ele se tornou da parte de Deus em justiça para nós: I Coríntios 1:30 – “Mas vós sois dele, em Cristo Jesus, o qual se nos tornou, da parte de Deus, sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção”. Jesus Cristo, o Justo é também nossa justiça.

Não é à toa que o Pai está tranquilo quanto a sermos absolvidos das acusações de satanás. Porque fomos incluídos em Sua morte e ressurreição, temos em nós a justiça do próprio Filho. Jesus Cristo veio para que a justiça de Deus pudesse ser manifestada. A cruz é a justiça de Deus. Podemos ver claramente a justiça de Deus estampada na cruz. Ele não poupou seu próprio Filho, antes, por todos nós O entregou para cumprir toda a justiça lá na cruz (Romanos 8:32). Quando o Pai O chama de Justo, Ele tem toda a razão. O Cristo crucificado é a nossa justiça diante de Deus. Nele somos justificados. Jesus Cristo, o Justo, é também o Justificador daquele que Nele crê. Leia Romanos 3:21-26.

O que Cristo fez na cruz foi cobrir-nos, a nós pecadores, com a Sua própria justiça. Lembra do que o pai do filho pródigo fez em primeiro lugar? Mandou trazer depressa a sua melhor roupa para poder cobrir o filho (Lucas 15:22). Se aquele jovem entrasse na aldeia sem a roupa do pai, os aldeões poderiam matá-lo por apedrejamento. Aquela roupa, no entanto, significava que o Pai o perdoara, que o filho estava justificado. Aquela roupa protegeu o jovem pecador. A roupa simboliza a justiça de Cristo. Quando somos cobertos da justiça de Cristo, o acusador nada pode contra nós. Isso tranquiliza o Pai. Ele diz: “Filhinhos meus, não quero que vocês pequem; porém, se algum dia, algum de vocês pecar, meu Filho, o Advogado Justo, pode cobrir vocês com a Sua justiça. Fiquem tranquilos. Não precisam mais se preocupar com sacrifícios e mais sacrifícios. Meu Filho já providenciou na cruz a justiça que cada um de vocês precisa”.

Quando Adão e Eva pecaram, perceberam que estavam nus. Pecar é ficar nu ou sem a justiça diante de Deus. Mas o que Deus fez? Sacrificou um animal e com a pele costurou uma vestimenta e os cobriu. Aquilo tudo era prenúncio do que Cristo faria na cruz. Pelo sangue da cruz, o próprio Senhor nos cobriu com a Sua justiça.

Quando leio, em I João 2:1 e vejo o Pai dizendo que Jesus Cristo é o Justo, isto alegra o meu coração sobremaneira. Posso descansar na justiça de Deus realizada pelo Filho na cruz do Calvário. Pela cruz, o Justo nos justificou, aleluia!

JESUS CRISTO É NOSSA JUSTIÇA! Como é bom participar do reino do Justo Rei. Salmo 99:4 – “És rei poderoso que ama a justiça; tu firmas a equidade, executas o juízo e a justiça em Jacó”. Sinto-me tão seguro ao saber que o trono de Deus tem a justiça e o juízo como base. Salmo 97:2 – “Nuvens e escuridão o rodeiam, justiça e juízo são a base do seu trono”.

O profeta já anunciava a justiça e a humildade do Rei Jesus: Zacarias 9:9 – “Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém: eis aí te vem o teu Rei, justo e salvador, humilde, montado em jumento, num jumentinho, cria de jumenta”. Outro profeta também anunciou sobre o justo reinado de Cristo Isaías 32:1 – “Eis aí está que reinará um rei com justiça, e em retidão governarão príncipes”.

O profeta Jeremias anunciou também a vinda do Justo Rei: Jeremias 23:5-6 – “Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que levantarei a Davi um Renovo justo; e, rei que é, reinará, e agirá sabiamente, e executará o juízo e a justiça na terra. Nos seus dias, Judá será salvo, e Israel habitará seguro; será este o seu nome, com que será chamado: Senhor, Justiça Nossa”.

Jesus Cristo se fez pecado para que Nele fôssemos feitos justiça de Deus: II Coríntios 5:21 – “Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus”. De fato, na cruz, Deus nos fez em Cristo, Seu Filho, justiça diante de seus olhos. Porque fomos unidos à Ele, tornamo-nos justos pela justiça Dele diante do Pai.

Todo aquele que foi crucificado e ressuscitado juntamente com Cristo, nasceu de novo. Todo novo nascido ama e pratica a justiça: I João 2:29 – “Se sabeis que ele é justo, reconhecei também que todo aquele que pratica a justiça é nascido dele”.

Somos do time do Justo; pratiquemos a justiça.

 

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, 16 de março de 2016.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s