HEBREUS 10 – ESTUDO XIII

biblia_wallpaper_novoA justificação é de extrema importância para o pecador. É segurança e certeza da salvação eterna. No estudo anterior, vimos que o nosso Advogado é o Senhor Jesus, o Justo. Sua obra na cruz trouxe justificação para nós. Regozijamo-nos no Senhor, a nossa Justiça. Somos eternamente gratos pela obra da cruz onde fomos justificados pelo Seu sangue: Romanos 5:9-10 – “Logo, muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira. Porque, se nós, quando inimigos, fomos reconciliados com Deus mediante a morte do seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida”. A justificação trouxe reconciliação com Deus e esta reconciliação trouxe o convite para a aproximação. O Livro de Hebreus transparece o hospitaleiro coração de Deus ao nos convidar, repetidamente, para nos aproximarmos Dele. A eficiência e a suficiência do sangue da cruz trouxeram o alegre convite para adentrarmos na presença de Deus.

O pecador que creu em sua inclusão na morte e ressurreição do Senhor Jesus foi banhado pelo precioso sangue de Cristo. Neste ato, recebeu a justificação e, consequentemente, foi reconciliado com Deus. Desta forma, ele está apto à adentrar na presença de Deus. Hebreus 10:19 – “Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus”. A entrada no Santo dos Santos é um tema relevante neste capítulo de Hebreus. Aliás, o Livro de Hebreus trata deste tema com tanta naturalidade. Realmente, para o justificado, entrar em comunhão com Deus é algo simples e natural. O escritor de Hebreus fala com alegria sobre isso, em nome do Anfitrião, vive convidando os justificados a virem à Deus. Hebreus 10:22 – aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado de má consciência e lavado o corpo com água pura”. Hebreus 4:16 – Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça em ocasião oportuna”. Ele usa o verbo na terceira pessoa do plural; é alguém que está acostumado com este caminho. Já é de casa.

O próprio Senhor é o Anfitrião e está sempre nos convidando a ir à Ele. Mateus 11:28 – Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei”. João 7:37-38 – “No último dia, o grande dia da festa, levantou-se Jesus e exclamou: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva”.O Senhor é a Palavra Viva de Hebreus onde, como o grande Anfitrião, nos convida para Ele mesmo. Não esqueçamos que Ele é o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. Ele é o nosso Fim, Nele estamos sendo convergidos. Um dia, pela graça de Deus, o Espirito nos converteu à Cristo. Pela cruz, fomos enxertados Nele e agora, Nele permanecemos. Precisamos tão somente permanecer em Cristo: João 15:4 – permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Como não pode o ramo produzir fruto de si mesmo, se não permanecer na videira, assim, nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim”.

Permanecer firme em Cristo até o fim é outro tema relevante e repetitivo em Hebreus. Em Hebreus 10:34 fine, nos faz lembrar que temos um patrimônio superior e durável. O céu é nosso, não se esqueçam. É melhor do que qualquer coisa que já tenhamos visto neste mundo; sem dúvidas, é superior. Também, é durável, isto é, eterno. Diferentemente de tudo aqui que está envelhecendo e certamente perecerá: Hebreus 1:10-12 – “Ainda: No princípio, Senhor, lançastes os fundamentos da terra, e os céus são obra das tuas mãos; eles perecerão; tu, porém, permaneces; sim, todos eles envelhecerão qual veste; também, qual manto, os enrolarás, e, como vestes, serão igualmente mudados; tu, porém, és o mesmo, e os teus anos jamais terão fim”. Cristo é o nosso eterno céu. Ele é a nossa vida eterna (I João 5:20).

Tudo que o escritor de Hebreus deseja é que os cristãos saibam que devem permanecer em Cristo até o fim. O Espírito Santo, que é o Escritor de Hebreus, preparou maravilhas no céu para nós. Amorosamente nos convida a subirmos com Cristo a fim de desfrutarmos eternamente da glória de Cristo.

Ele anima dizendo: Hebreus 10:35 – “Não abandoneis, portanto, a vossa confiança; ela tem grande galardão”. Não percam a fé em Jesus Cristo; vocês verão que, no fim, tudo vai valer a pena. Está por vir grandes e maravilhosas coisas; coisas estas que nem os olhos viram e nem os ouvidos ouviram; pois foi o próprio Deus quem já preparou: I Coríntios 2:9 – “mas, como está escrito: Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam”.

Louvo e agradeço a Deus pela revelação de Cristo. Isto muda completamente nossa vida e nosso modo de viver. Toda revelação da Pessoa de Cristo provém do céu, do Alto, do Deus de toda a graça. Na Pessoa de Cristo podemos receber entendimento para conhecermos o que por Deus nos foi dado gratuitamente: I Coríntios 2:12 – “Ora, nós não temos recebido o espírito do mundo, e sim o Espirito que vem de Deus, para que conheçamos o que por Deus nos foi dado gratuitamente”.

Deus nos revelou que fomos atraídos e incluídos na morte e ressurreição com Cristo. Assim, Ele nos revelou o próprio Cristo. Agora, com alegria e convicção podemos afirmar que SABEMOS: I João 5:20 – “Também sabemos que o Filho de Deus é vindo e nos tem dado entendimento para reconhecermos o verdadeiro; e estamos no verdadeiro, em seu Filho, Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna”.

Somente o regenerado tem esta revelação tão clara; por isso, tem viva esperança na salvação eterna: I Pedro 1:3-5 – “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua muita misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, sem mácula, imarcescível, reservada nos céus para vós outros que sois guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação preparada para revelar-se no último tempo”.

Hebreus nos revela como podemos acessar a presença do Todo Poderoso: PELO SANGUE DE CRISTO. Também, nos revela que Cristo é o próprio caminho, o próprio céu, o próprio Anfitrião. Ele é o nosso Fim, o nosso Destino, a nossa vida eterna. Hebreus nos revela JESUS CRISTO, o nosso Tudo. Afastar-se de Cristo é perder tudo; é ficar sem nada. Conhecer Cristo e Nele permanecer é ganhar tudo, é ter tudo. Ciente disto tudo, podemos dizer como o escritor de Hebreus: Hebreus 10:39 – “Nós, porém, não somos dos que retrocedem para a perdição; somos, entretanto, da fé, para a conservação da alma”. Que verso impressionante! Que convicção!

A obra da cruz traz esta certeza ao cristão. Aquele que recebe a revelação destas verdades sobre Cristo, certamente traz em seu coração a mesma convicção do escritor de Hebreus. Jamais será um apóstata, jamais abandonará a fé, jamais retrocederá. É um cristão perseverante e vai continuar perseverando até o fim. Tudo que ele vê adiante é o próprio Cristo. O que ele mais deseja é Cristo; Cristo é tudo para ele. Ele pode cantar: avante, avante ó crentes, soldados de Jesus. Aleluia!

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, 23 de março de 2016.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s