PLENA CONFIANÇA

arrependimento_sinceroÉramos uma raça decaída, debaixo de maldição, escrava do pecado. A terra foi amaldiçoada pelo pecado de Adão e este precisou obter o sustento com fadigas. O Senhor disse: “No suor do rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, pois dela foste formado; porquanto tu és pó e ao pó tornarás” (Gênesis 3:19). Acostumamos a esta vida sem a graça maravilhosa do Senhor; aprendemos a viver por nós e para nós. Foi-nos ensinado que somos o centro de tudo, que tudo funciona por nossa causa. Que somos autônomos, conseguimos erguer o nosso nome até os céus (Babel). Podemos mover qualquer coisa; juntos somos invencíveis.

Os nossos jovens hoje, quando crianças, foram doutrinadas pela Xuxa da Rede Globo de Televisão. Através de músicas que ensinavam as crianças que elas eram invencíveis como o He-man. A Globo continua incessantemente proclamando a supremacia da raça humana; propagandas e mais propagandas falando da nossa suficiente capacidade. Ela ensina que tudo está centralizado no homem. Os atletas testemunham dizendo que conseguiram sair da favela e chegaram ao topo; assim, você também pode conseguir. Basta querer, dizem eles.

Este é o cenário em que vivemos. Tudo gira em torno do eu, do sucesso humano. A mídia lança ídolos como o Neymar, Messi, Phelps, Usain Bolt, etc. A grande maioria das pessoas vive sonhando em ser um astro, um pop, uma figura de sucesso. Se esforçam, desde muito cedo são colocados em escola de futebol, vão para outros países treinar em um clube como o Barcelona, por exemplo, como o próprio Messi fez.

O mundo está constantemente catequizando a população a confiar em si mesma, a ter sucesso por esforço próprio, a ser uma estrela mundial. Depressão é algo horrível, é para os fracos. No entanto, a maioria são depressivos, pois jamais conseguiram chegar ao topo. A maioria morre lutando para ser grande, morre confiando em si mesmo, morre no fracasso.

Muitos pensam que com o trabalho e esforço chegam ao sucesso profissional e financeiro. São capazes de mentir, trapacear, enganar, agir com dolo só para ganhar mais. Não se importam com o próximo; querem apenas se tornar mais rico ainda. Esta é a filosofia do mundo sem Deus. É nesta filosofia que as igrejas estão pautadas também. A igreja boa é aquela enorme, muitos carrões, sempre cheia de pessoas bonitas. Muitos crentes escolhem igrejas na mesma base do mundo. Algumas entidades filantrópicas e até mesmo igrejas agem nesta base: se auto ajudam para que enriqueçam entre si. Isso tudo vai formando uma auto confiança maior. Esta é a direção que o mundo caminho e arrasta quase todos consigo.

A mensagem de hoje diz: “não confie em você mesmo”. Uma mensagem assim é chocante e fortemente rejeitada. Não me importo se ninguém quer ouvi-la; direi a verdade de Deus. Baseada nas Escrituras estou dizendo hoje: “não confie em você; confie apenas em Deus”. Leia Provérbios 3:5.

O crucificado se alegra com esta palavra; pois aprendeu que não mais ele; agora é Cristo. A direção é Cristo, não mais o homem, não mais o ego. Enquanto o mundo todo caminha na suficiência e autonomia do homem; o cristão caminha na direção da soberania de Deus. É preciso perceber que não há dois deuses; o homem jamais será um deus. Vamos sair desta ilusão satânica.

Aprender a não confiar em si e confiar somente em Deus é fundamental para uma vida crucificada.

O apóstolo Paulo foi um homem de grande capacidade humana. Ele tinha prestígio, poder, cultura e autoridade diante dos homens. Seria um exemplo de alguém que poderia confiar em si mesmo. Filipenses 3:4 – “Bem que eu poderia confiar também na carne. Se qualquer outro pensa que pode confiar na carne, eu ainda mais”. Acredito em sua sinceridade aqui. Porém, deixa-me dizer algo verdadeiro: o apóstolo Paulo se tornou um homem totalmente falido de si; desprovido de confiança própria. Sua confiança estava somente em Jesus Cristo, seu Senhor.

O apóstolo falava muito da cruz de nosso Senhor; sua vida de crucificado fluía, crescia de modo que cada vez mais era Cristo e cada vez mais era menos ele. Assim ele ia na direção em que Cristo seria totalmente formado nele.

A vida crucificada precisa ser confirmada com a “não confiança em si e ao mesmo tempo, na total confiança em Deus”. A auto confiança é uma praga para a vida crucificada. Aquele que ainda confia em si está longe de poder viver a vida crucificada.

No trabalhar de Deus, Paulo precisou ir à falência de si mesmo. As muitas tribulações o fez morrer para a sua auto confiança. Deus o metera em situações tão desesperadoras que ele não se safaria por si mesmo. As constantes provas em sua vida fizeram dele um homem totalmente ciente de sua total incapacidade. Ele testemunha um pouco em II Coríntios 11:23-27. Diz ele que passou por muitas prisões, açoites, perigos de morte, quarentena de açoites menos um, fustigado com varas, apedrejado, três vezes em naufrágio, noite na voragem do mar, perigos em muitos lugares, trabalhos em fadigas, em vigílias, em fome, em sede, em jejuns, em frio, em nudez. Este homem foi muito provado e estas provas fizeram dele um homem totalmente consciente que não tem como confiar em si mesmo.

O apóstolo cresceu no esvaziar-se de sua confiança. Cada vez mais ele confiava menos em si. Em Filipos ele foi tão maltratado e ultrajado; a multidão estava a ponto de despedaça-lo. A situação era tão desesperadora que Paulo não tinha outra coisa senão confiar em Deus desesperadamente. I Tessalonicenses 2:2 – “Mas, apesar de maltratados e ultrajados em Filipos, como é do vosso conhecimento, tivemos ousada confiança em nosso Deus, para vos anunciar o evangelho de Deus, em meio a muita luta”.

Este homem que podia confiar em si mais do que a maioria dos homens de sua época; aprendeu a não confiar em si. Que grande lição de vida. Que lição fundamental para o crucificado. Além de aprender a não confiar em si, ele aprendeu a confiar somente em Deus. I Timóteo 4:10 – “Ora, é pra esse fim que labutamos e nos esforçamos sobremodo, porquanto temos posto a nossa esperança no Deus vivo, Salvador de todos os homens, especialmente dos fiéis”.

A vida crucificada nos nivela desta maneira. Não mais confiar em nós; apenas no Senhor. O não confiar em si e confiar em Deus é a marca dos crucificados. Filipenses 3:3 – “Porque nós é que somos a circuncisão, nós que adoramos a Deus no Espírito, e nos gloriamos em Cristo Jesus, e não confiamos na carne”.

Deixe bem claro em sua vida que a estratégia satânica de querer te fazer um vencedor por si mesmo, de ter sucesso diante da sociedade em que vive, foi hoje delatada. Não aceite mais esta mentira que leva à destruição. Somente aquele que rejeita a cruz viverá sob esta mentira terrível. Estes viverão somente para tentar manter a autoestima lá no alto. Estes serão precipitados como o próprio autor desta filosofia destruidora o foi.

Vamos seguir o Mestre e Senhor, Aquele que se esvaziou de si mesmo e confiou cegamente no Pai, o Deus Todo Poderoso. Vamos seguir o exemplo do apóstolo Paulo que, mesmo podendo confiar na carne, não o fez, pois trocou tudo por Aquele que é sua confiança, Jesus Cristo.

Enquanto o apóstolo aprendia a confiar em Cristo, ele foi crescendo no conhecimento do próprio Cristo. Em suas cartas vemos alguns insights sobre a maravilhosa Pessoa de Cristo. I Timóteo 6:15-16 – “a qual, em suas épocas determinadas, há de ser revelada pelo bendito e único Soberano, o Rei dos reis e Senhor dos senhores; o único que possui imortalidade, que habita em luz inacessível, a quem homem algum jamais viu, nem é capaz de ver. À ele honra e poder eterno. Amém!”.

II Timóteo 1:9-10 – “que nos salvou e nos chamou com santa vocação; não segundo as nossas obras, mas conforme a sua própria determinação e graça que nos foi dada em Cristo Jesus, antes dos tempos eternos, e manifestada, agora, pelo aparecimento de nosso Salvador Cristo Jesus, o qual não só destruiu a morte, como trouxe à luz a vida e a imortalidade, mediante o evangelho”.

O conhecimento de Cristo certamente nos levará a não mais confiar em nós mesmos; apenas Nele.

O que confia no Senhor tem a sua fé bem definida apenas no Senhor. I Coríntios 8:6 – “todavia, para nós há um só Deus, o Pai, de quem são todas as coisas e para quem existimos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós também, por ele”.

Confie somente em Cristo Jesus, o Senhor

 

Pr. Mario Tsuyoshi Yamakami

Comunidade Bíblica Regenerada   –   Cristo vive em nós

Maringá, 04 de Setembro de 2016.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s