HEBREUS 11 – ESTUDO VI

bible-and-handHebreus 11:4 – “Pela fé, Abel ofereceu a Deus mais excelente sacrifício do que Caim; pelo qual obteve testemunho de ser justo, tendo a aprovação de Deus quanto às suas ofertas. Por meio dela, também mesmo depois de morto, ainda fala”.

Ainda fala! De fato, a fé de Abel ainda ministra ao nosso coração. Um homem que se fiou em Deus e não naquilo que poderia oferecer a Deus. Um homem de fé que deu mais valor à Deus do que ao material. Um homem com um coração que verdadeiramente encarava Deus como Deus. Ele tomou o mais excelente para oferecer à Deus. Ele tinha Deus em altíssima estima e consideração. Sua oferta prova o quanto ele amava a Deus. Sua atitude para com Deus fala ainda hoje e nos faz refletir em como estamos nos aproximando de Deus. Em Isaías 29:13 Deus diz que o povo se aproximava Dele de modo leviano, pois era só palavras vazias, sem sentido, sem sentimento, sem amor. O coração estava longe e a religiosidade era apenas uma tradição.

É possível ser um crente domingueiro, um crente que vai à igreja por tradição. O coração está vazio e longe de Deus. É possível sair de um culto e logo esquecer-se do Senhor. Podemos ir ao culto com outras motivações que não o Senhor Jesus.

Abel, certamente iria ao culto com temor e amor para com o Senhor Jesus. Ele iria para oferecer; não para pedir, não por obrigação. Sua atitude agradou a Deus. Ele se aproximou de Deus pela fé, confiou em Deus, creu em Deus.

O resultado deste coração temente e confiante? Sua justificação diante de Deus. Ele obteve o testemunho de ser justo. Sua fé no Senhor o justificou. O Senhor era o centro de sua adoração, a razão de sua oferta. Mesmo antes de se apresentar à Deus, seu coração já estava convertido ao Senhor. Ele escolheu a excelente oferta por amor à Deus. Ele vivia para o Senhor, ele fez o sacrifício para o Senhor, ele queria agradar o Senhor.

Não seria este tipo de adorador que Deus ainda procura? João 4:23 – “Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores”. Abel foi encontrado por Deus como um adorador. Abel foi aceito, foi justificado. Um homem de fé, um homem que confiava em Deus e não em sua oferta.

Quando ofertamos ao Senhor temos temor, alegria e fé? Somos adoradores? Já fomos justificados pela fé?

Hoje somos aceitos por Deus apenas na Pessoa de Cristo. Apenas em Cristo podemos agradar ao Pai. Cristo é o motivo, a alegria, o amor e o centro de sua oferta? Por causa Dele você dá o dízimo e oferta à Deus?

A maioria segue o exemplo de Caim. Porém, Abel ainda fala; portanto, sigamos seu exemplo de fé.

Vamos para a segunda obra de arte desta maravilhosa galeria da fé. As três primeiras peças são pré-diluviano. Homens que viveram entre a criação e o dilúvio. São eles: Abel, Enoque e Noé.

Hebreus 11:5 – “Pela fé, Enoque foi trasladado para não ver a morte; não foi achado, porque Deus o trasladara. Pois, antes da sua trasladação, obteve testemunho de haver agradado a Deus”.

Deus se agradou tanto de Abel quanto de Enoque e a razão está no fato de que ambos tiveram fé em Deus. Ambos obtiveram testemunho diante de Deus.

Gênesis 5:24 – “Andou Enoque com Deus e já não era, porque Deus o tomou para si”. A Bíblia não fala muito de Enoque. Sabemos que ele é o bisavô de Noé e a sexta geração após Adão. Ele é conhecido como aquele que andou com Deus. Para nós parece tão banal, não? Mas, Enoque nos mostra a importância de andar com Deus. Creio que nesse andar, Enoque passou a confiar e a crer em Deus como a nenhum outro. A fé brotou dessa comunhão com Deus.

Ao crer em Deus, certamente caiu no agrado de Deus, tal como Abel. Ambos tiveram fé em Deus e pela fé agradaram a Deus. Enoque nos ensina que aquele que tem fé no Senhor e anda com Ele não verá a morte. Foi isso que o Senhor disse à Marta em João 11:25-26 – “Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e todo o que vive e crê em mim não morrerá, eternamente. Crês isto?”. A fé e a comunhão com o Senhor certamente nos livrará da morte eterna. Certamente encontraremos nosso irmão Enoque. Enoque nos ensina sobre a importância da fé e comunhão com o Senhor.

Enoque também nos mostra o coração do Pai. Deus deseja que andemos com Ele. Na era pré-diluviana, encontramos segundo o relato bíblico, apenas dois homens que andaram com Deus. Um é o Enoque e o outro é Noé. Gênesis 6:9 – “Eis a história de Noé, Noé era homem justo e íntegro entre os seus contemporâneos; Noé andava com Deus”.

Andar com Deus, este foi o segredo de Enoque para ter fé em Deus. Deus nos chama para Ele, para que andemos com Ele. Ele chamou Abraão para andar na presença Dele. Gênesis 17:1 – “Quando atingiu Abrão a idade de noventa e nove anos, apareceu-lhe o Senhor e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso; anda na minha presença e sê perfeito”.

Moisés andou na presença do Senhor. Êxodo 33:14-16 – “Respondeu-lhe: A minha presença irá contigo, e eu te darei descanso. Então, lhe disse Moisés: Se a tua presença não vai comigo, não nos faças subir deste lugar. Pois como se há de saber que achamos graça aos teus olhos, eu e o teu povo? Não é, porventura, em andares conosco, de maneira que somos separados, eu e teu povo, de todos os povos da terra?”. Moisés não admitia a ideia de andar sem Deus. A presença de Deus era tudo, era fundamental, era primordial para Moisés.

Hebreus 11:5 está ligada ao verso 6. Enoque agradou a Deus por sua fé. A fé exige que creiamos que Deus existe. No tempo de Enoque as pessoas duvidavam de Deus; em nosso tempo também. Para Enoque, Deus era Realidade. Para muitos hoje, Cristo é apenas uma figura, uma sombra. Mas aqueles que foram crucificados com Cristo, Cristo passou a ser Realidade. Após o novo nascimento, começamos a conhecer verdadeiramente a Cristo. Cristo passa a ser Realidade para nós. Hoje conheço Cristo de modo real, diferente de quando era um simples religioso, não regenerado. II Coríntios 5:16 – “Assim que, nós, daqui por diante, a ninguém conhecemos segundo a carne; e, se antes conhecemos Cristo segundo a carne, já agora não o conhecemos deste modo”.

O coração de Deus continua desejando a comunhão conosco. Deus se agrada daqueles que vivem em Cristo e andam na Sua presença. Certamente isto fará toda a diferença. Andar com Deus livrou Enoque da morte física e Noé do dilúvio.

Andar pela fé e andar com Deus faz toda a diferença.

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, 27 de Julho de 2016.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s