OLHA O NOVO NASCIDO

820b82514b34b5fb82ef4bed1c6a14421. Morre para si mesmo: “estou crucificado com Cristo” (Gálatas 2:19). Deixa de ser egocêntrico; pensa mais nos outros do que em si. Não procura seus interesses. Filipenses 2:21 – “pois todos eles buscam o que é seu próprio, não o que é de Cristo Jesus”. Não busca satisfazer a carne Gálatas 5:24 – “E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e concupiscências”. Não se defende, não se justifica. É sempre manso e humilde. Não tem dificuldade de ir para o fim da fila. Jamais busca sua glória; não fala de si, de seus feitos, não se ufana. Importa-se tanto com o próximo que se esquece de si mesmo. Aprendeu a negar a si mesmo. Em seu falar quase não se percebe o pronome “eu”. Vive referindo-se à Cristo. Seu prazer é falar de Cristo, é proclamar Cristo.

Seu lema é: “não eu, mas Cristo”.

2. Cristo torna-se o seu tudo. Colossenses 3:11 – “Cristo é tudo em todos”. Tudo em Cristo e para Cristo. Agora Cristo vive nele (Gálatas 2:20). Ele não se esquece de Romanos 11:36 – “Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém! Ele sabe que só em Cristo tudo subsiste. Colossenses 1:17 – “Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste”.

Seu lema é: “Cristo é tudo para mim”.

  1. Ele vive para a glória do Senhor Jesus. Tudo o que faz, faz para a glória do Senhor Jesus. I Coríntios 10:31 – “Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus”. Procura, em tudo, glorificar a Cristo. A glória de Cristo é o motivo, a alegria, a razão e a motivação de tudo em sua vida.

Seu lema é: “Tudo para a glória de Cristo”.

  1. Submete-se à Cristo em tudo. O Senhor Jesus torna-se o Senhor absoluto de sua vida. Ele vive confessando que Cristo é o seu Senhor. Filipenses 2:11 – “e toda língua confesse que Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai”. Vive em plena submissão à Jesus. Obedecer ao Senhor em tudo é seu prazer. Está sempre disposto e disponível para o seu Senhor. Agradar o Senhor é o seu maior anseio. Ele vive em completa rendição, submissão e consagração ao Senhor Jesus. Vive orando: Senhor, reina em mim.

Seu lema é: “Senhor, não o que eu quero e sim, o que Tu queres”.

  1. Não anda na prática do pecado. Odeia o pecado. Não brinca com o pecado. Crê que realmente morreu para o pecado, é livre do pecado. Não está mais sob o domínio do pecado. A vida de santidade é de extrema relevância para ele. Viver a santidade de Cristo é sua grande alegria. Ora o Salmo 51:10 – “Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável”. Vive pedindo à Deus para guarda-lo do pecado. I João 3:9 – “Todo aquele que é nascido de Deus não vive na prática de pecado; pois o que permanece nele é a divina semente; ora, esse não pode viver pecando, porque é nascido de Deus”.

Seu lema é: “Senhor, guarda-me do pecado”.

  1. Ama e pratica a justiça. Suas palavras e atitudes são de uma pessoa justa, correta, íntegra. Não engana, não age com dolo, não mente, não trapaceia, não finge. Justiça é uma palavra de extrema importância para o novo nascido. I João 2:29 – “Se sabeis que ele é justo, reconhecei também que todo aquele que pratica a justiça é nascido dele”.

Seu lema é: “Senhor, Tu és a minha justiça”. (I Coríntios 1:30).

  1. Perdoa aos que o ofendem. Deixou de ser durão, implacável, vingativo, briguento. Não retruca, não justifica, não reage às provocações. Está sempre pronto para perdoar, quem quer que seja. É rápido para perdoar. Perdão faz parte de sua vida; é uma prática natural, espontânea e sincera. Efésios 4:32 – “Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou”. A misericórdia e o perdão de Cristo flui através dele sempre. Ele não se esquece de Mateus 5:7 – “Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia”.

Seu lema é: “perdoar a todos como Cristo perdoou”.

  1. Ama a todos. Não faz distinção, simplesmente ama sinceramente o seu próximo, ainda que este seja um desconhecido. Ama até mesmo seus ofensores. Mateus 5:44 – “Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem”. O amor de Cristo flui e se manifesta em sua vida onde quer que esteja. Não pratica o mal, apenas ama de coração as pessoas. I João 4:7 – “Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus”.

Seu lema é: “andar em amor, como Cristo amou”.

  1. Ele crê no Senhor Jesus. I João 5:1 – “Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo é nascido de Deus; e todo aquele que ama ao que o gerou também ama ao que dele é nascido”. Sua fé está na Pessoa, Obra e Palavra do Senhor Jesus. Tudo precisa estar em Cristo para ele poder vir a crer. Cristo é a verdade na qual ele crê. Ele crê, confia e descansa em Cristo. Seu lema é: “eu creio em Ti, Senhor!”.
  1. Ele se gloria na cruz de nosso Senhor. Gálatas 6:14 – “Mas longe esteja de mim gloriar-me, senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim, e eu, para o mundo”. Ele recebeu a revelação da sua inclusão na morte de Cristo na cruz. Ele crê na obra da cruz. Ali, com Cristo, foi liberto do poder do pecado, venceu o mundo e o ego. Ali ele encontrou-se com Jesus e Jesus passou a ser o seu tudo. A cruz o salvou e o transformou para sempre. O Cristo crucificado tornou-se sua maior alegria e esperança. Seu lema é: “estou crucificado com Cristo”.
  1. Ele se alegra na ressurreição. Ele recebeu a revelação de que ressuscitou juntamente com Cristo. Efésios 2:6 – “e, juntamente com ele, nos ressuscitou, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus”. A ressurreição de Cristo foi sua ressurreição também. A ressurreição de Cristo foi para a sua justificação. Romanos 4:25 – “o qual foi entregue por causa das nossas transgressões e ressuscitou por causa da nossa justificação”. Ele é um ressurreto em Cristo. Colossenses 3:1 – “Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus”. Enquanto busca as coisas do alto, ele vai conhecendo o poder da ressurreição e vai se conformando com a morte de Cristo. Dia a dia ele morre para si a fim de viver para Cristo. Filipenses 3:10-11 – “para o conhecer, e o poder da sua ressurreição, e a comunhão dos seus sofrimentos, conformando-me com ele na sua morte para, de algum modo, alcançar a ressurreição dentre os mortos”.

Seu lema é: “Fui ressuscitado com Cristo”.

 

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, 21 de Agosto de 2016.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s